quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Como devemos adoçar os sucos?

Muitos deles já são doces o suficiente, outros não, e precisam ser adoçados. A quantidade varia de pessoa para pessoa, porém recomendamos que sejam usados apenas adoçantes 100% naturais.

Não se deve utilizar açúcar branco refinado, cristal nem adoçantes dietéticos contendo sacarina, ciclamato ou aspartame. 

Estudos indicam que estas substâncias podem estar relacionadas a diversos tipos de cânceres.

Uma ótima alternativa para quem precisa restringir as calorias é o adoçante de stévia, uma erva natural, que pode ser encontrado na versão gotas, pó e pó para receitas de forno e fogão. Porém, deve-se observar no rótulo se ele é realmente 100% natural, não contendo sacarina, aspartame nem ciclamato.

Pode-se utilizar também o açúcar mascavo (para quem não precisa fazer restrições calóricas nem dietéticas) ou o mel, que é utilizado nas receitas, principalmente para fins medicinais. 

Assim você garante que os seus sucos sejam 100% naturais e benéficos
à sua saúde. Em muitas das receitas, eu sugeri que fosse utilizada a água-de-coco, por ser muito rica em minerais e bem pouco calórica. Se você preferir, pode usar também água, contanto que seja mineral.

Existem alguns sucos que podem ser feitos com leite, o que é interessante principalmente para crianças, pois ficará mais rico em energia e proteínas. 

Uma boa opção é o leite de soja, pois é pobre em gorduras, não é fermentativo e possui elementos químicos muito benéficos, principalmente à saúde das mulheres.



Créditos: Professor Lelington Lobo Franco

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Uma técnica anti-stress

Veja a seguir, a perfeita informação anti-stress, no contexto de organização.


Os desajustados.
São os que vivem estressados vinte e quatro horas por dia. 
Sabem que devem estar no emprego as oito da manhã, mas não se organizam para este fim. 

Vão para a cama de madrugada, acordam tarde, fazem seus veículos voarem, mas como diante deles sempre tem um farol vermelho ou alguém que dirige sem a mesma pressa, julgam que são estes que dificultam a sua vida. 

Ameaçam, vocalizam impropérios e gesticulam até que, irritadíssimos, chegam ao seu destino. Uma vez lá a azucrinação não só continua, mas sobe de intensidade, porque por terem certeza que estão certos, acham que todos os outros estão errados.

Sem estabelecer prioridades e tempos em relação às atividades que devem ser executadas, ninguém pode ser eficiente, independentemente de ser dona de casa, secretária, gerente, diretor, empresário ou o que for. 

Assim sendo, a falta de tempo é uma constante. Resultado: vive sob o domínio do stress por não se conseguir fazer o que se deseja.

Definir prioridades significa dar precedência ao que deve ser feito em detrimento do que pode esperar, organizando-se, depois disso, os tempos adequados para que haja eficiência na execução das que são escolhidas. 

A partir desta coordenação – como faz o medico que em cada horário só atende o paciente que agendado – só se executa a tarefa que foi programada sem se envolver com outra. 

A organização do trabalho, seja ele qual for, trás inúmeras vantagens. Entre estas, menor cansaço mental e físico e maior produtividade. 

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Mel de abelhas Jataí – Uma verdadeira farmácia em casa

Um dos mais raros do mundo. É antibiótico, antioxidante, antiinflamatório, auxilia no combate e prevenção da catarata. 

Neste mel não é recomendável utilizar colher de metal para o uso e deve permanecer sempre em geladeira. 

É comercializado em pequenas quantidades, pois a abelha de jataí produz muito pouco por colméia.

Propriedades
Ação dinamogênica (aumenta a resistência do organismo), ação ligeiramente aperitiva, ação febrífuga, ação sedativa (méis de aroma forte), suplemento alimentar, antisséptico (principalmente méis escuros), digestivo e laxativo, diurético, anti-anêmico (principalmente méis escuros). 

Para pessoas sadias
Ameniza as insuficiências alimentares eventuais em aminoácidos, sais minerais, vitaminas. Facilita a assimilação e digestão de outros alimentos.
Reforça o organismo em luta contra as agressões.

Dá ao organismo maior resistência contra o cansaço físico e intelectual, em ocasião de atividades intensas.
Dá ao organismo melhor rendimento físico, principalmente aos atletas. 

