quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

2012 - Uma perspectiva dimensional

Uma antiga profecia, compartilhada pelo povo nativo por todas as Américas, diz que quando a Águia da América do Norte e o Condor da América do Sul se unirem, o espírito da paz despertará na Terra. 

Após esperar por milênios, muitos povos nativos acreditam que o momento é agora. Os Incas avaliavam o tempo em ciclos de 1000 anos, e criaram dois períodos de 500 anos, um de escuridão e de dificuldades, seguido por 500 anos de luz e de progresso. 

O povo Andino acreditava que uma era de escuridão está dando prioridade a um período de 500 anos de luz. Os Astecas acreditavam que estamos na Era do 5º Sol. O povo Hopi do sudoeste da América diz que estamos no 4º Mundo, ou na 4ª encarnação da Terra.  

Os antigos Maias eram obcecados com o tempo, avaliando inúmeros ciclos repetitivos do tempo. Sua “Longa Contagem” começou em 3113 A.C. e termina em 21 de Dezembro de 2012. Seu calendário não termina em 2012; ele simplesmente restaura para começar outra Longa Contagem. Isto é como o velocímetro do seu carro, girando até 000000 para começar novamente.

As pessoas antigas em todos os lugares observavam os céus e estavam atentos à revelação dos padrões mais importantes. Eles percebiam o tempo como cíclico, padrões sem término e que se repetiam. Deste modo, a sua perspectiva diverge da nossa perspectiva mais linear, onde nós calculamos tudo, incluindo o tempo como tendo um início, meio e fim.

 Em 21 de Dezembro de 2012, o curso eclíptico do sol, atravessa o plano equatorial da Via Láctea em um padrão em forma de cruz, que os antigos Maias reconheciam como a Árvore Sagrada. É um alinhamento galáctico entre o nosso sol e o dentro de nossa galáxia. Alguns dizem que isto representa uma aceleração do tempo.

Devemos nos lembrar que um calendário é apenas um instrumento de rastreamento por longos períodos de tempo, como um relógio de pulso rastreia ciclos menores de tempo. Depois de ter participado de conferências relacionadas ao tema, conversado com pessoas nativas, conversado com os meus próprios guias espirituais, e lido livros sobre o 2012 – dos quais há inúmeros – eu compreendi o calendário Maia como um mapa para as mudanças na consciência. 

Nós estamos mudando de sermos meramente seres da terceira dimensão – constrangidos pelo tempo e pelo espaço – para sermos humanos verdadeiramente multidimensionais, onde poderemos ter uma experiência mais holográfica ou quântica que está além do tempo. Colocado de uma forma mais simples, o calendário está indicando o término da velha consciência e o início da nova.

Eu posso imaginar os guardiões da sabedoria e os profetas Maias contemplando o futuro distante e alcançando um ponto no qual a sua visão interior não poderia ir além, porque a consciência humana tinha feito tal salto quântico que não mais estava na mesma trajetória, mas em um curso totalmente novo. Toda a consciência humana está dando este salto? Não. 

Mas um número suficiente está, pois já estamos no portal da transição de 2012 na consciência. De fato, há anos eu perguntei ao meu guia espiritual “Águia Branca”, o que acontecerá em 2012. Ele respondeu que muito da mudança ascendente na consciência prevista para 2012, tinha acontecido aproximadamente em 2005!

Meu guia espiritual cósmico “Mark”, recentemente teve mais a dizer sobre 2012:
O período em torno de 2012 é um importante tempo astronômico. É um alinhamento da terra com o equador da galáxia. Desde que há muito poder e velocidade no equador da galáxia, há um período de grande potencial, um tempo onde muitas janelas de oportunidades são abertas. O período não é apenas 2012. Os efeitos são adequados agora e continuarão bem além de 2025. 

Ainda que por causa do efeito do que as pessoas acreditam na consciência humana, o que acontecerá em 2012 depende muito do que vocês esperam que aconteça. Assim, eu espero que todos vocês esperem maiores oportunidades espirituais para a paz e a compaixão, e não oportunidades para a destruição ou a doença ou metade das pessoas deixando o planeta. É um tempo importante. As energias são poderosas. O magnetismo é poderoso. É uma oportunidade perdida se vocês não se alinharem ao que como querem que seja o seu futuro. 

Se vocês estão ainda alinhados ao passado – à guerra, à ganância, à sobrevivência, aos conflitos, às vitórias e derrotas, então assim é como será a sua paleta para os próximos anos. Mas se vocês estiverem alinhados a como querem que seja o seu futuro – suas visões, seus sonhos, então assim será a sua paleta para os próximos anos. Se não estiverem alinhados, vocês perderão a oportunidade e permanecerão assim como estão. Não será a destruição desta terra. 

Agora é um momento que requer o alinhamento com os seus princípios e sonhos mais elevados e não com o seu passado.
Quais são os ciclos de tempo e frequência mais importantes que a terra passa?
Os ciclos são como oscilações, assim eles têm elevações e quedas de frequências. Eles crescem exponencialmente de acordo com um padrão geométrico. Estas oscilações representam frequências não apenas na Terra, mas frequências que são perpetuadas através da galáxia. Estas frequências se apresentam como distúrbios solares, como distúrbios magnéticos. 


