segunda-feira, 31 de março de 2014

Dicas para enriquecer a sua alimentação

Abóbora - As folhas têm quatro vezes mais cálcio que o leite. Vão bem no refogado e na sopa. Os brotos, a flor, a casca e as sementes também podem ser aproveitados.

Alho de folha (nhirá) - Usada como cebolinha, em omelete, farofa, sopas e em tempero, como alho.

Amora de árvore – Reduz as agruras da menopausa, como o fogacho (calorão). Desidratar as folhas adultas e usar uma colher de café duas vezes ao dia ou como chá. Os efeitos aparecem em duas semanas. Com as folhas adultas pode-se fazer charuto recheados, as novas podemos refogar.

Assa-peixe - Fazer “peixe” com as folhas à milanesa.
Batata-doce - Uso da batata e das folhas no feijão, farofa e sopa.
Beldroega - Usada como a couve.
Bertalha - Uso em saladas, refogado, molho branco, farofa.
Capeba, Marianica, Língua-de-vaca, Picão-branco, Urtiga e Cansanção - Usar em sopas, farofas, feijão e refogado.

Caruru ou cará-do-reino - Uso em saladas, sucos, refogado, molho “branco” e farofa.
Chaguinha - Uso da flor, folha e sementes.

Chuchu - Uso das folhas, brotos e frutos.
Dente-de-leão - Saladas, refogados.
Feijão guandu (feijão de árvore) - Pode ser usado seco ou verde, substituindo a ervilha. É preciso aferventar e jogar fora a água, porque é amarga.

Espinafre africano - Usar as folhas refogadas ou no feijão e na sopa.
Girassol - Usar as sementes ou fazer brotos.
Hortelã, Capim Santo, Melissa - Em chá ou sucos.
Mandioca - Uso das folhas em forma de pó, 1 colher (chá) por pessoa/dia. Contém 7 vezes mais ferro que a carne e 180 vezes mais Vitamina A que o leite.

Manjericão, Coentro, Salsa e Alecrim - Use como tempero e na salada.
Palma - Usar as folhas novas ou mais velhas, sem as películas, como suco, refogadas ou assadas.
Quiabo - Uso do fruto e das folhas, como a couve.
Serralha, Caruru, Cariru (bredo, majagomes) e Serralhinha - Refogar como couve.

Taioba - Folhas, uso semelhante à couve em feijão,farofas, sopa, arroz (sempre bem cozidas). O talo pode ser refogado ou desidratado para conservar. Se for picado
em rodelinhas, não precisa tirar a fibra que o reveste.

Para secar, retirar a fibra. Depois de desidratado, é bom conservar em vidros ou em sacos de papel para não embolorar. Para usar, é só colocar na água para hidratar.
“Pega” o sabor do frango, carne e peixe. O tubérculo é usado como batata (sopa, cozido...)

Uva - Uso das folhas novas (charuto, refogado, sopa).
Vinagreira - Uso das folhas em peixadas, cuxá, arroz, farofa e suco. Com as corolas secas faz-se o chá e com as frescas, o vinagre e o picles. Cozinhar os cálices frescos com açúcar, liquidificar, peneirar e voltar ao fogo para confeccionar a geleia ou suco.

Créditos: Livreto “Hortas Perenes” (alimentos sustentáveis)

sexta-feira, 28 de março de 2014

Soluções caseiras para acabar com as traças


Traças, são insetos que se alimentam de matéria orgânica vegetal, e substâncias ricas em proteínas, açúcar ou amido. Em residências, atacam cereais, farinhas de trigo (úmidas), papéis que contenham cola (papel de parede, livros encadernados em brochura), e alguns tecidos. Raramente atacam roupas de lã e outros produtos de origem animal. Possuem hábitos principalmente noturnos, vivendo em ambientes úmidos e escuros. Escondem-se em frestas de móveis, armários, rodapés e caixas.

Traça de roupa – Como evitar 
Mantenha o ambiente o mais limpo possível – livre de umidade e sujeira.
Não guarde junto das suas roupas livros e papeis.
Mantenha a despensa de alimentos limpa e arejada e os alimentos bem fechados.

Preparado de cravo, álcool e água para acabar com as traças

Ingredientes:
Ferva por 5 minutos 01 xícara de água com 20 cravos da índia. Desligue, retire os cravos e acrescente 1 xícara de álcool e coloque em um borrifador.
Borrife nos locais onde tem traça – paredes, dentro dos armários, gavetas.
Na falta do cravo, você pode limpar os armários e as prateleiras das despensas com vinagre de álcool branco.

