sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Remédio natural para sinusite

Um excelente remédio natural para a sinusite são as folhas da hortelã. Faça um chá forte com algumas folhas, e coe a seguir.


Espere amornar e despeje o chá no liquidificador com 1 colher de espinafre e 1 copo de água de coco, e bata por alguns minutos.
Coe o remédio e acrescente mel de abelhas e beba a seguir. Deve ser ingerido 1 copo por dia, logo após o seu preparo.
Ou, para complementar o seu tratamento, tomar chá de sálvia 3 vezes por dia. Para preparar o chá, colocar 1 colher de sobremesa de folhas de sálvia numa xícara e adicionar água fervente. Deixar esfriar um pouco, coar e só então adoçar a gosto, de preferência com mel.

É importante seguir algumas orientações como evitar locais úmidos, fazer mergulho, salas com ar condicionado. Tratar qualquer gripe ou resfriado precocemente, para evitar a instalação da doença.
Os principais sintomas da sinusite são: a saída de uma secreção espessa preto-esverdeada, dor na face e o mau cheiro tanto no nariz quanto na boca.
Outra opção é a inalação do vapor de eucalipto.

Ingredientes:

§      1 punhado de folhas de eucalipto
§      3 colheres de sopa de sal grosso
§      1 litro de água

Modo de preparo:

Basta adicionar todos os ingredientes em uma panela e ferver.
Aproxime o rosto do recipiente e inale o vapor por aproximadamente 15 minutos. Esse procedimento deve ser feito de preferência antes de dormir. Para garantir a eficácia do tratamento, o indivíduo com sinusite não deve beber água nem se expor a friagem após as inalações.
O eucalipto é uma planta medicinal que possui propriedades anti-sépticas que ajudam a diminuir o acumulo do muco nas vias respiratórias, sendo eficaz não só no tratamento da sinusite, mas também da tosse, gripe e rinite.
Contudo, este tratamento não deve ser utilizado exclusivamente, pois os medicamentos recomendados pelo médico irão matar os microorganismos envolvidos nesta infecção.
A mudança nos hábitos de vida, a toma dos medicamentos conforme a recomendação do médico e a correta limpeza das fossas nasais diariamente podem ser os ingredientes para a cura da sinusite.

Na sinusite aguda espera-se que a cura da doença chegue em até 4 no máximo 8 semanas. Durante este período é preciso tomar todos os cuidados possíveis como evitar locais com ar condicionado, ar seco, locais com muita gente, locais poluídos, manter a casa e o local de trabalho minuciosamente limpos e tomar a medicação diariamente.
É preciso continuar o tratamento pelo tempo determinado pelo médico mesmo que aparentemente os sintomas da sinusite tenham diminuído.
Estes cuidados devem ser ainda mais intensificados caso o indivíduo sofra de sinusite crônica. Se mesmo assim os sintomas da doença não desaparecem por completo dentro de 3 meses, a cirurgia pode ser uma solução.
Esta cirurgia é realizada no consultório, com anestesia local, e não é preciso realizar nenhum corte externo. O médico usará uma cânula fina que possui uma micro câmera na ponta e uma outra que possui os instrumentos precisos para abrir o espaço necessário.
A cirurgia para a cura da sinusite só é indicada para os casos de sinusite crônica ou para os indivíduos que sofrem com vários episódios de sinusite aguda por ano e que sejam causadas por problemas anatômicos como a falta de espaço entre os seios paranasais, por exemplo.
Nos casos esporádicos de sinusite alérgica, a inalação de água com eucalipto e o uso de remédios caseiros são formas de tratamento que ajudam a retirar a secreção e aliviar os sintomas da doença. Neste caso pode não ser necessária a toma de antibióticos, mas as recomendações quanto à prevenção da sinusite mantêm-se.
Créditos: este texto foi elaborado com base nas informações obtidas no site(tuasaude.com)

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Por que é conveniente emagrecer?