Elas se apresentam como quedas de civilizações ou aumento da luz nas civilizações. Há momentos em que o padrão das oscilações sofre interferência por algumas coisas fora de sua galáxia, e então este padrão de oscilações começa novamente. Alguns povos nativos acreditam que houve cinco vezes que estes padrões principais entraram em colapso na Terra. A verdade é que foram seis vezes que estes padrões chegaram a um imenso crescendo e então entraram em colapso. 

A Terra está realmente em seu sétimo sistema de padrão escalar de ondas. As oportunidades da consciência e de crescimento mudam com estas mudanças nos padrões.
O que precisamos saber sobre os tempos atuais?
Este é um grande tempo. As frequências estão serenas, elas estão se expandindo, e provavelmente elas não serão rompidas por muitos milhares de anos. É um grande tempo para o crescimento. 

É um grande tempo para a compaixão neste planeta – compaixão com o planeta, compaixão com as outras espécies que compartilham a proximidade da humanidade. Nos próximos 15 anos há muitas janelas de oportunidades para a paz e a parceria uns com os outros, nas famílias, nas comunidades, através dos países, e com o reino da natureza. Nossos guias estão muito ativos tentando despertá-los, assim usem as janelas de oportunidades. É um tempo muito adequado.

Talvez os Maias estejam nos lembrando que o futuro é da nossa responsabilidade. Eu vejo uma imensa evidência de uma expansão da consciência, enquanto todos nós transcendemos as velhas limitações, tornando-nos novamente os humanos multidimensionais que pretendemos ser.

Autor: Jonette Crowley é  canalizadora e autora de “A Águia e o Condor: Uma História Verdadeira de uma Jornada Mística Inesperada”.
Tradução: Regina Drumond

Créditos: anjodeluz.net

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Cardápio saudável para o Réveillon

Salada de abacate com romã
Ingredientes:
Salada
2 talos de salsão
1 romã
1 abacate
½ limão
Alface crespa
Alface roxa
200g de cenouras, cortadas em rodelas
50g de brotos de feijão
1 maço pequeno de cebolinha
Molho
1 colher (sopa) de vinagre de maçã
Sal marinho a gosto
Pimenta-do-reino a gosto
4 colheres (sopa) de azeite de oliva extra virgem
Modo de preparo:
Salada
Corte o salsão em pedaços de 2 cm. Abra a romã e retire as sementes. Reserve. Processe o abacate e junte o suco de limão. Reserve. Arrume as folhas de alface crespa e roxa em uma saladeira, acrescente os talos de salsão, as sementes da romã, o abacate, as cenouras e o broto de feijão.
Molho
Em um recipiente misture o vinagre de maçã, o sal marinho e a pimenta-do-reino e vá acrescentando o azeite de oliva extra virgem aos poucos, misturando até ficar com uma consistência homogênea.
Montagem
Regue a salada e salpique a cebolinha. Decore com sementes de romã e um galho de cebolinha verde. Sirva em seguida.

Arroz integral germinado com lentilhas germinadas
Ingredientes:
1 xícara (chá) de lentilha germinada
3 xícaras (chá) água (fria)
2 colheres (sopa) de óleo vegetal de soja
2 dentes de alho picado
1 xícara (chá) de arroz cateto integral germinado
1 xícara (chá) de água (fervente)
1 xícara (chá) de caldo do cozimento da lentilha (reservado)
Sal marinho à gosto
Modo de preparo:
Em uma panela, coloque as lentilhas germinadas e três xícaras de água (fria). Ligue o fogo a nível médio e conte 30 minutos. Quando começar a ferver, baixe o fogo. Durante o cozimento das lentilhas, prove-as para verificar o cozimento. Escorra as lentilhas, mas reserve uma xícara (chá) do caldo. Em outra panela, refogue o alho no óleo. Junte o arroz integral germinado e refogue até ficar bem dourado. Adicione a água, a lentilha cozida e o caldo reservado, misture e deixe cozinhar. Tempere com sal marinho. Está pronto pra servir.

Tomates recheados com pasta de ricota e alho
Ingredientes:
4 tomates médios
2 xícaras de chá de ricota cortada em cubos
1 colher (chá) de ervas finas
2 dentes de alho espremidos ou socados
2 colheres de sopa de azeite de oliva extra virgem
Sal marinho a gosto
1 colher de sopa de salsinha picada para decorar
4 folhas de manjericão para decorar
Modo de preparo:
Com uma faca bem afiada, abra os tomates pela tampa (parte superior). Tire as sementes e deixe escorrer toda a água, colocando-o de cabeça para baixo. Reserve. Coloque a ricota no processador e bata até que fique bem pastosa. Acrescente os outros ingredientes e bata para misturar. Com a ajuda de uma colher de sobremesa, recheie os tomates. Leve ao forno pré-aquecido por 10 minutos. Polvilhe a salsa picada e decore cada tomate com uma folha de manjericão.