Para pessoas doentes, em casos de 
Atraso de crescimento, astenia ou estado de cansaço (físico ou psíquico), anorexia ou perda de apetite, desnutrição (principalmente crianças), deficiência constitucional, má dentição. 

Área digestiva
Anorexia ou perda de apetite, distúrbio de assimilação, insuficiência digestiva, intestino preso, úlceras gastroduodenais, infecções intestinais. 

Área cardiovascular e sanguínea
Anemias (mais indicado o mel escuro), cardíacos, contra varizes. 

Área respiratória
Infecção do olho, nariz, laringe, faringe (mais indicado o favo do mel), conjuntivite (pomada à base de mel), escrófula (tuberculose dos olhos), infecção dos brônquios, tosse de origens diversas. 

Área urinária
Favorece a diurese, nefrites agudas, cistites e outras.

Área neuro-psíquica
Nervosismo, insônia, depressão e tensão devido a hipoglicemia.

Área dermatológica
Feridas infeccionadas, úlceras e queimaduras (aplicação no local), prurido anal de algumas dermatoses, cicatrização.

Área metabólica
Emagrecimento e desnutrição sem etiologia precisa, certos estados diabéticos pouco graves (as doses devem ser pequenas no inicio e aumentado-as progressivamente, sempre sob o controle médico).

Outras áreas
Cãibras 

Posologia
Adultos: uma colher de sopa três vezes ao dia
Crianças: (menores de 5 anos) uma colher de chá três vezes ao dia, de preferência misturado ao chá. Para (menores de 2 anos) nunca servir puro, necessário diluir em chá. Menos de 1 ano, consultar o médico.

Quando o mel é tomado puro, deve-se ingeri-lo vagarosamente e em pouca quantidade de cada vez. 

Créditos: Vida Buena

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Dicas para o cabelo crescer lindo e saudável

Principais hábitos que prejudicam os cabelos

Secador e prancha
Os danos causados pelo secador são mais difíceis de recuperar. O calor evapora toda a água que existe dentro dos fios.

Soluções
Deixe o cabelo secar naturalmente. Se você tem que usar o secador, não seque os cabelos em temperatura alta, mantenha o secador a uma distância de aproximadamente 15 cm dos cabelos.

Hidrate os cabelos sempre, para isso, use máscaras apropriadas para o seu tipo de cabelo.
Use um creme protetor antes de usar o secador. Se o cabelo já está muito danificado, a única solução é cortá-lo.

Cauterização ou progressiva
Quando a escova progressiva tem formol, o cabelo pode ser danificado. O produto é proibido por lei.

Existem outros tipos de progressiva que causam menos danos. Mas, por serem procedimentos químicos que modificam a estrutura do cabelo para poder alisá-los, acabam danificando os fios. Nunca faça dois procedimentos químicos ao mesmo tempo, como progressiva e tintura.

Soluções
Para evitar danos irreversíveis, nunca faça em um intervalo menor que seis meses. Hidrate antes e depois de fazer a escova progressiva.

Ficar sem lavar o cabelo
O cabelo deve ser lavado diariamente para evitar caspa, queda e problemas nos fios. Mas atenção: água quente danifica o cabelo (resseca e aumenta a oleosidade).

Solução
O xampu anti-resíduos deve ser usado uma vez por semana se o seu cabelo é normal ou oleoso e a cada 15 dias se ele é seco.

Elásticos para amarrar
Cabelos mais finos podem arrebentar e formar nós. No caso dos cabelos mais grossos ou de afrodescendentes, pode ocorrer queda irreversível, de tanto puxá-los para prendê-los.

Dormir com o cabelo molhado
Os fios ficam mais frágeis quando estão molhados. Todos nós temos alguns fungos que vivem no cabelo e na pele, naturalmente. E, por estarem numa área quente e úmida, cresce o risco de se proliferarem, o que pode levar ao surgimento de seborreia e caspa.

Desembaraçar o cabelo no banho
Evite, porque o cabelo molhado fica mais frágil e pode quebrar. Quem tem muito cabelo ou fios encaracolados pode penteá-los devagar, usando um pente de madeira com dentes grandes e produtos, como hidratante ou máscara para ajudar a desembaraçar.