Como afastar - Prevenir 
Faça trouxinhas, saquinho ou espalhe pelas gavetas e armários – Troque a cada 3 meses.
Cravo da índia: um punhado pequeno com 10 unidades por gaveta.
Não fica com cheiro de cravo nas roupas.

Folhas de louro novas (não muito secas): coloque 3 folhas em cada gaveta.

Capim Cidreira Capim da LapaCapim CheirosoCapim Limão
Faça trouxinha amarrando 3 ramas do capim.

Pedras de Cânfora: use uma pedra em cada gaveta.


quarta-feira, 26 de março de 2014

Cubinhos de clorofila – Fonte de vitaminas

Receita de cubinhos de clorofila:
Passe todos os ingredientes pela centrífuga: folhas de couve, broto de trigo ou agrião, salsinha, hortelã, folhas de beterraba, folhas de couve flor, folhas de brócolis, manjericão. 

Despeje a mistura em forminhas de gelo e congele. Os cubinhos podem ser utilizados na hora de preparar um suco ou mesmo colocados na água que vai ser tomada durante o dia. É só deixar derreter. No preparo do suco, você pode optar por: frutas, raízes, sementes, gengibre, limão, legumes, água de coco, caldo de cana.

A clorofila é o pigmento verde das plantas, substâncias existentes nas células vegetais e é muito importante para a saúde, pois sua ação é desintoxicante e antibacteriana. Seu sabor pode ser muito agradável, dependendo do modo de preparo. A olhos vistos serão observadas as mudanças nos cabelos, nos olhos, nas unhas e na pele. 

A pele ganhará brilho e vivacidade, os músculos se tonificarão naturalmente pela geração de energia, o peito se abrirá produzindo relaxamento nos membros e o corpo ficará disponível ao movimento, além do intestino funcionar melhor. 

O suco de clorofila ou suco verde deve ser preparado a partir de vegetais frescos e orgânicos, por exemplo: couve, brócolis, chicória, salsa, coentro, folhas de beterraba, folhas de nabos, e muito mais.

E, por último o suco de clorofila ou suco verde deverá ser tomado pela manhã em jejum. Quem comeria um prato de salada pela manhã em jejum? Um suco de clorofila delicioso ficará muito mais fácil de ser ingerido como primeira refeição do dia.

Dicas
A utilização integral dos componentes das frutas pode garantir o acesso a minerais, vitaminas e fibras, vitais para o bom funcionamento do organismo. 

São boas fontes de fibras alimentares, principalmente se não forem coados ou peneirados. 

Para variar um pouco, prepare sucos naturais que misturam frutas com legumes ou verduras, que ajudam a aumentar as defesas orgânicas. Uma dica é ingerir sucos 30 minutos antes das refeições, pois essa prática ajuda na absorção dos nutrientes. Aliás, é importante que os sucos naturais sejam consumidos neste período para não perderem suas propriedades nutritivas.

Utilize pouca água no preparo para evitar grande diluição dos nutrientes. Outra dica importante é não guardar sobras de sucos na geladeira. O ideal é tomá-lo sem adoçar. Reduzir a ingestão de açúcar também ajuda para uma melhor apreciação do sabor dos alimentos "in natura". 

Mas, se preferir use frutas secas (meia colher de sobremesa), como uva passa ou ameixa preta picada. Benefícios dos sucos são numerosos, principalmente por que a absorção dos nutrientes é mais rápida e intensa.

Créditos: Unidade Funcional Serviço de Nutrição e Dietética – Bambamel Natural – Bolsa de Mulher

segunda-feira, 24 de março de 2014

Preparado caseiro com mel para unhas e lábios

Óleo fortificante para as unhas
Misturar bem 1 colher de chá de óleo de gérmen de trigo, 1 colher de chá de mel, 1 gema de ovo, 2 colheres de chá de óleo de rícino e 2 de sal marinho. 

Aplicar à noite nas unhas enfraquecidas e quebradiças, sem vitalidade ou com micoses. Repetir todas as noites até obter os resultados desejados.

Protetor dos lábios
Derreter em banho-maria 1 colher (sopa) de cera de abelhas ralada com 3 de óleo de amêndoas doces, 1 colher de chá de mel e 3 gotas de água de lavanda. 