Trouxinhas integrais de alho-poró
Ingtredientes:
Massa
1 ovo
1 xícara (chá) de leite
1 xícara (chá) de farinha de trigo integral
1 pitada de sal marinho
Óleo de coco (para untar a frigideira)
Recheio
1 colher (sopa) de óleo de soja
1/3 de cebola picada
½ unidade de alho-poró picado
15g de manteiga
1 colher de sopa de farinha de trigo
300ml de leite
2 colheres de sopa de creme de leite light
Modo de preparo
Massa
Bata os ingredientes no liquidificador (exceto o óleo de coco). Aqueça uma frigideira com um pouco de óleo de coco e despeje uma concha cheia da massa. Vá girando a frigideira de forma que a massa se distribua por igual. Doure dos dois lados, reserve.
Recheio
Refogue a cebola no óleo. Acrescente o alho-poró. Quando estiver macio, adicione a manteiga e a farinha já dissolvida no leite. Mexa até engrossar. Desligue o fogo e acrescente o creme de leite. Disponha a massa sobre a mesa, coloque uma porção de recheio sobre cada uma delas e amarre-as com uma tirinha de alho-poró.

Bacalhau ao forno
Ingredientes:
500 g de bacalhau em lascas dessalgado
Leite desnatado suficiente para aferventar
500 g de batatas cortadas em rodelas e pré-cozidas
3 tomates maduros cortados em rodelas
1 pimentão verde cortado em rodelas
2 cebolas em rodelas finas
3 ovos cozidos cortados em rodelas
150 g de azeitonas pretas picada
1 1/2 xícara (chá) de azeite de oliva extra virgem
1/2 xícara (chá) de salsa picada
Sal marinho (se necessário)
Modo de Preparo:
No dia anterior: dessalgue o bacalhau deixando-o de molho em água, de um dia para o outro, trocando quatro vezes. Afervente o bacalhau no leite e escorra. Em um refratário, alterne camadas de bacalhau com camadas de batata, tomate, pimentão, cebola, ovo e azeitona. Regue as camadas com o azeite e polvilhe a salsa. Cubra com papel-alumínio e leve ao forno pré-aquecido a 200ºC durante 35 minutos. Se precisar, adicione sal.

Salada de frutas frescas e secas ao molho de iogurte
Ingredientes:
1/2 abacaxi
2 goiabas vermelhas
4 kiwis
1/2 melão
30 morangos
2 papaias
1 xícara (chá) de damasco seco
1 xícara (chá) de nozes
2/3 de xícara (chá) de castanha-do-pará picada
1 ¼ de xícara (chá) de uva-passa preta
1 1/2 xícara (chá) de iogurte natural
1/3 de xícara (chá) de açúcar mascavo
Amêndoas em lascas a gosto (para decorar)
Modo de preparo:
Corte as frutas frescas em cubos, coloque em uma travessa grande ou em taças individuais. Cubra com filme plástico e leve para gelar. Numa tigela, bata o iogurte com o açúcar e reserve. Corte o damasco em lascas. Adicione as nozes e a castanha. Na hora de servir, salpique as frutas secas por cima das frutas frescas e acrescente o creme de iogurte. Finalize salpicando um punhado de amêndoas em lascas.

Caipirinha sem álcool de limão com gengibre e hortelã
Ingredientes:
½ limão cortado em quatro partes
1 colher (café) de gengibre fresco picado e descascado
4 folhas de hortelã fresca
1 ½ colher (chá) de açúcar demerara
1 copo (180ml) de água com gás
Gelo a gosto
Modo de preparo:
Em um copo, amasse o limão. Adicione o gengibre, a hortelã e o açúcar demerara. Acrescente a água com gás e misturar. Adicionar gelo picado e servir.

Créditos: revistasaude
Imagem:  Reprodução

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Feliz Natal!

Na minha distante cidade, o Natal simbolizava esperança, pois era “Jesus” quem nos presenteava – coisas simples, suficientes para encher meus olhos de lágrimas! 

Corria em volta da casa, tentando Encontra-lo – era muito importante o abraço envolto de brilho que guardava para o Mestre Divino.  

O tempo passa e levamos na alma a inocência e o frescor para acalentar os nossos sonhos cheios de esperança que transformam os desejos em luz.

Então, que tal usar a corda do sentimento, como se fossemos tocar uma guitarra? Sinta como não basta ferir uma corda de qualquer maneira – é preciso conhecer as várias posições para as notas, a composição dos acordes, a peça que se vai tocar, os acompanhamentos e o ritmo... 

Enfim, inserir os tons e os sons de cada corda na harmonia total das seis cordas. Quando o coração multiplicar as palpitações na intensidade da emoção, deixemos vibrar também as outras que existem em nós: inteligência, a força de vontade, no modo de encarar a vida, no espírito do sacrifício, olhar para os mais necessitados para o despertar da alma.

