quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Os segredos das massas

Macarrão - sempre que for cozinhar o macarrão, utilize água em abundância. Coloque uma colher de óleo na água de cozimento para que a massa não grude. Por cima da panela, deixe uma espátula ou colher grande, para que a água não derrame ao ferver.

Para melhorar o paladar da macarronada acrescente gengibre ralado ao queijo parmesão.

Crepes de creme de leite esses crepes só devem ser feitos com creme de leite fresco, nunca com creme de leite enlatado!

Panquecas - aprenda os segredos das massas

Um pouco de cerveja misturada à massa faz com que as panquecas fiquem mais leves.
Pastel - se preparar a massa de pastel com muita antecedência e a massa endurecer um pouco, na hora de abrir, troque o rolo por uma garrafa com água morna, assim a massa ficará macia novamente e mais fácil de trabalhar. 

O mesmo pode ser feito quando a massa for guardada na geladeira.
Para que a massa fique mais leve e não encharque, adicione um pouco de cerveja à farinha. 

A cerveja pode ser trocada por vinagre de vinho, nunca pelo vinagre de maçã, que deixará a massa pesada. Ainda pode-se usar a pinga na falta dos demais.
Para dar um sabor especial à massa de pastel, acrescente casaca de laranja ralada. Fica um delícia!

Pizza - coloque uma colher (café) de cebola ralada na massa. Além de ficar mais gostosa, ficará perfumada e mais macia. Para assar a pizza mais depressa, troque a assadeira por um prato de papel alumínio.

Tortas e empadas - um dente de alho bem socado adicionada à massa vai dar um sabor especial à sua torta ou empada. Não pode faltar uma pitada de sal nas massas doces ou uma pitada de açúcar nas massas salgadas.

Não cubra a massa com pano molhado enquanto estiver descansando, isto fará com que a massa mele. Utilize uma tigela funda para tampar.
Para que a torta ou empada fique douradinha e brilhante, pincele com gemas de ovos misturada com um pouquinho de óleo e uma pitada de açúcar. Na falta do ovo, você pode substituí-lo por um pouco de café bem forte.

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Reações do organismo sob forte estresse

O Dr. Peter G. Hanson, autor do livro” O Prazer do Estresse”, relata que 80% das enfermidades estão relacionadas com o estresse, pois têm um forte componente psicomático.

O estresse não existe por si só, e sim é produzido pelo homem de acordo com a  interpretação que ele faz sobre as circunstâncias que o rodeiam. 


Um acontecimento determinado poderá afetar a duas pessoas de diferentes maneiras, isto é, segundo a reação ou atitude que cada um tenha diante do problema.

As principais reações do organismo durante um estado forte de estresse:
Dilatação da pupila.
Secura da boca e garganta.
Fechamento dos vasos e artéria do rosto, braços e mãos, motivo pelo qual eles se tornam pálidos.

Aceleração dos batimentos cardíacos com a finalidade de transportar oxigênio a todo o corpo. As glândulas supra-renais injetam certa quantidade de cortisona com a finalidade de desinflamar o corpo, no caso de este receber algum golpe. 


O que acontece é que tanto a cortisona como a adrenalina, bloqueiam a células-T produzidas pelo sistema imunológico para defender o organismo de elementos estranhos que o irão agredir.

O fígado injeta na corrente circulatória um coagulante sanguíneo para prevenir um derrame no caso de feridas graves.

Os brônquios se dilatam com a finalidade de absorver mais oxigênio.
Injeta-se glicose através do fígado com a finalidade de que os músculos tenham a energia de que necessitam neste momento.

Produz-se sudoração intensa em todo o corpo, principalmente nas mãos, tendo isto a finalidade de retirar o excesso de calor gerado no organismo.

Todo o organismo se põe em estado de alerta máximo e se prepara para lutar ou fugir. O estresse, quando se mantém com pouca intensidade, não prejudica o organismo e, ao contrário, ajuda a pessoa a ficar ativa. Precisamos ter uma dose do bom estresse. O problema aparece, quando esse estresse é excessivo e duradouro.