Créditos: Dermatologista Carolina Marçon, membro da Sociedade Brasileira de dermatologia; Dermatologista Letícia Bertazzi, da Sociedade Brasileira do Cabelo.
Jornal agora "Viva Bem"

sábado, 26 de outubro de 2013

A difícil tarefa de esperar

É preciso saber esperar...! Principalmente quando as coisas estão mais difíceis, quando parecem não ter mais soluções. 

Pois muitas vezes a dor pela espera é necessária para o nosso crescimento.

A vida é como um bumerangue. Tudo o que fazemos terá sempre retorno. Por isso é sempre importante praticarmos o bem, fazermos boas coisas.

Quão maior for a dor, maior será o alívio de superá-la, e sentir o gosto da vitória. Não existe uma só folha que caia que não seja da vontade de Deus.

Sejamos fortes em todos os momentos. Principalmente nos mais difíceis... Pois só assim conheceremos a nossa própria força, só assim trabalharemos para o nosso próprio crescimento.

É preciso saber esperar! Com paciência! Com fé no coração!

Com a certeza. De que iremos vencer. Pois somos filhos do criador.

E um Pai jamais abandona seus filhos! 

Autor: Desconhecido 


sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Creme para perder barriga e Chá verde

Um bom creme para perder barriga é o manipulado com Xantina a 8%, que se pode encomendar numa farmácia de manipulação e não precisa de receita médica. 

O creme deve ser aplicado 2 vezes ao dia, em toda a região da barriga. 


Para potencializar seus efeitos, pode-se envolver a área a ser tratada com um plástico filme, deixando-o atuar por 2 horas.
A Xantina é uma substância (nomeia um grupo de compostos orgânicos - naturais cafeína ou artificiais aminofilina), que consegue eliminar o dobro da gordura que o organismo conseguiria eliminar somente com dieta e exercício. 

É possível eliminar até 11 cm de gordura em apenas 12 semanas de tratamento.
Turbine o efeito com chá verde.
O acúmulo de gordura na região acima da cintura - obesidade abdominal - é particularmente perigoso, pois apresenta uma forte associação com a hipertensão arterial, diabetes, anormalidades do colesterol e doença  cardiovascular.

Um estudo realizado nos Estados Unidos concluiu que o chá verde elimina até 2,5 quilos por semana e acelera em 25 vezes a queima da gordura abdominal. Além de trazer benefícios para a saúde, o chá facilita a queima de gordura quando combinado a hábitos alimentares saudáveis.

Durante a pesquisa realizada, as pessoas que tomaram seis xícaras de chá por dia eliminaram o dobro de quilos e 25 vezes mais gordura abdominal do que as pessoas que beberam só refrigerante diet.

O chá também tem outros poderes. Ele ajuda na digestão, previne contra o envelhecimento precoce, melhora a memória, reduz o colesterol e desintoxica o organismo.


Créditos: tuasaude.com /  Portaldocoração.uol.com.br

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Acne – Saiba como tratar

A acne é uma vesícula de gordura infectada na pele, produzida pelas glândulas sebáceas, localizadas em cada folículo de pelo. Quando essa gordura infectada é retida, se produzem vesículas denominadas acnes. 

A acne se manifesta principalmente no rosto e nas costas e pode chegar a criar abscessos e caroços profundos de gordura infectada.

Causas: A produção de certos hormônios, ao chegar a puberdade, provoca a segregação extra de gordura, ou toxinas pelas glândulas sebáceas da pele. Também pode estar relacionada com desequilíbrio hormonal. Se não houver uma higiene suficiente ou quando se vive num ambiente cuja alimentação é nociva, instala-se a infecção.

Tratamento: Lavar o rosto com sabão líquido neutro todos os dias, pela manhã e à noite, com o fim de remover toda a gordura - secar-se com lenço descartável para não contaminar-se novamente. 

Aplicar creme de própolis com Aloe Vera - as mulheres podem usar maquiagem sobre o creme de própolis. 

É recomendável fazer uma limpeza profunda com uma máscara limpadora duas vezes por semana com a finalidade de extraírem-se todas as impurezas da pele. A ingestão de vitamina-E e vitamina-C é muito recomendável. 

É aconselhável usar um creme exfoliante periodicamente, assim como aplicar um peeling à base de ácidos de frutas e Retinol para eliminar lentamente a pele maltratada e com marcas. 

Ingerir antibiótico natural como a própolis de abelha até que elimine a infecção. 
A acne requer um tratamento entre 4 a 6 meses
.