Como criança, nesta magia, vamos desenhar o amor nos nossos corações, transformar nossa essência - e diante do infinito, na linha do horizonte, navegar no brilho do amor!
Sim, o amor de verdade - é a única obra prima que não se improvisa.
Abracemos a fé, a oração... Amemos, amemos, amemos! Profundamente, demasiadamente!
E aí, não tem jeito – vai fluir o prenúncio do amor que dominará toda a nossa vida!

Deixo aqui o meu carinho a todos, desejando um feliz Natal e um Ano Novo repleto de paz, realizações!

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Saladas especiais para a ceia de Natal
















Salada de rúcula com molho de manga
Ingredientes
1 maço de rúcula
2 mangas maduras e firmes cortadas em cubos
1 cebola média cortada em rodelas finas
Molho:
1/4 de xícara de água
1/2 manga cortada em cubos
2 colheres (sopa) de azeite
2 colheres (sopa) de suco de limão
Sal a gosto
Preparo:
Lave bem as folhas de rúcula e enxugue-as. Em uma saladeira, misture as
folhas, os cubos de manga e a cebola. Prepare o molho batendo no
liquidificador a água, a manga, o azeite, o suco de limão e sal - sirva a salada
com o molho.
Rendimento: 4 porções

Carpaccio de legumes
ingredientes
4 xícaras de água
3 cubos de caldo de legumes
2 berinjelas cortadas em fatias finas
2 abobrinhas cortadas em fatias finas
3 cenouras cortadas em fatias finas
10 folhas de alface crespa
10 folhas de alface roxa
1/2 maço pequeno de rúcula
15 folhas de hortelã fresca picada
Molho para salada de sua preferência
Preparo
Em uma panela grande, ferva a água e dissolva os cubos de caldo de
Legumes - coloque as fatias de berinjela e cozinhe em fogo alto por 5
minutos com a panela destampada, mexendo de vez em quando - retire com uma escumadeira, escorra e reserve. Junte as fatias de abobrinha e cozinhe por mais 5 minutos, com a panela destampada, mexendo às vezes - retire do
fogo, escorra e reserve. Repita a operação com a cenoura e cozinhe até
secar o líquido. Reserve.
Montagem: forre o fundo de uma saladeira grande intercalando as folhas de
alface crespa, alface roxa e rúcula. Coloque as fatias de berinjela no centro
do prato - coloque ao redor as fatias de abobrinha e por último as fatias de
cenoura. Salpique a hortelã picada por toda a superfície. Cubra com o molho
de sua preferência e sirva em seguida.
Dicas
Para cortar as fatias bem finas utilize um cortador de legumes bem afiado.
Para facilitar o preparo em dias de festa, cozinhe as tiras de legumes e
conserve na geladeira em tigelas separadas cobertas com filme plástico.
Monte a salada pouco antes de servir.
Rendimento: 5 porções

Salada de berinjela assada
Ingredientes
2 kg de berinjela
1 pimentão verde
1 pimentão vermelho
1 pimentão amarelo
3 cebolas picadas
Azeitonas a gosto
1 pacotinho de orégano
500 ml de azeite extra virgem
Tempero a gosto
Salsinha e cebolinha a gosto
Preparo
Corte as berinjelas em tirinhas pequenas e os pimentões em tirinhas
médias. Em seguida acomode as tirinhas de berinjela em uma assadeira,
coloque os pimentões, as cebolas, as azeitonas, a salsinha e a cebolinha
picadas, um pouco de tempero e por último o azeite até molhar bem - leve ao
forno a 220 graus e deixe assar por 1 hora e 30 minutos mexendo sempre.
Sirva gelado de preferência de um dia para o outro.
Rendimento: 10 porções

Salada de natal
ingredientes
Folhas de meio pé de alface roxa
Folhas de meio maço de rúcula
1 xícara de uvas rubi, sem caroço, cortadas ao meio
12 tomates cereja
4 colheres (sopa) de passas claras
Molho:
6 colheres (sopa) de creme de leite
6 colheres (sopa) de água
1 colher (sopa) de vinagre balsâmico
1 colher (chá) de sal
Preparo
Em uma saladeira, disponha as folhas de alface e de rúcula e, por cima, a
uva, o tomate cereja e as passas - à parte, prepare o molho: em um recipiente pequeno ou molheira coloque o creme de leite, a água, o vinagre e o sal, e misture. Sirva a salada com o molho à parte.
Rendimento: 6 porções

Salada de alface, rúcula, ovos e pimentão
ingredientes
3 dentes de alho picados
5 colheres (sopa) de azeite de oliva
1 pé de alface crespa
1 maço pequeno de rúcula
12 ovos de codorna cozidos e sem casca
1 pimentão em conserva cortado em tiras finas
100 g de azeitonas pretas médias
Sal a gosto
Preparo
Frite levemente o alho no azeite de oliva. Retire do fogo, misture o sal e deixe amornar. Lave a alface e a rúcula e seque com toalha de papel. Disponha numa saladeira, distribua os ovos inteiros ou partidos ao meio, o pimentão e as azeitonas. Regue com o alho frito e o azeite.