Tente eliminar o estresse:
Ore, medite.
O que não pode resolver, entregue para Deus.
Tente manejar adequadamente os pensamentos e atitudes, substituindo os pensamentos negativos por positivos.

Mude a forma de pensar: esta atitude nos leva a ter a capacidade de eliminar os medos, as angustias, as culpas e os ressentimentos, bem como a depressão, a tristeza, a ira, por conseguinte o estresse.

Tenha uma alimentação adequada, principalmente rica em nutrientes como as vitaminas B1, B5, B12, C, E e D, o ácido fólico, a biotina e minerais como cálcio, cobre, iodo, ferro, magnésio, fósforo, potássio, selênio, zinco, proteínas, gorduras e carboidratos.


Tenha tempo para um descanso adequado, através de um relaxamento profundo.
Exercícios diários: correr e caminhar ao menos 30 minutos por dia ou fazer natação.

Créditos: livro “Saúde e Bem-Estar” – através de elementos naturais

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Apiterapia - o veneno da abelha

A Apiterapia, utiliza o veneno de abelha, que é uma forma de abordar a medicina naturista cujo principal objetivo é direcionar o organismo a superar as suas próprias barreiras de defesa imunitária, com uma estimulação apropriada em pontos estratégicos do corpo. 

As picadas irão perturbar o processo patológico com a finalidade de estabilizá-lo, para que o organismo encontre o seu próprio equilíbrio de uma forma natural. 


As picadas, em pontos chaves, mostram-se benéficas no processo de terapia de base para a esclerose múltipla. 

Cientistas internacionais afirmaram em Havana que experimentaram com êxito o veneno de abelhas em diversos casos de esclerose múltipla, um feito sem precedentes na área da saúde mundial. 

"O veneno de abelhas aplicados nos pontos de acupuntura, restitui as funções do esfíncter e da bexiga e dos intestinos em casos de esclerose múltipla". 

O presidente da Confederação de Apiterapia e da Federação Internacional de Apicultura (APIMONDIA), o suíço Theodore Cherbuliez, e outros membros desse conselho da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO), explicaram a utilidade do tratamento com picadas desse inseto voador e o uso em geral dos produtos da colméia.

"Nos casos de esclerose de placa-enfermidade degenerativa do sistema nervoso temos detido o seu desenvolvimento e inclusive recuperado funções com a aplicação da Apipuntura, um método singular que consiste em aplicar picadas de abelha em pontos determinados de acupuntura", assegurou Cherbuliez.

O método consiste, explicou o pesquisador suíço, em colocar a abelha com uma pinça em pontos selecionados do corpo e em retirar o ferrão (aguilhão) quando administrada a dose terapêutica do veneno de abelhas.

Segundo os pesquisadores, o risco de toxidade ou alergia é de um sobre 850 mil, e não se tem conhecimento de mortes por uma picada desse tipo.

Por outro lado, os experts do APIMONDIA ressaltaram o uso da própolis (resinas extraídas da colméia) na cura de enfermidades gastrintestinais e na cicatrização de queimaduras, assim com a utilização do mel em afecções da pele.

No primeiro dia é feito o teste de reação alérgica ao veneno de abelha (micro-picada).
Este teste consiste em injetar uma quantidade mínima de veneno de abelha, na pele do paciente. 

Nos primeiros 20 minutos, depois da micro-picada, observamos o local da picada procurando alguma reação anormal. Se o paciente não for alérgico, o tratamento com veneno poderá continuar na próxima visita. Os tratamentos são feitos uma vez por semana.

É o primeiro mês de tratamento com apitoxina que traz mais desconforto ao paciente, porque é neste período que é posto em marcha o processo curativo do veneno de abelha.

O valor terapêutico da apitoxina deve-se principalmente ás suas propriedades hemorrágicas e neurotóxicas. 