A obesidade é uma enfermidade, cuja característica principal é o excesso de tecido adiposo, no qual as células podem aumentar tanto em tamanho como em número e que resulta numa diminuição da qualidade de vida e da saúde de quem ela acomete.

A gordura é herdada e também se adquire devido a uma conduta errônea na alimentação e na forma de vida.

O meio ambiente tem uma importante influencia sobre os hábitos e atitudes que se adquirem na alimentação. Uma pessoa com tendências hereditárias de obesidade, pode mudar esta tendência se viver em um ambiente de disciplina alimentícia, bem como a hipnose e a auto-hipnose.

Uma pessoa obesa que muda seus velhos e arraigados hábitos e padrões de conduta, poderá ter uma vida mais normal e melhor em todos os sentidos.

Sintomas que desencadeiam o desenvolvimento da obesidade:
Fisiológicos:
Gravidez, menopausa, enfermidades adversas, tratamentos nutricionais inadequados, vida sedentária.

Psicológicos:
Ócio, casamento, problemas profissionais, problemas matrimoniais, problemas sociais, uma nova atividade, auto satisfação compensatória, estresse.

Sociais:
Costumes locais, publicidade, problemas sócio-econômicos.
Não verifique seu peso diariamente. O peso pode variar por múltiplos fatores de um dia para o outro. Recomenda-se que a pessoa se pese apenas uma vez por semana.

Faça-o sempre à mesma hora, já que o peso varia (antes ou depois da refeição; antes ou depois de evacuar). Mesmo assim, certifique-se de que a sua roupa seja sempre a mesma quando se pesar.

Consequências da obesidade:
  1. Complicações no aparelho cardiovascular (arteriosclerose).
  2. Problemas gastrintrestinais.
  3. Problemas metabólicos ou endócrinos.
  4. Propensão a tumores.
  5. Transtornos mecânicos em ossos e articulações.
  6. Quistos, espinhas, estrias, celulite.
  7. Transtornos do sistema nervoso.
  8. Transtornos sexuais.
  9. Influência direta na diabete, hipertensão e gota.
  10. Diminuição da longevidade.
  11. Problemas respiratórios.
  12. Flebite, hérnias.
  13. Alterações do fígado e na vesícula.
  14. Problemas renais.
Controle suas medidas:
Ao diminuir seu peso, suas medidas corporais podem diminuir sem uma proporção adequada, deformando sua figura. Isto acontece normalmente quando não se faz o exercício correto.

Para obter-se um emagrecimento correto e harmonioso, deve-se levar em conta:
a)     Promover mudanças em sua conduta, isto é, em seus hábitos e atitudes.
b)     Seguir uma alimentação correta.
c)     Ter um programa adequado de exercícios.

O exercício ajuda:
- Combater o estresse e proporcionar bem-estar, já que com o exercício são produzidas endorfinas cerebrais que proporcionam prazer e euforia.
- Proporcionar bem-estar e saúde ao oxigenar seu corpo.

- Aumentar a elasticidade muscular e arterial.
- Eliminar a gordura e aumentar a musculatura.
- Aumentar a capacidade pulmonar e fortalecer o coração.

- Uma razão importante do exercício é que a gordura é um grande depósito de energia acumulada para satisfazer as demandas do organismo nos períodos de carência, por exemplo, para utilizar-se durante caminhadas longas ou exercício contínuo onde a gordura é queimada.


Créditos: livro “Saúde e Bem-Estar”– através de elementos naturais.
Bibliografia:     Dr. Jeffrey S. Bland possui o titulo de PhD. Em Bioquímica Nutritiva e é professor do Departamento de Química e Ciências Ambientais na Universidade de Puget Sound.

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Coquetel da saúde

Esse desjejum faz o intestino funcionar três vezes ao dia, e intestino limpo é a base de um sistema imunológico forte e ativo. Uma poderosa barreira de defesa do organismo contra doenças e o bom desempenho para o cérebro.