Outras recomendações:
Eliminar ao máximo o açúcar e a farinha refinada, assim como as frituras, a manteiga, o chocolate e o creme de leite. 

Aumentar o consumo de fibras na alimentação, para limpar o estômago e o intestino. 
Ingerir minerais como o cromo - pode ser em forma de pastilhas ou na forma de levedura de cerveja, o selênio e o zinco - ele ajuda a atividade dos hormônios. 

Eliminar os sabões e sabonetes que contenham enxofre, iodo, brometos ou gorduras. 
Cuidar em prevenir a prisão de ventre e a indigestão.

Atenção - Se uma ou mais vesículas de acne ficarem avermelhadas a área se inflamará e ficará sensível ao toque e poderá ampliar a infecção. Nunca espremer a acne.
Procure seu médico de confiança.

Créditos: Livro “Saúde e Bem-Estar – através de elementos naturais”

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Mistura para peles envelhecidas - Óleo de Olíbano, Patcholi, Palmarosa e Rosa Mosqueta

Serve para hidratar, nutrir, clarear manchas, diminuir as rugas e cicatrizes.

Olíbano: Respiratório total. Para pele envelhecida com manchas de idade. Limpa os poros diminui cicatrizes. 

Antiinflamatório, bactericida e fungicida. É próprio para pele madura. Coloque no aromatizador, é bom para a parte emocional e espiritual.

Patcholi: Para a pele madura, manchas, sedativo ou estimulante.

Palmarosa: Hidratante para pele seca, rachadura.  Anti-infeccioso para pele. Exclusivo para dermatite. Diminui a transpiração.

Rosa Mosqueta: Não pode ser usado em pele com acne. Ativa a pele para o clareamento, clareia as axilas, olheiras, bolsas, diminui rugas. É super rejuvenescedor para a pele madura. Alergia da pele, assadura de criança, cicatriz antiga, queloide. 

Receita
1 vidro 30 ml de óleo de Rosa Mosqueta
8 gotas de óleo de Olíbano
8 gotas de óleo de Patcholi
8 gotas de óleo de Palmarosa

Passar todos os dias a noite e pela manhã, use um bom hidratante com protetor solar.

Créditos: Phytoterápica

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Dicas para o uso do mel

Uma colher de sopa de mel tomada em jejum garante disposição o dia todo, segundo alguns, prolonga a vida.

Digestivo: 1 copo de água morna, 1 colher de mel, suco de 1 limão.

Refrescante: 1 copo de água gelada, 1 colher de mel, suco de 1 limão.

Para rouquidão e inflamação da garganta, 2 colheres de mel.

Antitérmico: ralar três cenouras (ou passar na centrífuga) e misturar com 2 colheres de mel.

Contra bronquite: 1 colher de mel com própolis todos os dias (90 dias).

“Manteiga de mel”: mel, creme de amendoim, Lahine (creme de gergelim) e farelo de trigo integral. (Delicioso)

Aperitivo: 1 colher de mel num cálice de suco de uva puro.

“Drink”: substitua o mel na caipirinha. Fica uma delícia e não dá dor de cabeça. Use no wisque sauer.
Por causa do alto teor de frutose, o mel tem um poder adoçante maior do que o açúcar.

Limpeza de pele e os cabelos: massageie o rosto e todo o couro cabeludo com mel, faça uma infusão de camomila bem forte. Cubra a cabeça com uma toalha. Fique 20 minutos. Lave o rosto e os cabelos com sabonte neutro.

Mascara fria: faça massagens (movimentos circulares para cima) com uma colher de chá de mel, até que ele se comporte como cola, massageie durante 10 minutos. Relaxe outros 10 minutos e retire com água fria. Rejuvenesce porque renova todas as células, nutrindo a cútis.

Créditos: Apiário Polenectar / Bambamel Natural

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Xarope para bronquite crônica e asma

10 folhas de hortelã
2 talos de agrião
1 folha de guaco
1 colher de chá de gengibre ralado
½ copo de suco de acerola (180mg de vitamina C)
1 colher de sopa de mel de eucalipto
5 gotas de óleo de copaíba
2 copos de água

Modo de preparo: as folhas de hortelã, agrião, guaco e gengibre devem ser preparadas na forma de chá por infusão, isto é, dois copos de água fervente, despejados sobre as plantas citadas. Abafar por 10 minutos.
Num liquidificador, misturar o mel de eucalipto, o suco de acerola e o chá das ervas, adicionando ainda cinco gotas do óleo de copaíba.