O veneno aumenta a produção de ACTH ao nível da hipófise, estimulando a glândula supra-renal a produzir cortizona. A ACTH é uma hormônio de proteína segregada pela glândula pituitária anterior. A função principal da ACTH é a regulação hormonal do esteróide cortisol que é segregada pelas supra-renais.

Apitoxina (Veneno de Abelha)
O veneno, em doses terapêuticas, pode ter uma ação benéfica. A constituição química da Apitoxina estabelecida até o momento descreve mais de 40 frações e inúmeras propriedades biológicas. 

A melitina, a maior fração da apitoxina, demonstrou ter uma ação bloqueadora da produção de superóxidos em neutrófilos humanos, que é o principal mecanismo envolvido na destruição celular decorrente de um processo inflamatório.

A apamina, outra fração da apitoxina, através do bloqueio dos canais de potássio, age sobre as glândulas supra-renais, ativando a produção de cortisol que é um potente antiinflamatório fisiológico.

Verificou-se que a maioria dos apicultores que normalmente recebem algumas picadas de abelha, não sofrem de reumatismo. As pesquisas científicas demonstraram que isto resulta da ação do veneno na prevenção e cura do reumatismo.

Além de sua eficiente ação no tratamento das doenças reumáticas, nervo ciático, bursite e tendinite, a apitoxina é um poderoso anticoagulante, vaso-dilatador e hipotensor, controlando, por conseguinte a pressão alta.


Somente cerca de 1% a 3% da população mundial é alergica ao veneno de abelha. Contudo todos os pacientes, antes de iniciarem o tratamento com veneno, são submetidos a um teste de reação alérgica.

Créditos: informações e imagem retiradas do site: www.oarquivo.com.br (terapias complementares – apiterapia)

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Michelangelo, o gênio da escultura!

Mármore, sonho de escultor!
Pedra fria que aguarda pacientemente na montanha, esperando que mãos privilegiadas, enquanto dão forma a sua vulgaridade, rebusquem seu interior procurando a alma do escultor.









A alma do mármore – Michelangelo di Lodovico 
Buonarroti Simoni (1475 – 1564)










A Pietá foi esculpida entre o ano 1498 e 1499 quando Michelangelo tinha vinte e quatro anos. Suas dimensões são de 174 por 194 cm. Michelangelo se encarregava pessoalmente da escolha dos blocos de mármore mais apropriados trazidos dos Alpes Apuanos na Toscana. Sua perfeita execução, criou dúvidas com relação a sua autoria, o que provocou em Michelangelo tal acesso de fúria que gravou seu nome na escultura. Lê-se na pequena faixa que cruza o peito da Virgem as palavras: “Michelangelo Buonarroti, florentino, o filho”.



Michelangelo esculpiu o Davi entre 1501 e 1504 por encargo da Cooperativa dos Mercadores de Lã de Florença. Para sua realização, empregou um bloco de mármore muito estreito e cumprido, que estava abandonado há anos no pátio de obras da 

Catedral de Florença. A escultura é em mármore de Carrara e mede 409cm de altura. Seu rosto tem uma expressão desafiante e seu olhar demonstra expectativa à espera de Golias. Sua perfeição faz com que seja considerada um padrão estético de anatomia e um cânone de beleza.

Michelangelo esculpiu Moisés em entre 1513 e 1515. Concebido em seu início para a tumba do papa Julio II na Basílica de São Pedro, fazia parte de um grande projeto de esculturas nunca finalizado.

Moisés está representado com chifres, que possivelmente equivaliam a raios de luz, como se descreve no Êxodo. Para Michelangelo era a sua escultura mais realista. Conta a lenda que ao terminá-la, o escultor pensou que a única coisa que lhe faltava extrair do mármore era a própria vida. Assim, golpeou o joelho direito da estátua dizendo-lhe: “Porque não falas”?


Um ser tocado pela mão de Deus, capaz de dar forma a blocos de mármore, esculpindo-os até alcançar a forma perfeita, impregnando-os de um halo de vida.