Para o perfeito desempenho do nosso cérebro, a importância dos sais minerais e da vitamina B5 para captar, gravar, memorizar e recordar com destreza. Todos estes minerais estão no desjejum.
A albumina do trigo em grão desfaz os tumores cancerígenos.

No desjejum:
Dose para uma pessoa:
- 1 colher (sopa) de grãos de trigo, deixar de molho num copo d’água á noite.
- 1 colher (sopa) de aveia.
- 5 castanhas do Pará.
- 5 ameixas pretas.
- 1 maçã.
- 1 e ½  colher (sopa) de linhaça.
- 1 e ½  colher (sopa) de gergelim.
- 1 e ½  colher (sopa) de semente de girassol.
- 1 mamãozinho.

Bater, despejar no prato, cobrir com flocos de milho, mamão picadinho.
Para completar a refeição, figos, caqui, manga e pão integral com patê de azeitonas.
Patê de azeitonas:
No liquidificador:
- ½ copo de água.
- ½ copo de amêndoas ou castanha-do-Pará.
- ½ copo de azeitonas verdes ou pretas.
- 2 colheres de sopa de leite de soja em pó e sal.
- 1 dente de alho.

Modo de fazer:
Bater até a consistência de creme.
Despejar o creme num pirex (plástico, não vidro) pequeno com tampa.
Conservar em geladeira. Deve ser usado em 3 dias somente.

Créditos: Professora, especialista em alimentação natural – Suely de Oliveira Pereira 

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Musculação – muito além da estética!

Além dos benefícios estéticos, a musculação tem sido apontada como uma importante atividade para garantir também a saúde. A osteoporose e o diabetes, por exemplo, podem ser mais controlados se ela for praticada regularmente. 

A musculação estimula a produção de células ósseas, ajudando a fixar o cálcio e aumentando a densidade óssea. Atividades aeróbicas de impacto, como o jump e a corrida, também oferecem esses beneficios, mas os exercícios com peso são mais seguros para as articulações. 


Já o mecanismo que favorece o controle do diabetes é simples: quanto maior é a massa muscular, mais o organismo queima glicose.

Veja alguns benefícios que a musculação pode trazer:
Praticando musculação regularmente, há uma enorme melhora na parte estética, pois trabalhando os músculos, você irá modelar o seu corpo, deixando-o mais firme e bonito. A gordura é disforme e em excesso deixa o seu corpo deformado. A musculação ajuda a eliminar gordura e aumenta a massa muscular, fazendo com que você fique mais bonito.

Através da musculação, você pode aumentar muito a sua força muscular, pois irá fortalecer os músculos, tornando uma pessoa mais forte. Ao treinar, você estará exercitando não só o corpo, mas também seu cérebro que fica mais eficiente no comando da massa muscular.

A musculação torna o coração mais saudável. Até pouco tempo, apenas as atividades aeróbias eram recomendadas para a saúde cardíaca, mas isto vem mudando. A musculação treina o coração para esforços intensos, enquanto os exercícios aeróbios preparam o coração para atividades suaves e prolongadas. Quando a pessoa fortalece os músculos, a frequência cardíaca e a pressão arterial sobem menos com o esforço.


A musculação melhora a postura, pois a maioria dos casos de dores nas costas é relacionada à fraqueza muscular e à falta de flexibilidade. Assim sendo, o trabalho com peso é indicado nestes casos, pois os músculos (que sustentam os ossos) se tornam mais resistentes.

Você vai melhorar a sua auto-estima, ficando mais bonita, ágil, saudável, confiante e de bem consigo mesma. Melhora o sono e o bem estar. Depois de fazer uma atividade aeróbia é normal você se sentir mais ágil e disposta. Daí para dormir bem é muito fácil.

A musculação rejuvenesce e mantém você jovem. A partir dos 30 anos, nós começamos a perder massa muscular e podemos chegar a perder 30% de massa magra até os 80 anos. 