Dose recomendada: tomar 20ml (um copinho de plástico, usado para cafezinho), várias vezes ao dia.

Principais elementos terapêuticos
Hortelã-pimenta: em virtude de seus óleos essenciais, é ótima para combater a bronquite e a asma.

Agrião: suas substâncias ajudam a expectorar, aumentando a fluidez do muco segregado pelo aparelho respiratório ao sofrer o ataque de microorganismos (por exemplo, o vírus da gripe).

Guaco: o óleo essencial desta planta age como um poderoso antiinflamatório, principalmente do aparelho respiratório, agindo nos casos de gripe, tosses rebeldes, bronquites, rouquidão e coqueluche.

Copaíba: tem óleo essencial antibiótico natural e desobstrutivo das vias aéreas superiores.

Gengibre: age como agente antiinflamatório e antibiótico, além de ser descongestionante das vias respiratórias, pela presença de alcaloides em sua composição.

Acerola: se você está preocupado com bronquite crônica, aumente a quantidade de vitamina C na sua alimentação, pois ela protege os pulmões dos danos provocados pela bronquite, situação em que as vias aéreas ficam inflamadas e bloqueadas por muco espesso, prejudicando a respiração.

Eucalipto: o mel de eucalipto atua sobre as mucosas, muito útil na bronquite aguda, por causa do cineol e outras substâncias que desobstruem e aliviam as mucosas dos pulmões.

O suco de abacaxi é antiinflamatório, em virtude da bromelina, encontrada em sua polpa e no seu miolo. Ajuda a desobstruir as vias respiratórias e tem ainda ação mucolítica, dissolvendo o muco ou o catarro dos pulmões, favorecendo a expectoração.
Tomar este suco de preferência à noite, sempre adoçado com mel, principalmente nos períodos em que as crises são mais frequentes ou durante uma crise asmática.


Créditos: Professor químico, Lelington Lobo Franco

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Viver sem máscaras

O carnaval é a maior festa popular do Brasil, e talvez, do mundo. Nessa festa da extravagância e dos excessos, muitas pessoas saem às ruas usando máscaras. 

Algumas dessas pessoas escondem-se atrás das máscaras; outras se revelam por meio delas. Uma máscara é tudo aquilo que esconde ou encobre a nossa verdadeira identidade. 

É importante ressaltar que existem máscaras tangíveis e intangíveis; algumas cobrem o rosto; outras tentam disfarçar as atitudes da alma.

De certo modo todos nós usamos máscaras. Aquele que diz que nunca usou uma máscara, possivelmente esteja acabando de afivelar uma no rosto, a máscara da mentira. O problema das máscaras é que elas proclamam uma mentira ou escondem uma verdade. 

Quando usamos máscaras, as pessoas passam a amar não quem nós somos, mas quem nós aparentamos ser. As máscaras também não são seguras. Por melhor que nós as afivelemos, elas podem cair nas horas mais impróprias e nos deixar em situação de total constrangimento.

Algumas máscaras usadas ainda hoje
A máscara da piedade - O apóstolo Paulo, ensinando sobre a doutrina da Nova Aliança, diz que podemos ser ousados em vez de agir como Moisés que pôs um véu sobre a face para que as pessoas não atentassem para a glória desvanecente em seu rosto. Quando Moisés subiu o Monte Sinai para receber as Tábuas da Lei, ao regressar, seu rosto brilhava. 

As pessoas não podiam olhar para ele. Então, ele colocou um véu em sua face para que as pessoas pudessem se aproximar e falar com ele. Mas houve um momento em que Moisés percebeu que a glória estava acabando. Ele não precisava mais do véu, porém, ele continuou com o véu, porque não queria que as pessoas soubessem que sua glória era desvanecente. 

Muitas vezes, somos parecidos com Moisés. Tentamos impressionar as pessoas com uma espiritualidade que não temos. Aparentamos ser mais crentes, mais piedosos do que na verdade somos.

A máscara da autoconfiança - O apóstolo Pedro era um homem impulsivo. Falava para depois pensar. Quando Jesus declarou que seus discípulos iriam se escandalizar com ele e iriam se dispersar, Pedro não titubeou e foi logo dizendo que ainda que todos o abandonassem, ele jamais o faria. 