Sem deixar de mexer, amornar e colocar a mistura em recipiente bem tampado. Deixar esfriar e colocar na geladeira. Aplicar nos lábios, como protetor solar, contra rachaduras, lábios secos.



Créditos: Dr. Marcio Bontempo – Livro “Mel – Uma vida doce e saudável”

sexta-feira, 21 de março de 2014

Somos como as flores!


Pode parecer quase inútil falar de paz quando tudo que vemos à nossa volta está em contínuo estado de "falta de paz". Mas considere as flores. Elas também vivem neste ambiente sem paz. 

Elas também têm que suportar a poluição e o declínio do mundo da natureza. No entanto, seja onde estiverem, à beira da estrada congestionada, no deserto, em meio aos espinhos, elas são eternamente belas e perfumadas. 

Nós também somos como flores. Somos as flores do jardim de Deus. Nesse jardim universal da correria diária também somos ameaçados pela poluição e circunstâncias desagradáveis. Mas sendo flores, é possível viver em nosso estado natural de paz e espalhar nossa fragrância ao redor.

Brahma Kumaris
Créditos: Recebido por e-mail (Monika)

quarta-feira, 19 de março de 2014

Dicas naturais para pele e cabelos - Jardim da beleza

Babosa ( Aloe vera ) – É rica em vitamina E, é ótima para hidratar o rosto, corpo e cabelo. A babosa pode ser cultivada em vasos. Não gosta de muita água. Deve ser regada duas vezes por semana. Utiliza-se o gel contido dentro da folha, que pode ser armazenado.

Receita:
Tire uma folha inteira de babosa, lave com 2 gotas de detergente. Retire os espinhos laterais com uma faca. Use a camada amarelada do gel.
Corte o gel em cubinhos e enrole no papel filme. Use 1 cubinho para hidratação facial à noite e dia (passe protetor solar) e guarde o resto no congelador.

Camomila – Descansa os olhos, clareia olheiras e diminui irritações e alergias da pele. A planta deve ser irrigada quatro vezes por semana. Na pele, age como calmante e refrescante. Também contém apigenina, um composto amarelo que realça e dá brilho aos cabelos loiros.
Receita:
Pegue 3 galhos de camomila e coloque em 1 saquinho de pano. Adicione 250 ml de água. Deixe o saquinho de molho na água por 2 horas na geladeira.
Faça compressas várias vezes ao dia. Não precisa enxaguar.

Lavanda – Relaxante, é um poderoso calmante para o corpo e a mente. Você pode retirar alguns galhos da sua lavanda, misturar na água, deixar agir por 30 minutos. Depois aplicar no corpo após o banho, não enxágue. A planta deve ser irrigada quatro vezes por semana.

Alface – Não serve apenas para comer, mas também para acalmar a pele. As mudas precisam de irrigação cinco vezes por semana.
Receita:
Junte 3 folhas de alface, faça um chá com 300 ml de água. Aplique ainda morno no rosto, com ajuda de gaze ou algodão. Deixe agir por 20 minutos e passe seu creme hidratante.

Hortelã – Além de fazer muito bem para a digestão, é usada na cosmética pra refrescar, limpar e melhorar a elasticidade da pele. A plantinha também precisa de rega frequente: cinco vezes por semana.
Receita:
Junte duas colheres de folhas frescas picadas de hortelã. Ferva um copo de água e adicione a hortelã. Deixe descansar por 30 minutos. Aplique no rosto. Não precisa enxaguar.

Malva – Poderoso emoliente. Além de cuidar da beleza, ela também é medicina, agindo como um antisséptico. Pode ser usada para fazer gargarejo para acalmar irritações da boca e amígdalas. Irrigue a malva cinco vezes por semana.

Receita de tônico facial:
Junte duas colheres de folhas frescas picadas (malva). Ferva um copo de água e adicione a malva. Deixe descansar por 30 minutos. Aplique no rosto, não enxágue.

Para os cabelos - podem ser lavados três vezes por semana com chá de: 
Alecrim e sálvia (cabelos escuros)
Camomila ou calêndula (cabelos sensíveis ou mistos)
Bardana (cabelo claro e oleoso)
Arnica (cabelo oleoso)
Hortelã (refresca e limpa)
Hamamelis e cavalinha (cabelos mistos e oleosos).
As plantas realçam a cor dos cabelos. Se quiser manter as luzes, use
camomila ou bardana. Mas se quiser escurecer os fios, use alecrim ou sálvia.