Todos nós envelhecemos, mas quem faz musculação, retarda este envelhecimento. A perda muscular é amenizada para quem faz exercícios com peso.


A musculação ajuda a emagrecer. Todos os exercícios ajudam na perda de peso, em todos há um gasto calórico, uns menos, outros mais. A longo prazo, os exercícios com peso, apresentam um importante papel, pois aumentam a taxa metabólica basal.

Com a musculação, você vai amenizar, e muito, a celulite, pois aumentando a massa muscular, sua pele (em cima do músculo) fica mais lisa. A redução da gordura não melhora a aparência da pele. Ela pode ficar flácida e cheia de furinhos, mas se você fizer exercícios com pesos, evitará a flacidez e definirá os músculos, minimizando a celulite.
Você pode evitar doenças, entre elas:
Osteoporose - a musculação estimula a produção de células ósseas fixando cálcio e aumentando a densidade óssea. Atividades aeróbias de impacto , como a corrida, também oferecem este benefício, mas os exercícios com peso são mais seguros para as articulações.
Artrose (desgaste das articulações - quando os músculos são fortalecidos, propiciam maior estabilidade as articulações, promovendo menor desgaste entre os ossos.
Diabetes - quanto maior é a massa muscular, mais o organismo queima glicose (substância que em excesso no sangue causa o diabetes).
Mas atenção! Intercale os dias de exercícios com peso, com exercícios aeróbios e faça alongamentos antes e depois das atividades.
Por:
Valéria Alvin Igayara de Souza 
CREF 7075/ GSP - Especialista em treinamento.
Consultoria Bambamel Natural

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Plantas medicinais para a pele

Fazer limpeza usando nos banhos diários, substâncias naturais como sabonetes de glicerina, uma vez que os outros retiram a oleosidade e umidade natural da pele. 

Semanalmente, fazer uma vaporização com ervas frescas ou secas e óleos essenciais. A vaporização pode ser feita com vaporizadores ou com água fervendo em uma vasilha, porém sempre em lugares fechados e devem ser evitadas as correntes de ar até uma hora após a vaporização. 


Depois é necessário massagear a pele suavemente com uma esponja vegetal, em seguida utilizar a mesma água com ervas utilizadas no vapor, desta vez já fria, para aplicar com um pano sobre o rosto, pois ajuda a fechar os poros.



Alecrim: ativa a circulação, limpa profundamente. Tônico, repousante e relaxante.
Aveloz: verruga (aplicar o látex da planta).
Babosa: regenera os tecidos e células - é anti-rugas. Excelente para espinhas, cravos, manchas, câncer de pele, herpes facial, dermatites, pele seca, alergia, queimadura do sol. Pode ser usado como desodorante, removedor de maquilagem, pós barba.




Balsamo: cicatrizante, refrescante de alergias da pele.
Bardana: acne, frieira, abscessos, furúnculos, micose de unha (cataplasma).
Calêndula: anti-rugas, bom para alergias, feridinhas.
Camomila: adstringente, calmante, feridas, pele oleosa, queimadura do sol, dermatites. Não usar em pele seca.
Catinga de mulata: clareador de manchas.
Cavalinha: para acne e espinhas, evita estrias, (é a sílica natural).
Confrei: cicatrizante, anti-rugas. Limpa profundamente, acne, espinha. Bom para queimadura.


Erva-Doce: remove impurezas, anti-rugas, cicatrizante.
Folha-da-Fortuna: emoliente, refrescante de pele, micose de unha.
Ginkco Biloba: prevenção do envelhecimento, circulação capilar, micro-varizes, ulceras varicosas, contra radicais livres, inibe a destruição do colágeno.
Guaco: elimina manchas, picadas de insetos.
Guaraná: protetor solar, adstringente, restaurador energético.
Hortelã / Menta: estimulante, enrrigecedor da pele (não deixa cair).