Recebido por e-mail

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Doce Mel - molho para saladas

Engana-se quem pensa que o mel serve somente para adoçar salada de frutas. O alimento vindo das abelhas é um ótimo tempero para compor molhos para saladas de verduras e legumes, dando um toque ímpar ao prato.

Mel vai muito bem com ingredientes cítricos e levemente picantes, como limão e mostarda. Frutas secas como uvas-passas também são uma ótima pedida. Evite temperar com molhos à base de mel saladas que contenham ovos, azeitonas e oleaginosas, como castanhas.

Cada 30g (2 colheres de sobremesa) de mel contém:
Calorias – 92,8kcal
Carboidratos – 25,45g
Cálcio – 3mg
Magnésio – 1,8mg

O mel contém em proporções equilibradas vitaminas, minerais, ácidos e aminoácidos, semelhantes a hormônios, substâncias bactericidas e aromáticas. A grande fama do alimento é sua ação bactericida, devido aos flavonoides, substâncias antioxidantes e anti-inflamatórias, que bloqueiam as enzimas envolvidas na multiplicação dos germes no organismo.

Molhos:
Mostarda e mel – rende 6 porções / 60kcal por porção
Ingredientes:
1 xícara (chá) de mostarda
2 colheres (sopa) de mel
2 colheres (sopa) de azeite
Sal a gosto
Modo de preparo: coloque em uma tigela todos os ingredientes e misture até ficar homogêneo. Regue a salada com o molho antes de servir.

Mel e iogurte – rende 4 porções / 42kcal por porção
Ingredientes:
Suco puro de 1 limão
1 colher (sopa) de mostarda
1 colher (sopa) de mel
3 colheres (sopa) de iogurte natural desnatado
1 colher (sopa) de azeite extravirgem
Sal e pimenta-do-reino a gosto
Modo de preparo: misture os ingredientes do molho e espalhe sobre a salada. Deixe na geladeira por 1 hora antes de servir.

Molho agridoce – rende 4 porções / 61kcal por poção
Ingredientes:
2 colheres (sopa) de azeite
1 colher (sopa) de mel
1 colher (sopa) de mostarda
1 colher (sopa) de shoyu
Modo de preparo: junte os ingredientes do molho, mexa bem e despeje sobre a salada na hora de servir.

Por Amanda Dias
Créditos: revista “O poder das Saladas” – nº13 – 2012
Obs: adaptei as receitas com grãos de mostarda batidos no liquidificador (1 colher de chá cheia), e ficaram deliciosas.

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Racismo (olhos azuis)

A professora e socióloga Jane Elliott ganhou um Emmy pelo documentário de 1968 “The Eye of the Storm”, em que aplicou um exercício de discriminação em uma sala de aula da terceira série, baseada na cor dos olhos das crianças.

Hoje aposentada, aplica workshops sobre racismo para adultos. “Olhos Azuis” é a documentação de um desses workshops em que o exercício de discriminação pela cor dos olhos também foi aplicado.

O objetivo do exercício é colocar pessoas de olhos azuis na pele de uma pessoa negra por um dia.

Para isso, ela rotula essas pessoas, baseando-se apenas na cor dos olhos, com todos os rótulos negativos usados contra mulheres, pessoas negras, homossexuais, pessoas com deficiências físicas e todas outras que sejam diferentes fisicamente.

Numa palestra com um auditório lotado, ela pergunta: “Se algum branco gostaria de receber o mesmo tratamento dado aos cidadãos negros em nossa sociedade, levante-se. Ninguém se levantou. Isso deixa claro que vocês sabem o que está acontecendo. Vocês não querem isso para vocês. Quero saber por que, então, aceitam isso e permitem que aconteça com os outros.”