Revista florescer – outubro 2013 – Almeida Flores - Bambamel Natural

segunda-feira, 17 de março de 2014

Goji Berry - Superalimento


Possui uma grande quantidade de nutrientes antioxidantes. Nela encontramos 18 aminoácidos, elevadas concentrações de vitamina A (beta-caroteno), B1, B2, B6 e vitamina E. É a fruta com maior quantidade de vitamina C (tem muito mais do que a laranja, por exemplo), ricas em ferro, polissacarídeos e fitoquímicos, sendo os destaques a luteína e zeaxantina.

A goji Berry é rica em polissacarídeos, que impedem a absorção de patógenos intestinais (imunidade). Possui vitaminas do complexo B que auxiliam na constituição de células protetoras (imunidade). Tem arginina e glutamina, que auxiliam na liberação do hormônio do crescimento (interessante para quem quer ganhar massa magra). Potente estimulante, auxilia no aumento no nível de energia e na capacidade de concentração.

Pela ação estimulante, também pode ajudar na redução da fadiga e do estresse. Sua ação antioxidante promete benefícios na prevenção de doenças cardiovasculares e diabetes. Rica em fitoquímicos (carotenoide, zeaxantina, luteína e antocianina) que atuam como substâncias anticancerígenas.

Os carotenoides são substâncias que previnem o envelhecimento da pele.
A zeaxantina e a luteína são substâncias que atuam na proteção dos olhos.

Por conter triptofano, um precursor de serotonina, seu consumo está associado ao bom-humor, alegria e satisfação.
Pela presença de beta-sisterol, que tem ação anti-inflamatória, ajuda a equilibrar os níveis de colesterol.

A fruta ajuda a emagrecer?
Até o momento não foram realizados estudos que comprovem um efeito emagrecedor da goji berry. Ela tem potente ação estimulante, pode auxiliar no estímulo à prática de atividades físicas e, consequentemente, causar emagrecimento.

Existe alguma contraindicação?
Alguns estudos nos Estados Unidos apontaram que o consumo excessivo de chás com goji berry tem ação inibitória da warfarina (medicação utilizada para evitar trombose). Seu consumo não é recomendado para quem faz uso dessa medicação.

Supõe-se que alguma substância da fruta interaja com o P450 – local no fígado onde muitos medicamentos são metabolizados. Seu consumo não é indicado para quem faz uso de medicações importantes para o controle glicêmico e de pressão, por exemplo. Recomenda-se o consumo distante do uso das medicações diárias.

Receita de Mousse de goji berry
Ingredientes
½ xícara de chá de goji berry desidratada
1 pote de iogurte natural desnatado
1 caixinha de creme de leite light
1 envelope de gelatina sem sabor
½ xícara de chá de leite desnatado
5 colheres de sopa de adoçante em pó para forno e fogão
Modo de preparo: coloque a goji berry de molho em água morna por 30 minutos. Dissolva a gelatina em 300 ml de água morna, e misture a goji berry hidratado e 3 colheres do adoçante. Reserve.
Bata os demais ingredientes na batedeira até atingir uma mistura homogênea.
Distribua as duas misturas em camadas, em taças, deixe na geladeira por 2 horas. Sirva gelado.

Créditos: Clicrbs

sexta-feira, 14 de março de 2014

Os códigos da inteligência

São códigos capazes de estimular as pessoas a libertar sua criatividade, expandir a arte de pensar, desenvolver saúde psíquica e excelência profissional. 

Pessoas que decifram plenamente alguns destes códigos saem do rol dos comuns e se destacam na vida social, profissional ou acadêmica. Cury chama códigos às funções da inteligência porque diz que não basta admirá-los nem entendê-los logicamente. É preciso decifrá-los intimamente, desvendar os seus segredos, ter disciplina e treinar para os assimilar.


Código do Eu como gestor do intelecto:
Devemos sempre exercer a arte da dúvida, da crítica e da determinação, deixando a condição de espectador passivo frente à vida e tornando-se autor da sua própria história. Para isso, temos que aprender a filtrar os estímulos estressantes, reeditar as janelas killer de nossa mente, construir janelas light paralelas e fazer constantemente a mesa-redonda do eu. 

Código da Autocrítica:
É a postura madura de quem analisa seu papel como ser humano, educador, profissional, amigo. Para isso, precisamos pensar nas consequências dos comportamentos. A memória não obedece a nossa vontade. Tudo que vivemos é registrado e tudo que falamos é arquivado. 