Salada waldorf
ingredientes
1/2 alface americana picada
6 folhas de rúcula
6 folhas de alface roxa
5 nozes-pecã picadas
1 talo de salsão lavado e picado
1 maçã fuji descascada e cortada em cubinhos
3 nabos descascados e ralados em fitas
1/4 de forma de queijo-de-minas cortado em cubinhos
Molho:
2 colheres (café) de sal
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
1/2 colher (sopa) de sementes de gergelim
Suco de 1/2 limão-cravo
Folhas de hortelã
Folhinhas de salsa
Gotas de limão
Gotas de shoyu (opcional)
Preparo
Faça a higienização das verduras e arrume no fundo de uma saladeira.
Tempere com o limão e o azeite - reserve. Distribua as nozes, a maça, os
nabos e o queijo sobre as folhas verdes. Enfeite com a salsa. Salpique com o
gergelim, o limão e as folhas de hortelã. Acerte o sal e sirva.
Rendimento: 6 porções

Salada de escarola com tangerinas
Ingredientes
8 tangerinas descascadas e cortadas em rodelas
1 escarola lavada e cortada em tiras (reserve na geladeira)
1 cebola cortada em anéis finos
1 taça de vinho de xerez seco
12 azeitonas
4 colheres (sopa) de azeite de oliva
1 colher (sobremesa) de salsa picada
Sal e pimenta a gosto
Preparo
Coloque os anéis de cebola de molho em água durante 10 minutos. Escorra
bem e deixe-os macerando no xerez durante pelo menos 1 hora - em
seguida escorra-os novamente e coloque-os num recipiente junto com as
rodelas de tangerina, as azeitonas e três colheres de azeite. Tempere com
sal e pimenta a gosto e deixe repousar à temperatura ambiente durante 30
minutos - retire a escarola da geladeira e coloque numa saladeira. Por cima
da escarola coloque a mistura de tangerinas, cebolas e azeitonas, polvilhe
com a salsa e regue a salada com a colher restante de azeite.

Salada de folhas com vinagrete de laranja
Ingredientes
Um punhado de folhas de alface crespa escura (roxa)
Um punhado de alface americana
1 xícara de repolho roxo picado (não muito fininho)
1 carambola bem amarelina (que são mais doces, mesmo tendo o gosto
azedinho ao mesmo tempo)
Para o vinagrete de laranja:
1/4 de xícara de suco de laranja natural fresco
1/2 colher (chá) de sal
1/4 de colher (chá) de pimenta-do-reino moída na hora
1 colher (chá) de raspas de laranja
1 colher (chá) de mostarda dijon
1/2 xícara de azeite extra-virgem
Preparo
Disponha as verduras e a carambola numa saladeira e reserve. Prepare o
molho misturando os cinco primeiros ingredientes e depois vá
acrescentando o azeite até emulsionar com um fouet. Sirva em seguida.

Salada quente oriental
Ingredientes
100 g de brotos de soja
100 g de cogumelos
1 pimentão vermelho
1 pimentão amarelo
1 alho-poró
1 cebola
1 cenoura
1 copo de vinho do porto
1 xícara (café) de caldo de legumes
1 colher (sopa) de shoyu
1 colher (sopa) de vinagre balsâmico
1 colher (café) de alecrim
Pimenta a gosto
Preparo
Aqueça o caldo de legumes, junte a cebola, a cenoura e o alho-poró,
cortados à juliana. Deixe refogar durante 3 minutos, adicione os pimentões e
os cogumelos também cortados à juliana, os brotos de soja e deixe cozinhar
por mais 5 minutos com a panela tampada - tempere com o shoyu, o vinagre
e o vinho, misture tudo cuidadosamente e cozinhe por mais 5 minutos.
Quando os legumes estiverem cozidos, polvilhe com o alecrim, tempere com
pimenta moída e sirva em seguida.
Rendimento: 4 porções

Panzanella
Ingredientes
8 fatias grossas de pão italiano
10 tomates
1/2 pepino
1/2 cebola roxa
1/2 xícara de azeitonas pretas sem caroço
2 colheres (sopa) de manjericão fresco
Raspas da casca de 1 limão
55 ml de azeite de oliva extra-virgem
2 colheres (chá) de aceto balsâmico
Sal e pimenta a gosto
Preparo
Corte o pão em cubos pequenos, coloque-os em uma travessa rasa e
adicione água para umedecer o pão - deixe descansar por 30 minutos.
Esprema o excesso de água e esmigalhe o pão em uma tigela grande. Pique
os tomates, o pepino, a cebola e as azeitonas e acrescente ao pão,
juntamente com o manjericão e as raspas - mexa bem. Misture o azeite e o
vinagre e regue a salada. Mexa bem, cubra e refrigere por 30 minutos, no
mínimo.