Malva: hidratante, anti-rugas, queimadura do sol, aftas.
Marcela: para pele delicada, protetor solar, bactericida.
Rosa: limpa, hidrata, anti-rugas, anti-celulite.
Sabugueiro: Flor: suaviza, clareia a pele, retira manchas (banhos), queimadura do sol (cataplasma), Folha: colocar em cima das verrugas, calos, olho de peixe.

Salsiha: anti-rugas (banhos), hematomas.
Sálvia: hidratante, anti-rugas, anti-celulite, varizes (pomadas).
Serralha: anti-vitiligo, estimula melanina, verrugas, frieiras (cataplasma).
Spirulina: acelera processo de cicatrização da pele, previne a queratinização.
Tansagem: alergias, doenças da pele, herpes facial, câncer de pele, emoliente.
Tomilho: ajuda a clarear manchas de acne.
Urtiga: refrescante, ótima para pele cansada (+ de 40), ativa circulação.

Qualquer infusão gelada pode ser usada como adstringente, tônica,
refrescante e hidratante.

Loção para tirar manchas da pele
Colocar as flores de sabugueiro em uma vasilha grande, coloque rodelas de limão sobre as flores.
Outra camada de flores de sabugueiro e outra camada de rodelas de limão.
E assim sucessivamente até cobrir a vasilha. Adicione por cima, água fervente e deixar repousando por 24 horas.
Filtrar sem espremer e guardar na geladeira.
Aplicar na pele à noite e não tomar sol durante o tratamento.

Créditos : “Plantas Medicinais” (Eng. Agrônomo Angelo Robertina)

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Como administrar suas finanças?

Não esqueça, de que somos apenas usufrutuários dos bens recebidos pela Providência Divina. Bens temporários, para nosso uso e administração.

A seguir, alguns princípios sobre finanças:
- Você é aplicador?
- Você é um tomador de recursos de terceiros?
Ganhar é uma arte que devemos cultivar. Mas, não devemos fazer disso o fim de nossas vidas. O amor ao dinheiro, raiz de todos os males, tem levado muitos à ruína espiritual.

- Trabalhar (ganhar o pão de cada dia)
- Planejar (coloque as prioridades em ordem)
a) Nunca compre a prazo.
    Guarde os cartões de crédito.
    Não abra crédito no comércio.
b) Não faça financiamento com juros altos. Na teoria é bom, mas nem sempre funciona como planejou. Você pode acabar tendo essa e outras novas.
c) Não compre nada por impulso. Quando tiver que comprar alguma coisa, escreva num lugar bem visível e aguarde por um mês. Só depois disso pense em colocá-lo no seu orçamento. Irá descobrir que não é tão importante assim na maioria das vezes.
d) Estabeleça um orçamento e viva dentro dele. Compre um livro caixa e comece a anotar sua renda e despesas. Vigie cada centavo.
Se você não consegue viver com R$ 500,00 por mês, não conseguirá viver com R$ 5000,00.
e) Como pagar as despesas do mês.
f) Principio básico: uma coisa se faz absolutamente essencial – é a honestidade.

Há muitas maneiras de furtar contra as quais deve prevenir-se:
- Tomar dinheiro emprestado sem intenção de pagar ou não ter possibilidade para isso.
- Tirar vantagem de um negócio, aproveitando-se da ignorância do próximo.
- Faltar ao trabalho sem motivo de força maior.
- Usar o dinheiro destinado a um fim, para outro fim diferente.
- Economizar (gastar menos do que recebe).

O sábio guarda para o futuro, mas o tolo gasta tudo o que recebe. (Pv 21:20 / Is 55:2)

-Investir (multiplicar o disponível).
a) Poupança, fundos de investimento, terrenos, ações/títulos.

Nosso propósito com o dinheiro, é prover as necessidades da família, pagar as contas pontualmente, dar com generosidade (da forma que seu coração o tocar), fugir do laço do fiador, dar ao Criador a prioridade da vida.
Viver com a certeza de que nada nos pertence. Viver num mundo tão reconfortante, nos guiando na honestidade e integridade, trabalhando diligentemente, gastando com sabedoria, contribuindo generosamente!