Por isso pense antes de agir! Pense antes de reagir e pense nos resultados dos nossos atos. Pensar antes de reagir é fundamental, pois nos segundos que se seguem a um foco de tensão somos controlados por zonas de conflito que bloqueiam milhares de janelas light, impedindo o acesso a informações que nos forneceriam serenidade, coerência intelectual e raciocínio crítico. 

Código da Psicoadaptação ou da Resiliência:
É a capacidade de sobreviver às intempéries da existência. Aplausos e vaias, risos e lagrimas fazem parte do teatro da vida. O grau de resiliência de um ser humano depende da capacidade de superar e de se adaptar perante as adversidades que surgem no caminho na sua vida. É preciso estar ciente de que a vida é cíclica e que todas as escolhas têm suas perdas.

Código do Altruísmo:
Altruísmo é a capacidade de se colocar no lugar dos outros. O altruísmo é o contrário do egoísmo e do individualismo. Com estes expressamos a nossa natureza animalesca ou instintiva, e seremos agentes da exclusão e da agressividade. Com aquele expressaremos a grandeza da alma, e seremos agentes da bondade, compaixão, generosidade e desprendimento.

Seremos solidários com quem falha e estimularemos o outro incluindo-o. Os altruístas não são ingênuos. Doam-se aos outros porque aprenderam a reconhecer e a agradecer aos que se doaram por eles. O altruísmo ensina-se por exemplo. No ensino do altruísmo a eloquência do silêncio é mais eficaz do que as palavras.

Código do Debate de Idéias:
O debate de idéias é o alicerce do processo de formação de pensadores, o segredo que fundamenta intelectos livres, seguros e participativos. É preciso questionar as idéias transmitidas, aprender a expor e não impor suas idéias, dando direito para que os outros a confrontem. 

Código do Carisma:
É o código da capacidade de encantar, de envolver, de surpreender, de admirar os outros e de se admirar a si mesmo. É o código da afetividade, da amabilidade, da afabilidade e do romantismo existencial. Elogiar quem está próximo e agradecer as pessoas que contribuem com você com as coisas mais singelas, ter prazer em ajudar o próximo e aprender a valorizar o que se tem são algumas das ferramentas para se decifrar o Código do Carisma.

Código da Intuição Criativa:
É o código que liberta o imaginário, expande a inventividade, produz novos conhecimentos, refina o olhar multifocal perante os fenômenos físicos, psíquicos e sociais para poder analisar sob múltiplos ângulos. É o código que alicerça o processo de observação, dedução, indução e raciocínio esquemático. 

Ele nos dá subsídio para produzir soluções não vistas e saídas não enxergadas. Para decifrar este código não podemos ter medo de pensar diferente, devemos enxergar o caos como oportunidade criativa e evitar dar respostas fechadas, prontas. 

Código do Eu como Gestor da emoção:
É o código que nos posiciona como administradores dos sentimentos, gestores da insegurança, dos temores, medos, angústias, humor triste, ciúmes, agonia e aflições. É o código que dá um choque de lucidez nas emoções, recicla o seu controle de qualidade, propicia terreno para cultivamos a tranquilidade, o prazer, o júbilo, o deleite e o usufruto existencial.

“Administrar a emoção é mais difícil do que gerenciar uma empresa com
milhares de funcionários.”

Augusto Cury, autor do livro “O Código da Inteligência”

Créditos: Resumo - Alex Willian Buttchevitz – Universidade federal de Santa Catarina

quarta-feira, 12 de março de 2014

Tratamento caseiro para aftas

As aftas são causadas por alimentação inadequada com aumento da acidez estomacal ou perturbações da condição química da saliva. Devem ser evitados os condimentos, os alimentos ácidos e irritantes, enlatados e de origem animal. Utilize alimentos como frutas não ácidas, de sabor doce. 

Suco medicinal:
Bater no liquidificador 3 xícaras grandes de aipo (salsão) picado, com dois copos de suco de lima-da-pérsia espremida, 6 jabuticabas grandes (se não for época, usar 4 pêssegos médios sem o caroço ou 2 peras). Coar, adoçar com um pouco de mel e beber 1 copo (200ml) do suco, de manhã, outro à tarde e outro à noite, pelo menos uma hora antes ou depois das refeições. 

Outras recomendações:
• Mastigar 1 folha fresca de abacateiro.