Salada italiana
Ingredientes
1/2 maço de rúcula
1 cebola média
2 tomates médios
1 colher (chá) de sal
1 laranja-pera
6 azeitonas pretas médias
Molho:
5 colheres (sopa) de azeite de oliva
2 colheres (sopa) de água
1/2 colher (chá) de açúcar
1/2 colher (chá) de sal
1/2 colher (sopa) de mostarda
1/2 colher (chá) de ervas finas
Preparo
Faça a higienização das folhas de rúcula - enquanto isso, descasque a
laranja retirando toda a parte branca de forma que fique só a polpa - corte em rodelas e reserve. Corte a cebola também em rodelas, desprenda os anéis
cortados, coloque em um prato fundo com 1 colher (chá) de sal, misture bem
e deixe descansar por 15 minutos. Em seguida lave a cebola para retirar o
excesso de sal e reserve. Corte os tomates em rodelas e reserve.
Molho:
Em uma tigela coloque o azeite de oliva, a água, a mostarda, o açúcar, as
ervas finas e o sal. Misture bem com um garfo para formar um molho
homogêneo.
Montagem:
Forre uma saladeira com as folhas de rúcula. Faça camadas com as rodelas
de tomate, as de laranja e as de cebola e por último, coloque as azeitonas
pretas. Despeje o molho sobre a salada e sirva imediatamente.

Salada de lentilhas e tomates cereja
Ingredientes
400 g de lentilhas
12 tomates cereja
1 buquê de manjericão
1 cebola pequena
6 colheres de sopa de azeite de oliva extra virgem
Sal e pimenta do reino preta a gosto
Preparo
Cozinhe a lentilha em bastante água com sal por 20 a 25 minutos e escorra.
Prepare uma mistura com 4 colheres de azeite, uma pitada de sal e uma
de pimenta - limpe, lave e enxugue o manjericão. Pique algumas folhas com
a mão e reserve as demais.
Limpe e lave os tomates e corte-os ao meio no sentido do comprimento.
Transfira-os para a saladeira e tempere com a emulsão preparada e
algumas folhas de manjericão picadas.
Descasque a cebola, corte-a em rodelas finas e refogue-as na frigideira
antiaderente com 2 colheres (sopa) de azeite. Acrescente as lentilhas,
tempere com sal e pimenta e, mexendo bem para pegar sabor, cozinhe em
fogo baixo por 3 a 4 minutos.
Coloque as lentilhas na saladeira, juntamente com os tomates, acrescente
as folhas de manjericão inteiras e misture delicadamente. Distribua a salada
em pratos e sirva.
Rendimento: serve 4 pessoas

Salada grega
ingredientes
2 tomates cortados em quatro
1 pepino japonês sem semente em fatias
2 colheres. (sopa) de pimentão verde cortado em cubos
2 colheres. (sopa) de cebola roxa cortada em cubos
6 azeitonas sem caroço picada
2 colheres. (sopa) de queijo cottage
2 colheres. (café) de hortelã
2 colheres. (café) salsa
2 colheres. (café) de vinagre de vinho tinto
2 colheres. (café) de molho de pimenta vermelha
2 colheres. (chá) de azeite
Sal a gosto
Preparo
Em uma vasilha, junte os temperos - emulsione com um batedor de arame e
regue a salada - monte a salada: cottage no centro, tomates ao redor, pepino
num círculo mais externo - sobre os tomates coloque o pimentão e a cebola.
Ao redor do cottage, ponha as azeitonas. Regue o molho no centro do
cottage.
Rendimento: 4 porções

Créditos: news.med.br

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Bacalhau de Natal

Bacalhau com batatas
Ingredientes
1 Kg de Bacalhau do Porto
1 litro de leite
1 Pimentão verde
1 Pimentão amarelo
1 Pimentão vermelho
4 Tomates
3 Cebolas
10 batatas
1 vidro de palmito
Azeite extra virgem a gosto
2 colheres de sopa de vinho branco
Azeitonas pretas portuguesas a gosto
Orégano a gosto
Folhas de manjericão frescas a gosto
Receita para 4 pessoas
Preparo
Retire o couro das postas ainda secas e dessalgue o bacalhau - em seguida coloque-as num pirex com água e deixe na geladeira por 24 horas. Nesse período troque de água pelo menos três a quatro vezes. Cozinhe o bacalhau no leite em fogo médio por 10 minutos – escorra bem. Depois, cozinhe as batatas no mesmo leite por 8 minutos (não deixe ficar mole).
Unte um pirex grande com azeite. Coloque as postas do bacalhau e em seguida as batatas, o palmito, os pimentões, os tomates e as cebolas cortadas em rodelas. Depois regue generosamente com o azeite extra virgem e o vinho branco - adicione as azeitonas e salpique um pouco de orégano e as folhas de manjericão. Leve ao forno por 30 minutos.

Bambamel Natural

Bolinho de bacalhau
O bolinho de bacalhau do Mercado Municipal de São Paulo, o Mercadão, é um dos mais conhecidos da cidade. Se você já teve a chance de experimentar e quer comer de novo, ou nunca experimentou e tem vontade, a hora é essa.