Créditos: agradecimentos às orientações de Estela Fernanda (consultora, ex-gerente do Banco Nossa Caixa, atual Banco do Brasil).
               Consultoria Bambamel Natural

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Os tipos de mel e suas propriedades medicinais especificas


É importante saber, que as abelhas não escolhem a flor a ser visitada, e que um mel classificado como de uma florada (macieira, por exemplo) é produzido por causa da presença de maior quantidade e oferta de uma flor de planta mais marcante e proeminente numa região.

Podemos concluir que qualquer mel é quase multifloral, mas com maior concentração da florada mais abundante na região (até um raio de 10 quilômetros em torno das colmeias).

De flores silvestres é um mel multifloral mencionado, resultante da mistura do néctar colhido de diversas flores dos campos, matas ou florestas. Pode ser produzido por abelhas silvestres também, como a jataí, a urussú, mas é um mel mais escuro, mais líquido e menos viscoso. 

O mel silvestre produzido pelas abelhas europeias ou africanizadas é dourado, mais denso, e tem o sabor tradicional suave. É muito rico em sais minerais, usado como tônico e fortificante para crianças, adultos e idosos. É peitoral, auxilia no tratamento popular do reumatismo e da artrite.

Da cana-de-açúcardiferentemente dos demais desta lista, não é mel de flores, mas elaborado a partir da seiva da cana dos canaviais queimados ou cortados. Tem valor nutritivo superior ao melado. É muito escuro e pouco viscoso, com forte aroma de rapadura. 

Muito rico em ferro, colabora na formação óssea das crianças, é recomendado para idosos por ter propriedades antianêmicas, fortificantes, anti-raquitismo e contra reumatismo e artrite.

Da flor da acáciaé o mel mais rico em frutose.

Da flor da bracatinga – característico por ser escuro e ter gosto amargo. Age no fígado, vesícula, estômago e intestinos. É um vermífugo, recomendado para problemas circulatórios e hipoglicemia.

Da flor de carquejamel um tanto amargo, recomendado para cálculos biliares, doenças do fígado, bexiga e rins. Além de anemia, má circulação do sangue, inflamação das vias urinárias e vermes intestinais. Digestivo e tônico do estômago.

Da flor de caju – é conhecido tradicionalmente como afrodisíaco e tônico, usado popularmente contra cólicas intestinais e eczemas. É rico em anacardina, o princípio ativo do cajueiro.

Da flor do alecrim do campomel energético, com ação no aparelho digestivo, contra gases intestinais, distúrbios nervosos e cardiovasculares em geral.

Da flor do angico – é um mel tônico, recomendado para o raquitismo, agindo também como peitoral e emoliente nas vias respiratórias, tosses catarrais, afecções pulmonares, bronquite, faringite, asma, com ação fortemente expectorante. Além disso, é adstringente, indicado na diarreia e nas disenterias. Popularmente é muito aplicado externamente em feridas e úlceras.

Da flor do assa-peixeum mel bem claro e suave. Utilizado tradicionalmente na medicina popular como depurativo do sangue e tônico geral. Um remédio popular muito famoso no combate à gripe e tosse seca, pois é um bom expectorante. Participa na fórmula de muitos xaropes. Aplicado também nas doenças das vias urinárias, contra cálculos renais, sendo ligeiramente diurético. Recomendado para queimaduras, picadas de inseto e doenças da pele.

Da flor do cambará-do-campo – um mel consagrado popularmente e tradicional na medicina popular para afecções do aparelho respiratório, como gripe, tosse em geral, coqueluche, laringite, rouquidão. Muito eficaz como coadjuvante nos casos de crises de asma. Também contra a úlcera gástrica.

Da flor do capixinguimuito recomendado para os casos de gastrite e úlceras pépticas. Tem leve efeito diurético e tônico.