• Suco das folhas frescas de saião (planta pequena, bianual, bem ramosa, de raízes fusiformes, grossas e de cor branca). Socar folhas da planta até formar sumo e aplicar nas aftas algumas vezes ao dia.

• Mel de abelhas (cristalizado) - Aplicar sobre as aftas.



• Cozinhar 4 colheres das de sopa de sementes de linhaça em ½ litro de água por 2 minutos. Coar, esfriar e tomar 1 xícara da água 3 a 4 vezes ao dia. Preparar mais se necessário.


Créditos: Mbecovitas

segunda-feira, 10 de março de 2014

Sabonetes medicinais naturais

Normalmente temos problemas na pele e cabelos devido ao uso de águas com cloro, detergentes, sabonetes e xampus que usamos. Veja como é fácil preparar estes sabonetes naturais, que hidratam e tratam a pele.

Sabonete de ervas diversas
Preparar um infuso (chá) bem forte da erva desejada;
Derreter em banho-maria sabonetes de glicerina cortado em pedacinhos;
Retirar do fogo e adicionar uma colher de sopa de mel, sempre mexendo;
Adicionar a infusão da erva desejada;
Quando tomar consistência, colocar nos moldes apropriados.

Sabonete de calêndula (Acne, ressecamento de pele / 3ª idade)
6 sabonetes de glicerina ralados (para fazer 9 sabonetes);
3 colheres (sopa) de mel puro + 2 colheres (sopa) de azeite de oliva;
10 gotas de própolis + 1 copo do chá de calêndula;

Coloque o sabonete de glicerina ralado em banho-maria. Acrescente um pouco do chá de calêndula e mexa devagar até derreter. Depois que a massa voltar a engrossar, ponha o resto do chá e continue mexendo até dar ponto. Quando aparecer o fundo da panela, apague o fogo e deixe esfriar, depois, coloque o mel, que serve de hidratante. 

Faça o mesmo com o azeite de oliva. Em seguida coloque as 10 gotas de própolis (conservante). Misture até a massa ficar uniforme. Coloque esta massa em forma untada com azeite. Deixar secar por 12 horas. Enrole em filme transparente e embale a gosto, de acordo com sua criatividade. Sua validade é de 2 meses.

Sabonete de babosa(Para fortalecer, nascer e crescer cabelos)
1 folha de babosa + 1 folha de confrei + 0,5 Kg de sabão glicerina;
2 colheres (sopa) de suco de limão + 150 ml de água limpa;
2 colheres (sopa) de óleo de amêndoa doce.

Passar no liquidificador a babosa e o confrei, com a água, em seguida colocar em banho-maria e acrescentar a glicerina, mais o limão e o óleo de amêndoa.
Quando estiver bem derretido, despejar numa forma, deixar endurecer e cortar se for o caso. Enrole em filme transparente e embale a gosto. 

Obs: Quando for usar, passar na cabeça e deixar que penetre suavemente, deixar de 15 a 20 minutos, em seguida lavá-la.



Créditos: Angelo Libério Robertina - Eng.Agrônomo – Emater-Pr

sexta-feira, 7 de março de 2014

Terapia natural que cura dor de cabeça

Existe um exercício muito fácil de fazer e que geralmente resolve o problema da dor de cabeça. O nariz tem um lado direito e um esquerdo; usamos ambos para inspirar e expirar. 

Na verdade eles são diferentes: o direito representa o sol, o esquerdo, a lua. Durante uma dor de cabeça, tente fechar a narina direita e usar a esquerda para respirar. 

Dentro de cerca de cinco minutos a dor de cabeça deve ir embora. Se você se sente cansado, faça ao contrário: feche a narina esquerda e respire pela direita. Num instante sentirá sua mente aliviada.

O lado direito pertence ao (sol-calor), por isso esquenta rapidamente, o esquerdo pertence à (lua-energia fria). A maior parte das mulheres respira com o lado esquerdo do nariz, então se resfriam rapidamente. 

A maioria dos homens respira pela narina direita e isso os influencia. Repare no momento em que acordamos: qual dos lados respira melhor, o direito ou o esquerdo? Se for o esquerdo você se sentirá cansado.

Então, feche a narina esquerda e use a direita para respirar. Você se sentirá aliviado rapidamente. Isso pode e deve ser ensinado às crianças, mas é mais efetivo quando praticado por adultos. Essa terapia alternativa natural, sem medicamentos, é algo em que também auxilia no equilíbrio energético do corpo, fortalecendo a saúde física.