Ingredientes 
1 kg de bacalhau
Água, o suficiente para deixar de molho
Azeite de oliva, o suficiente
300 g de batata cozida e amassada
Quatro colheres (sopa) de amido de milho
Dez dentes de alho amassados
50 ml de azeite de oliva extravirgem
2 colheres (sopa) de salsinha picada
Óleo quente, o suficiente
Um ovo
Preparo
Para dessalgar o bacalhau, coloque-o de molho na água. Troque-a de três em três horas, por seis vezes. Em seguida, cozinhe o bacalhau e desfie-o. Deixe esfriar. Regue o bacalhau com o azeite de oliva e deixe descansar por 12 horas. Acrescente a batata e misture bem. Em seguida, acrescente, nesta ordem e sem parar de mexer, o amido, o ovo, o alho, o azeite e a salsinha, e misture até que fique homogêneo. Unte as mãos com um pouco de azeite e modele os bolinhos. Frite-os no óleo quente.

Rendimento: 20 unidades
Tempo de preparo: 40 minutos (+ 30 horas para dessalgar o bacalhau, cozinhá-lo e deixá-lo descansar no azeite)
Grau de dificuldade: moderado
Créditos: entretenimento.r7.com 
Imagem: Reprodução

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Jesus - A Estrela na senda dos iniciados espirituais

Você me pede que eu lhe fale algo sobre Jesus. E lhe digo que, para os iniciados espirituais, Ele é como uma Estrela.
E a sua Luz brilha no céu escuro da noite das ilusões dos homens.


Abrir o coração para Ele significa abdicar de qualquer intenção negativa...
E não importa o que o passado de alguém mostre; o Amor a tudo regenera.


Para os que jornadeiam pelas coisas do espírito, Jesus é um farol na senda.

E os iniciados o conhecem no silêncio da meditação e nos pensamentos generosos.
E eles voam com Ele, nas asas da prece e nas lides da assistência espiritual.
Eles conhecem o Seu abraço amoroso, secreto, de coração a coração.
Ele é a Estrela que paira sobre suas cabeças e a inspiração de suas obras.
Nos momentos de provação, os iniciados pensam n'Ele, com confiança, e oram...


Então, o Amor faz morada em seus centros vitais, tornando-os fortes e lúcidos.
E, mesmo nos lugares escuros e frios, a Chama do Espírito os aquece plenamente.
A Flama Espiritual é sua companheira secreta - está dentro do coração deles. 
Meu irmão de bons propósitos, Jesus é maior do que aquilo que os homens sabem.
Ele é o raiar da aurora no horizonte escuro dos que sofrem - é o Médico Estelar.
Os iniciados não o reverenciam como ícone religioso, mas, como o Amigo de todos.


Eles O respiram... E ganham novas forças na senda - e prosseguem firmes.
Eles O amam... E suas mãos irradiam estrelinhas de cura - e eles se alegram.
Eles O tocam... E são tocados por Ele, em Espírito e Verdade - no coração.
Eles O conhecem... E são conhecidos por Ele - porque são da Luz.
Portanto, pense n'Ele como uma Estrela de Amor - a Luz portentosa.
Para que a sua senda seja sempre iluminada e protegida por Ele.
Meu irmão na Luz, que os seus passos sempre sejam generosos e coerentes.


Autor: Wagner Borges é pesquisador, 
conferencista e instrutor de cursos de Projeciologia
e autor dos livros Viagem Espiritual 1, 2 e 3 entre outros.

Créditos: somostodosum.ig.com.br 
Imagem: Reprodução

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Tenha uma ceia de Natal mais saudável

Para muitos, o Natal representa uma exceção à regra no âmbito das dietas alimentares. Mas nem todas as pessoas convivem bem com a ideia de comer em excesso. Há que saber encontrar um ponto de equilíbrio. Um Natal com mais sabor e menos calorias só depende de si.

Entradas: preparar o apetite
Começando a refeição com a entrada certa, irá acalmar o apetite, preenchendo o estômago de forma inofensiva e deixando menos espaço para as sobremesas. 

Comece por saborear uma sopa de legumes. A sopa é sempre uma boa alternativa, já que é um alimento rico em água e em fibras que promovem uma boa digestão dos nutrientes. Simultaneamente, proporciona uma sensação de saciedade, acalmando o apetite. Evite os purês de feijão ou de grão, preferindo caldos de legumes.
Bebidas: beber com moderação
As bebidas alcoólicas acrescentam muitas calorias a uma refeição. Por isso, nada de abusos. Em plena época de festa, tem todo o direito de beber um ou dois copos de vinho. Mas evite os excessos e procure saborear bem cada momento. E se tiver sede, beba água mineral.

Bacalhau: o rei da festa
O bacalhau é um alimento saudável, rico em proteínas e pobre em gordura. Só se lhe juntar natas ou maionese é que irá consumir calorias em excesso. Evite o bacalhau demasiado salgado e prefira bacalhau cozido. Utilize sempre azeite, rico em ácidos gordos monoinsaturados, benéficos para a saúde cardiovascular. 

Prefira azeite nacional virgem extra, com acidez inferior a 1%. Servindo o bacalhau com vegetais cozidos, poderá ingerir fibras, clorofila e vitaminas do complexo B e C. Ricas em fibra e praticamente isentas de calorias, as couves permitem uma maior sensação de saciedade, atrasando a absorção de açúcares.