A única coisa necessária para a perpetuação do mal, é que as pessoas boas se omitam. (Jane Elliot)

Créditos: Foto: anidabar.wordpress.com/2011/11/05/olhos-azuis-preconceito/

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

DIABETES - Um composto eficiente de ervas contra essa doença

O diabetes mielites ou sacarino é uma enfermidade crônica do metabolismo, provocada pela deficiente produção de insulina pelo pâncreas. 

É um distúrbio metabólico que compromete sobretudo a capacidade do organismo de utilizar adequadamente a glicose (açúcar) e outros compostos químicos.

Caracteriza-se pela elevada concentração de glicose no sangue (hiperglicemia) e pela passagem desse excesso de glicose para a urina. Existem dois tipos de diabetes mielites: o de insulina dependente e o comum. O primeiro, nasce com essa enfermidade, o segundo, adquire de fontes externas.

O diabético tem que se conscientizar que poderá ter uma vida longa e saudável, se trocar seus antigos hábitos alimentares por uma dieta mais adequada. Se você for diabético, nunca esqueça que necessitará de um controle médico.

A dieta constitui parte fundamental no tratamento, seja ele leve ou que exija cuidados especiais. Recomenda-se, também, caminhadas diárias. Segundo Thomas Parr, camponês inglês que viveu cerca de 157 anos, para se ter uma vida longa, as pessoas, em geral, devem: “Ter os pés quentes pelo exercício” – e, caso sejam propensas a engordar: “Abrir os olhos e fechar a boca!”

Composição de ervas para o tratamento:
Pata-de-Vaca – Diurética, depurativa, nos males dos rins e estomacais. Eficaz no tratamento dos diabetes e colesterol.
Pedra-Ume Caá (Kaá) – Considerada insulina vegetal, dispensa apresentação para o tratamento dos diabetes.
Casca de Cajueiro – Excelente antidiabético, combate colesterol, triglicéride e inflamações da garganta. Tônico nas fraquezas e convalescenças.
Carqueja – Tônica, digestiva, depurativa e emagrecedora. Combate anemia, cálculos biliares, bexiga, rins e fígado. Usado no tratamento do reumatismo, gota e inflamações urinárias.
Modo de preparo: ferva um litro de água, quando levantar a fervura, jogue dentro, a medida de uma xícara de chá das ervas misturadas e desligue o fogo. Deixe descansar por quinze minutos. Coe e tome uma xícara quatro vezes ao dia.



Créditos: revista “O Poder Curativo das Plantas” – André Rezende (fitoterápico)

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Suco verde: descubra os benefícios

Se você deseja eliminar a prisão de ventre, melhorar a digestão, combater o envelhecimento precoce e de quebra perder peso, o suco verde é ótimo para o seu caso. 

Esses sucos são ricos em vitaminas, nutrientes e minerais: aminoácidos, oligoelementos, fitoquímicos e principalmente enzimas. 

Alguns deles possuem ação antioxidante que melhora a qualidade sanguínea e ajustam o metabolismo, proporcionando uma sensação de bem-estar.

Antes de começar a sugerir as receitas, a nutróloga Liliane Oppermann dá uma dica de fruta que combate o mau humor. “o abacate é uma fruta que age no sistema nervoso central fazendo a manutenção dos hormônios. 

É rica em vitamina B3 e beta-sistosterol que bloqueia as taxas de cortisol, hormônios do estresse, além de melhorar o humor”, diz ela.
A alface é outro alimento benéfico que combate a irritação e um ótimo calmante, produzido pela substância lactucina. Veja 5 receitas de sucos verdes:

Suco a base de couve
Rico em vitaminas, o suco de couve ajuda a combater as seguintes doenças: depressão, úlceras e até elimina as substâncias cancerígenas. Auxilia no bom funcionamento do intestino. Além disso, a couve é anti-inflamatória e cicatrizante.
Receita
2 folhas de couve
2 folhas de couve-de-bruxelas
1 rama de couve-flor
1 rama de brócolis
4 cenouras
1 maçã pequena (pode ser feito com outras frutas)
1 copo de suco de laranja
Bata no liquidificador e adoce com extrato de agave.
Calorias: 40 calorias por copo 