Créditos: O livro - Cura pela Natureza - Solange Lutibergue

quarta-feira, 5 de março de 2014

Cremes caseiros que tratam gordura localizada, celulite e flacidez

Creme contra gordura localizada
Ingredientes
Hidratante corporal da sua escolha
1 vidro de óleo essencial de laranja-amarga


Modo de preparo: coloque três gotas do óleo no seu creme hidratante. Agite bem até que tudo se misture. Passe na região afetada todos os dias. A mistura é excelente, pois estimula a circulação e firma a massa muscular.

Gel contra celulite
Ingredientes
Folhas de algas marinhas
150 ml de água

Modo de preparo: mergulhe uma folha de alga marinha na água quente por duas horas. O líquido vai se transformar num gel. Então, bata o produto no liquidificador. Diariamente, antes de dormir, molhe as mãos no gel apenas uma vez e aplique na região afetada, fazendo movimentos circulares até a completa absorção. 

No dia seguinte, no banho da manhã, retire o produto. Atenção como se trata de um produto natural, o gel restante deve ser guardado na geladeira para melhor conservação.

2 cremes antiflacidez
Ingredientes
100 ml de gingko biloba
100 g de extrato de albumina em pó (extraído da clara do ovo e encontrado em lojas de produtos naturais)
1 colher (sopa) de pó de ginseng
3 colheres (sopa) de argila branca
100 g de creme hidratante da sua preferência
Água mineral (veja indicação de quantidades nos dois modos de preparo)

Modo de preparo: Creme 1 - Coloque os ingredientes numa vasilha e adicione água até formar uma pasta grossa. Aplique na pele e deixe secar por 30 minutos. Enxágue. Faça isso dia sim, dia não.
Creme 2 - Para este você só precisará da albumina, da água e do creme. Dissolva a albumina em água até ficar bem diluída e adicione-a em seu hidratante. Misture bem. Use todos os dias e guarde na geladeira.

Por que as mulheres têm flacidez?
Com o tempo, a pele tende a perder firmeza, principalmente em mulheres acima dos 30 anos. Nessa fase, o organismo diminui a produção de estrógeno, importante hormônio para a formação de colágeno, fibra que sustenta a pele. 

Fumaça de cigarro e muito sol também atacam a substância e contribuem para que a superfície fique ainda mais mole. Por isso, é comum sentir dificuldade em perder os “pneus” e gordura localizada por exemplo. Para combater o problema, risque carnes gordas e frituras de seu dia a dia, faça exercícios físicos.

Créditos: Folhas de Oliva – Produtos Naturais

segunda-feira, 3 de março de 2014

Três receitas detox para curar ressaca, fadiga e inchaço

Receita de Suco Anti-ressaca
Ingredientes:
1 copo (250ml)  de água de coco
2 fatias de abacaxi
4 folhas de hortelã
1 “moeda” de gengibre
3 pedras de gelo

Modo de fazer: bater tudo no liquidificador e tomar de imediato.
O abacaxi contém vitamina C, que melhora o sistema imunológico e deixa o corpo mais resistente. A hortelã alivia o mal-estar, pois tem função anestésica. A água de coco hidrata e ajuda na eliminação de resíduos. O gengibre é um potente anti-inflamatório que ameniza problemas estomacais como enjoo e náuseas.

Receita de Suco energético
Ingredientes:
1 banana-prata média
1 colher de sopa rasa de aveia
3 tâmaras sem caroço
300ml de água
3 pedras de gelo

Modo de fazer: bater todos os ingredientes e salpicar canela.
A banana contem sacarose, frutose e glicose, açúcares naturais que combinados com fibra (aveia) dá uma rápida e substancial elevação de energia. Tâmara é um alimento altamente energético e nutritivo, rico em fibra e contém uma fonte importante de minerais, especialmente potássio.

Receita de Suco Anti-inchaço
Ingredientes:
1 fatia de melancia (250g)
3 talos de salsão (talos e folhas)
3 pedras de gelo

Modo de fazer: bater no liquidificador e consumir em seguida. Não precisa coar.
A alta porcentagem de água presente na melancia, cerca de 90%, estimula os rins a trabalharem melhor e ajuda a prevenir e a combater a retenção de líquidos. O salsão é diurético e melhora o sistema imunológico.


Créditos: Receitas e imagens Bolsa de Mulher 

Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...