Sobremesas: fruta, nunca é demais
No Natal, a fruta é muito utilizada para decorar a mesa. Aproveite o fato da fruta estar à mão e dê preferência às frutas frescas da estação ou mesmo a frutas exóticas. Assim, poderá relegar as sobremesas mais calóricas para segundo plano ou mesmo para fora das refeições.

E se não consegue resistir aos doces, opte por apenas um ou dois doces de colher. Sirva-se de pequenas quantidades e seja a pessoa que se alimenta mais devagar. Deste modo, irá até saborear o seu doce melhor do que todos os outros.

Fritos: saboreie o lado mais saudável
O Natal não seria o Natal sem sonhos, filhoses ou rabanadas. Mas, frequentemente, as receitas abusam da quantidade de gordura, açúcar e ovos. Em nome de um Natal mais saudável, siga estas dicas: para as frituras, use óleo de amendoim de origem vegetal, pois aguenta muito bem as altas temperaturas. Sempre que possível, substitua o grão e batata doce pela abóbora. 

Reduza para metade a quantidade de açúcar sugerida nas receitas, substituindo a metade restante por adoçantes, como por exemplo a frutose. Este adoçante é 100% natural, possuindo cerca do dobro do poder adoçante do açúcar. Deste modo, metade da quantidade bastará para tornar a receita doce ao paladar. Em vez de polvilhar sobremesas com açúcar, utilize geleia de milho para conferir brilho. Substitua farinhas refinadas por produtos integrais. Evite o leite gordo e dê preferência ao leite desnatado ou ao "leite" de soja.

Frutos secos: calóricos mas nutritivos
Mais de 50% de composição dos frutos secos é gordura. Mas trata-se da chamada "gordura boa", ou seja, óleos vegetais monoinsaturados que favorecem a redução do colesterol e ajudam a combater as doenças de coração. Mas não deixam de ser alimentos muito calóricos (cerca de 600 calorias/100 gramas), pelo que se devem consumir com moderação.

Frutas cristalizadas: um alimento a evitar
As frutas cristalizadas são bastante calóricas. Sempre que possível, prefira fruta fresca cujo valor calórico é bastante reduzido, sendo uma boa fonte de fibras, vitaminas e minerais.
Para finalizar, tenha sempre em conta que as papilas gustativas encontram-se na boca e não no estômago. Por isso, procure desfrutar ao máximo das subtilezas do paladar e concentre-se na textura e no aroma dos alimentos. Além de evitar a ingestão rápida e automática de calorias, irá desfrutar mais intensamente destes doces momentos de prazer.

Créditos: Rituais de vida saudável
Imagem: Reprodução

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Delícias natalinas: rabanada assada, maionese doce

Quem não conhece a famosa rabanada, muito comum na época de Natal? São aquelas fatias de pão dormido, banhadas no leite e ovos, fritas e envolvidas em açúcar com canela.


Como surgiu esse prato? É de origem europeia (nasceu em Portugal) e o Brasil de lá herdou esta delícia!

Os portugueses chamam as rabanadas de “fatia dourada”, “fatia-de-parida” ou  de “fatia de mulher parida”. Pois reza a lenda que mulher pobre, sem ter quase nada para comer, precisava amamentar seu filho recém-nascido. O único alimento que ela conseguiu foram restos de pão dormido molhados com leite adocicado.


A história conta que a moça teve tanto leite que amamentou seu menino e ainda sobrou pra outros bebês famintos! Assim, a rabanada acabou virando símbolo de prosperidade e fartura, sendo servida nas festas de fim de ano.

Quem se contenta com uma fatia? Que tal deixar a receita mais saudável, substituindo alguns ingredientes?


Ingredientes:
6 pãezinhos amanhecidos

1 xícara de açúcar orgânico

1 litro de leite desnatado

3 ovos

1 colher de chá de canela em pó para polvilhar

1 colher de óleo de girassol

Um punhado de frutas: morangos, framboesas, cerejas e lichias.

Preparo:

Unte uma assadeira com o óleo, corte o pão em fatias de mais ou menos 2 cm e arrume na assadeira. Esquente o leite com o açúcar, bata os ovos e adicione ao leite morno.

Jogue o preparo sobre as rabanadas e leve para assar em forno quente até dourar.

Após esfriarem, decore com as frutas.


Bambamel Natural
   
Maionese doce
Ingredientes
1 lata de pêssegos em calda light, picados em cubos pequenos.

1 abacaxi natural em cubos pequenos.

2 maçãs em cubos pequenos

50 g de passa pretas

50 g de passas brancas

250 g de frutas cristalizadas

50 g de nozes, avelãs e amêndoas

250 g de maionese light 
2 xícaras (chá) de creme de leite light

Preparo
Misture as nozes, avelãs, amêndoas picadas, passas, frutas cristalizadas, abacaxi, pêssego sem a calda e a maçã. Por último, a maionese e o creme de leite. Misture tudo e sirva.

Rendimento: 15 porções Calorias: 200 kcal (100 gramas)


Créditos: revistavidanatural
Imagem: Reprodução

Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...