Suco de espinafre com gengibre
Aumenta o metabolismo facilitando na perda de peso.
Receita
2 xícaras de espinafre
2 copos de pepino cortado
1 cabeça de aipo
1 colher (chá) de gengibre
1 porção de salsa
2 maçãs cortadas
suco de 1 limão
Bata no liquidificador e adoce com extrato de agave.
Calorias: 25 calorias por copo 
Suco de salsinha, cenoura e frutas
Possui efeito diurético e desintoxicante. O ideal é consumi-lo no período da manhã: dá energia e limpa o organismo.
Receita
2 fatias grossas de melancia
1 maço pequeno de salsinha
2 maçãs
2 talos de salsão com as folhas
3 talos de erva-doce (ou funcho)
1 cenoura
2 laranjas
2 folhas de couve
1 pepino inteiro
1 pera
1 punhado de brotos de alfafa
Bata no liquidificador e adoce com extrato de agave.
Calorias: 60 calorias por copo 

Suco regulador
Ideal para mulheres grávidas ou que já estejam amamentando. Ajuda na produção de leite.
Receita
1 cenoura
1 maçã descascada
2 talos de salsão
ramos de hortelã
suco de 1 limão
1/2 copo de água mineral
Bata no liquidificador e adoce com extrato de agave.
Calorias: 45 calorias por copo 

Suco rejuvenescedor
É antioxidante. Promove o rejuvenescimento, garantindo uma pele mais saudável.
Receita
1/2 xícara de manga cortada em cubos (pode ser mamão ou caqui)
1 cenoura cortada em rodelas
1/2 maço de hortelã
suco de 1 limão médio
Bata no liquidificador e adoce com extrato de agave.
Calorias: 50 calorias por copo 
Todos os sucos são batidos no liquidificador. Também podem ser coados ou consumidos naturalmente com os gomos, peles e sementes.

Foto: O Blog Hortelã com Abacaxi

terça-feira, 9 de outubro de 2012

Veneno da abelha - Creme rejuvenescedor

 Por Julia Couto, do AreaM

O boato surgiu no ano passado, segundo a imprensa de fofoca britânica, a duquesa Kate Middleton estaria utilizando cremes e máscaras faciais feitas com veneno de abelha com o objetivo de dar mais viçosidade à pele do rosto. 

O produto já seria um velho conhecido da também duquesa Camilla Parker, que acredita que o veneno ajuda a retardar o envelhecimento natural da pele.

Mesmo não sendo da família real, as mulheres que desejarem conhecer os efeitos benéficos presentes no veneno da abelha podem fazê-lo aqui mesmo no Brasil. A dermatologista Karla Assed oferece tratamentos à base do produto em sua clínica. 


“Conheci o veneno de abelha quando fui a um Congresso em Seoul”, conta ela. O produto utilizado pela dermatologista, porém, não possui o veneno propriamente dito e sim a melitina, um aminoácido.

O objetivo dos produtos que contém melitina é enganar a pele. “Ela faz o organismo pensar que a pessoa foi picada, e com isso aumenta o fluxo sanguíneo, aumentando a produção de colágeno”, explica a dermatologista. Além do colágeno, que fortalece os tecidos do corpo, também há um aumento de produção da elastina, “proteína que confere flexibilidade, permitindo que a pele se estique e retorne à sua forma original”, finaliza Karla.



De acordo com a dermatologista, a melitina já foi alvo de estudos e sua eficácia já foi provada. “Já existem estudos que comprovam o uso da substância como anti-inflamatória”, afirma ela. 

O produto, no entanto, não pode ser usado por pessoas que possuem alergia a picada de abelha, claro.

“A melitina pode ser utilizada em forma de creme, máscaras ou loções, em casa, como peeling e após laser”, explica Karla. O tratamento escolhido depende da avaliação da dermatologista e também do resultado que o paciente deseja obter. 