Da flor do cipó-uva – mel famoso por ser desintoxicante do fígado e estimulante da secreção biliar. Aplicado para proteção do fígado nos casos de alcoolismo, na cirrose hepática e hepatite, além de proteger contra os demais efeitos do excesso do álcool.

Da flor do dente-de-leãoum famoso mel, levemente amargo, regulador das funções hepáticas e das secreções biliares. Recomendado no cálculo biliar, nas doenças do fígado, principalmente hepatite e cirrose. Também um tônico estomacal e digestivo.

Da flor da erva-cidreira (melissa) – um mel suave, aromático, perfumado, de grande efeito sedativo sobre o sistema nervoso e digestivo. Recomendado para pessoas nervosas, de digestão lenta e difícil, e nos casos de insônia.

Da flor do eucaliptoé rico em eucaliptina, o principio ativo do eucalipto. Um mel escuro, e sabor forte pela alta concentração de ferro, cálcio, enxofre e magnésio, e de fácil cristalização. Utilizado na medicina popular como expectorante, descongestionante e dilatador de brônquios, sendo eficaz na desobstrução do catarro acumulado. 

Combate a tosse, nos casos de gripe, resfriados, asma, asma cardíaca, bronquite, coqueluche. Útil na coriza, sinusite e nas rinites alérgicas. Um recurso popular no tratamento da tuberculose, pois é tônico popular. Tem aplicação também cistite, catarro da bexiga, febres em geral, maleita, nefrite e inflamação da garganta.

Da flor do girassolmuito rico em fósforo. É um mel dourado que adquire uma tonalidade âmbar-claro e, por vezes, esverdeado ao cristalizar. Muito indicado como tônico cerebral, sendo excelente para estudantes e para fortalecer as atividades intelectuais, indicado no cansaço mental e também físico. Combate o excesso de colesterol se utilizado regularmente.

Da flor de hortelã – raramente é um mel monofloral, mas se houver vasta plantação de hortelã numa região e na época da florada, e as abelhas colherem bastante néctar das flores dessa planta medicinal, o mel adquire um sabor típico de menta. Nesse caso, o mel é recomendado como digestivo, fadiga e as verminoses em geral.

Da flor da laranjeiraum dos méis mais consagrados na medicina popular, tido por muitos como o melhor, mais saboroso e aromático. Tem cor clara e dourada. É um famoso regulador das funções intestinais, com ação laxante. É antiespasmódico e calmante, com recomendação antiga na insônia, aplicado também nas palpitações cardíacas.

Da flor da macieira – um mel amarelo-claro, suave, de perfume delicado e de gosto delicioso, pois assimila as propriedades da maçã. Anti-reumático por excelência, atua nas doenças nervosas como sedativo. Um auxiliar contras a obesidade, em pequenas quantidades como adoçante.

Da flor do marmeleiroé oriundo da flor da arvore chamada marmeleiro, não da fruta. Um mel de sabor muito agradável, claro, aromático. Regulador dos intestinos e tônico digestivo. Auxilia na prisão de ventre crônica. Muito famoso por suas aplicações nos casos de desidratação. Combate a enxaqueca crônica.

Da flor do trigo sarraceno – um mel mais raro, rico em cálcio e ferro. Usado como fortificante contra a anemia e raquitismo. Por ser alcalino, tem aplicação no excesso de acidez estomacal.

Da flor de vassourinharegulador da menstruação, além de auxiliar no tratamento de hemorroidas e varizes. É tônico circulatório.
Os mais gostosos – em termos de sabor, os tipos de mel eleitos como os mais saborosos provêm do trigo-serraceno, das flores de frutas cítricas, como a laranjeira, e de flores de framboesa.

Créditos: livro “Mel – Uma vida doce e Saudável” do Dr. Marcio Bontempo (é médico homeopata, especialista em saúde publica, presidente da Federação brasileira de Medicina Tradicional)

Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...