Disse ainda que estava pronto para ir com Jesus para a prisão ou até mesmo para a morte. Pedro julgou-se forte e até melhor do que seus pares. Porém, naquela mesma noite, Pedro fraquejou e dormiu quando Jesus pediu para ele vigiar. Pedro abandonou a Jesus e seus condiscípulos e infiltrou-se na roda dos escarnecedores. 

Pedro negou, jurou e praguejou, dizendo que não conhecia a Jesus. A máscara de sua autoconfiança caiu quando Jesus olhou para ele. Então, ele caiu em si e desatou a chorar.

A máscara do legalismo - Um legalista é inflexível com as outras pessoas, mas condescendente consigo. Ele enxerga um cisco no olho de seu irmão, mas não vê uma trave no seu. O legalista preocupa-se mais com a forma do que com a essência. 

Cuida mais da aparência do que do interior. Os fariseus eram legalistas. Eles eram fiscais da vida alheia, mas descuidados com sua intimidade com Deus. Eram bonitos por fora, mas feios por dentro. 

Jesus os comparou a sepulcros caiados, limpos por fora, mas cheios de rapina por dentro. Os fariseus eram hipócritas. Eles eram atores que representavam no palco um papel diferente daquele desempenhado na vida real.

Créditos: adca.org.br

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Chá da casca de barbatimão

O que os índios sabiam há tempos, hoje está comprovado por pesquisas brasileiras: o barbatimão é um excelente cicatrizante e um poderoso agente contra bactérias, inflamações e até úlceras. 

Outro estudo, feito na Universidade Federal de Pernambuco, também demonstrou que a planta pode reparar o tecido danificado. Essa propriedade se deve aos taninos presentes na casca desta planta. 

Por serem adstringentes, eles eliminam a água de dentro das células, provocando uma contração das fibras. Isso facilita a cicatrização e diminui as hemorragias.

Indicações da casca: úlceras, feridas, impigens, doenças da pele, afecções da garganta, corrimento vaginal, leucorreia, gonorreia, catarro uretral e vaginal; colite, diarreia, escorbuto, hemoptises, hemorragia uterina, afecções hepáticas, anemias, gastrite, câncer.

Modo de usar:
Uso externo: cascas reduzidas a pó e aplicadas no local ou decoção de 1 colher de sopa da casca em 1 litro de água morna, para uso sob forma de banhos.
Também, um excelente remédio caseiro para corrimento vaginal. Para se preparar este chá você vai precisar de 2 xícaras de chá de casca de barbatimão, 2 litros de água e uma colher de sopa de suco de limão (ou vinagre).

Ferva a água com as cascas de barbatimão por 15 minutos, depois deixe esfriar. Coe, acrescente a colher de suco de limão(ou vinagre) e faça a higienização vaginal quantas vezes achar necessário.

Dosagem:
Pele oleosa: coloque 1 colher (sobremesa) de casca picada em 1 xícara (chá) de água. Ferva por 5 minutos. Espere esfriar, coe e acrescente o suco de meio limão e 1 colher (chá) de mel. À noite, aplique na pele do rosto, com um chumaço de algodão,deixando agir por 20 minutos. Após lave com água morna.

Hemorragias uterinas: coloque 1 xícara ( chá ) de casca picada, 1 xícara (chá) da raiz de algodoeiro e 1 xícara (chá ) de quiabo ainda não maduro, em 1 litro de água. Ferva durante 15 minutos e coe em tecido fino. Faça 1 ou 2 lavagens ao dia com esse líquido. Não obtendo melhora procure orientação médica.

Feridas ulceradas: coloque 1 colher (sopa) de casca picada e 2 folhas fatiadas de confrei em 1/2 litro de água em fervura. Desligue o fogo, espere esfriar e coe. Aplique na ferida, com um chumaço de algodão, 2x ao dia.

Corrimento vaginal: coloque 2 colheres (sopa) de casca picada em 1/2 litro de água fervente. Espere amornar, coe e acrescente 1 colher (sopa) de vinagre branco ou suco de limão. Faça banhos locais, de 1 a 3x ao dia, até que o sintoma desapareça.

Contra-indicações
Não há registro na literatura de contra-indicação para o uso da casca de barbatimão.



Créditos: Emagrecedor.info

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

O segredo da felicidade


Uma teoria, chamada “sobrevivência do mais generoso”, diz que foi graças à generosidade que a espécie humana prosperou. 