Além disso, já existe no Brasil produtos prontos que contém a metilina, “mas também receito fórmulas manipuladas que possuem a substância”.

A metilina é indicada pela dermatologista para pacientes que buscam o rejuvenescimento, efeito tensor, brilho, diminuição dos poros. A posologia também varia. “Tudo vai depender do tipo de pele e qual o efeito desejado com o tratamento. 


Se for creme, por exemplo, o uso é diário, uma vez ao dia”, explica ela. Mas não adianta pensar que a apenas a metilina vai fazer milagres, já que geralmente existe um complemento do tratamento.
O tempo que a substância demora para fazer efeito também varia bastante e depende do tipo de tratamento escolhido. A aplicação do produto não causa nenhum efeito colateral grave. “Mas algumas pacientes sentem, às vezes, uma discreta ardência durante a aplicação”, conta a dermatologista.

Nem só de mel vive a abelha.
Uma indústria em Tatuí, no interior de São Paulo, utiliza o pólen produzido pelas abelhas para criar um creme anti-rugas. 

O produto, de acordo com o site, possui “ação hidratante por conter em sua formulação pólen extraído por processo eletrônico, e mesmo sendo um cosmético tem mostrado bons resultados no alivio de dores nas articulações”. 


O produto tem sido chamado de botox natural por agir de maneira eficiente no combate às rugas.

Além disso, cientistas americanos divulgaram que a melitina é capaz, também, de matar células cancerosas, ao mesmo em que mantém as células saudáveis intactas. O produto está sendo testado em ratos.


Obs: A pomada de veneno de abelhas contém apitoxina (veneno de abelhas) como príncipio ativo. A apitoxina, segundo diversos trabalhos de pesquisa, obteve enorme sucesso no tratamento de artrite, reumatismo, tendinite, bursite, inflamações comuns e sinusite.



Créditos: Simone Kamiyama
               Bambamel Natural

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Exercícios que melhoram a aparência dos seios

Os exercícios que ajudam a melhorar o aspecto dos seios são os que trabalham com a musculatura peitoral. “Exercícios para os seios não existem. 

Os exercícios conhecidos são para o músculo peitoral, essa é a primeira coisa que as pessoas devem saber. 

Não se deve confundir os seios com os peitorais. Os seios não possuem músculos, são constituídos de gordura e são sustentados pelo músculo peitoral”, ressalta Selma Schmidt.

Apesar disso, o trabalho realizado na musculatura peitoral contribui para a boa aparência dos seios. “Os exercícios podem melhorar a postura corporal, o que fará os seios ficarem mais ‘empinados’, devido à maior força do músculo peitoral e dos músculos das costas”, indica Éder.

Para melhorar o visual dos seios, os exercícios indicados são os peitorais e de costas. Supino, remada, crucifixo, pack deck e dumbell press são algumas opções para trabalhar a musculatura peitoral.

Os resultados começam a aparecer por volta de três meses, após a prática constante dos exercícios. “Visualmente, a partir de seis meses”, destaca Éder.

A educadora física da Triathon Academia, Selma Schmidt, e o coordenador da Academia Lembu-kan Sports, Éder Rosendo, dão algumas dicas de exercícios para quem não tem tempo de frequentar a academia. 

Confira.
Deitada no chão, com pesinhos de 2 kg em cada mão, feche e abra os braços. O ideal é fazer três séries de 15 vezes.
Deitada no chão, com pesinhos de 2 kg em cada mão, flexione os braços em 90 graus e, em seguida, estenda-os. Três séries de 15 vezes.
Faça flexões do estilo militar, mas com os joelhos apoiados no chão. Comece executando três séries de cinco repetições. Aumente, à medida que se sentir mais forte. Quando chegar a 15 repetições, experimente tirar o joelho do chão e manter o apoio nos pés.

Se a musculação e os exercícios localizados podem ajudar na aparência dos seios, os aeróbicos, por sua vez, podem ocasionar o efeito contrário. “Os exercícios têm por característica diminuir a gordura corporal. 

Os seios, sendo formados por tecido adiposo, isto é, gordura, vão diminuir de tamanho, fazendo com que a pele não acompanhe essa diminuição”, explica o coordenador da Academia Lembu-kan Sports, Éder Rosendo.

Os movimentos rápidos também podem prejudicar os seios, por isso, vale a pena investir em roupas adequadas para os exercícios. 

Antigamente, as mulheres que tinham seios grandes eram aconselhadas a usar de dois a três tops para correr, a fim de segurar bem os seios, porque o balanço da corrida faz com que eles fiquem muito pesados. Hoje, já existem tops especiais que amenizam esse problema”, indica Selma Schmidt.

Créditos: ensaionb.com.br

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Uma bebida milagrosa

Se o seu objetivo é ter uma excelente saúde e um corpo cheio de
vitalidade, tome nota desta receita muito simples, divulgada pela Rede Social Cidade Lobito, com contribuição de Álvaro Leite.

Esta bebida milagrosa já existia há muito tempo. Originalmente os médicos naturistas da China recomendavam-na aos doentes.


Conhecemo-la graças ao Sr. Seto, que não é uma celebridade pública mas um homem normal como todos nós, que comprovou os resultados desta bebida, visto ter-se curado da doença de que padecia. 

Ele tinha câncer do pulmão e comenta que esta bebida lhe foi recomendada por um famoso ervanário da China. Tomou esta bebida, diligentemente, durante 3 meses e agora a sua saúde restabeleceu-se assombrosamente, tanto assim que é por isso, que quis tornar publico e dar a conhecer ao mundo as maravilhas de uma alimentação sã para a preservação da saúde.


É um alimento ao alcance de todos e com um custo ínfimo, sendo por isso,
que o Sr Seto quer chamar a atenção de quem padece de algum tipo câncer ou qualquer outra doença, para esta bebida milagrosa que protege o corpo do câncer e outras doenças, promovendo a cura.


Esta bebida milagrosa, segundo ele, trava o desenvolvimento das células cancerígenas.
De que é feita?


A fórmula é muito simples e necessita somente:
1 Beterraba
2 Cenouras
1 Maçã
Instruções:
Lave bem, corte-as com a casca em pedaços pequenos, coloque na centrifuga ou liquidificador, e beba de imediato.
Se quiser pode juntar um pouco de lima ou limão, para lhe dar um
sabor mais refrescante.

Quando deve beber?
De manhã em jejum! Uma hora depois recomenda-se que tome o peq. almoço.
Para conseguir resultados rápidos, tome esta bebida 2 vezes ao dia.
Um copo pela manhã e outro antes das 5 da tarde.


É benéfico para as seguintes doenças:
1) Para prevenção do câncer e travar o crescimento das células
cancerígenas.
2) Prevenir doenças:
a) do fígado, rins, pâncreas, úlcera.
3) Também pra fortalecer e prevenir:
a) os pulmões, ataque cardíaco e tensão arterial alta.
4) Para fortalecer o sistema imunológico.
5) É boa para:
a) a vista, eliminar olhos vermelhos e cansados ou secura nos olhos
6) Ajudar a eliminar a dor de:
a) esforço físico (treino intensivo), dor muscular.
7) Para desintoxicar
a) ajuda os intestinos, elimina a obstipação (por isso, fará que a pele fique sã e radiante),  ajuda no problema do acne.
8) Para melhorar e eliminar:
a) o mau hálito devido à má digestão, a infecção da garganta.
9) Para diminuir as dores menstruais e para ajudar a tirar a febre do feno.

Não há absolutamente nenhum efeito secundário e é de alto valor nutritivo.
Muito eficaz se necessita perder peso. Vai dar-se conta que o seu sistema imunológico melhora substancialmente (devido à maçã), depois de seguir a rotina durante umas 2 semanas a fio.

Recebido por e-mail

Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...