O professor Sam Bowles, do Instituto Santa Fé, nos Estados Unidos, analisou sociedades antigas e verificou que a generosidade era componente fundamental da sobrevivência das comunidades.

“Grupos com muitos altruístas tendem a sobreviver”, diz ele. Isto quer dizer que temos em nós a capacidade de ajudar os outros, principalmente os que nos são próximos, a fim de garantir nossa sobrevivência.

A generosidade nos faz bem de outras maneiras. O professor Stephen Post, autor de Why Good Things Happen to Good People (Por que coisas boas acontecem a pessoas boas), examinou os indícios de que ser grato e generoso faz bem à saúde. Um estudo com 2.016 pessoas de diferentes classes, verificou que os que ajudavam os outros regularmente tinham mais saúde mental e menos depressão.

Outros estudos constataram que as pessoas solidárias têm menos probabilidade de sofrer de doenças crônicas, e seu sistema imunológico tende a ser melhor. “Existe uma relação direta entre bem- estar, felicidade e saúde nas pessoas gratas e generosas”, diz Post.
A emoção mais saudável do ser humano, segundo especialistas em psicologia, não é o amor, mas sim a generosidade e a gratidão.
Ser grato, na verdade, aumenta a nossa imunidade: nos torna mais resistente ao estresse e menos suscetível à doenças.
Pessoas gratas são pessoas felizes. Por outro lado, pessoas ingratas são miseráveis e egoístas porque nada as deixam felizes. Nunca estão satisfeitas; sempre colocam defeito, nada é bom o bastante.

A generosidade ajuda a regular as emoções, o que causa impacto positivo sobre a saúde e sobre a nossa mente. Se nosso instinto biológico automático do tipo “lutar ou correr” ficar ativo demais por causa do estresse, o sistema cardiovascular é afetado e a imunidade do corpo enfraquece.

“É difícil ficar zangado, ressentido ou amedrontado quando se demonstra amor altruísta pelos outros”, afirma Post. “A generosidade pode criar uma onda significativa de mudanças à nossa volta.”

Um estudo de 2005 da Universidade Hebraica, em Israel, descobriu um vínculo entre a generosidade e o gene que libera a dopamina, neurotransmissor que proporciona bem-estar. A pesquisa, publicada em 1991 no livro The Healing Power of Doing Good (O poder curativo de fazer o bem), verificou que as pessoas que tinham atitudes gentis e generosas descreviam ter uma sensação física boa.

Muitos disseram sentir-se mais cheios de energia, mais calorosos, mais calmos, com mais amor-próprio e auto-estima , fenômeno que ele chama de “a onda de ajudar”.
A generosidade tem outra semelhança com a felicidade: não pode ser comprada. A generosidade, portanto, tem de começar por dentro, é apenas uma questão de opção: é uma atitude que adotamos e que pode fazer diferença na vida dos outros, mas principalmente na nossa vida.

A boa notícia é que é fácil aprender a ser generoso. “Basta praticar mais atos de generosidade do que estamos acostumados, e de forma regular; Quer saber como?
Por exemplo: Quando temos alguma coisa que não precisamos mais, colocamos a venda. Que tal doar esse utensílio para alguém que tenha menos do que nós? Ou dar de presente a alguém que fará um bom uso, independente de ter menos ou mais do que nós? Tente....!!!

Normalmente damos aos outros roupas velhas e que não nos servem mais. Você já pensou em tirar do seu guarda-roupas uma peça bem bonita e “dar” aquela pessoa que não pode comprar uma igual? Veja a expressão de felicidade no rosto dessa pessoa, e sinta o quão é gostoso poder deixar alguém feliz. Experimente!!!!

Há muitas pessoas que sofrem de depressão por egoísmo, desconhecem a terapia da solidariedade. Milhares de pessoas praticam a generosidade, sem receberem nada de material em troca. Ficam satisfeitos em troca de um obrigado ou de um simples sorriso.

Porque o fazem? Porque se sentem bem em ajudar o próximo, dando sem receber nada em troca, ajudando quem precisa e tendo compaixão por quem necessita mais do que eles. Isso é excelente, vence o egoísmo e satisfaz a alma.

Já viu essas pessoas sofrerem de depressão? Naturalmente, que não têm tempo para pensarem nisso. O segredo da felicidade é encontrar a nossa alegria na alegria dos outros.

Recebido por e-mail (Eva Couto)

Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...