sexta-feira, 29 de junho de 2012

Mel: alimento e remédio. Como pregava Hipócrates, o pai da Medicina

A história do mel, desde quem o produz, até suas propriedades, é uma das mais instigantes e belas histórias da natureza. Provavelmente você já observou, num belo dia de verão, abelhas rodopiarem sobre as flores para recolher gotículas de néctar (substância açucarada que irá se transformar em mel). 

Mas como se dá esse processo? É simples: para preparar 100 gramas de mel, a abelha visita milhares de flores. Com a ajuda de sua língua, ela libera o néctar das flores e coloca-o, como reserva, em seu papo (conhecido como papo de mel), regressando então à colmeia  Muitas vezes as campeiras (ou carregadeiras) percorrem longas distâncias neste trajeto. Chegando à colmeia  elas passam o seu néctar às abelhas receptoras, que o guardam no seu papo de mel.

Mas o néctar sofre uma transformação muito completa, iniciada já no papo das campeiras: quando a abelha abre as suas maxilas superiores e faz sair ligeiramente a sua língua para a frente e a inclina para baixo, aparece sobre esta uma gota de néctar. Depois, ela torna a engoli-la e recolhe a sua trompa para o interior, repetindo este movimento de 120 a 240 vezes seguidas. Somente depois disto a abelha procura uma célula hexagonal (alvéolo) livre para depositar a gotícula de néctar, e só depois que outras abelhas fizerem essa mesma tarefa o néctar se transformará em mel.

Classificação do mel
Caracteriza-se pela cor, sabor e aroma que possui, e que depende da fonte de néctar, a origem botânica da planta ou flor visitada pelas abelhas. Daí o motivo, porque determinados tipos de mel tornam-se mais específicos na cura de certas doenças e outros tipos próprios para outras. Todo o mel é puro, o que varia são as floradas e regiões onde o mesmo foi coletado pelas abelhas, além da altitude, tipos de solo. 


Há mais de 15 tipos de mel, como por exemplo, o mel de Laranjeira (néctar retirado da flor da Laranjeira), que tem coloração clara, sabor suave. Excelente tônico digestivo, evita fermentações intestinais, e é bastante eficaz contra gripes, resfriados e prisão-de-ventre. Tranquilizante natural é também indicado para hipertensos. 

E o mel de Eucalipto tem sabor bem mais forte e coloração escura e é rico em sais minerais, alta concentração de ferro, cálcio e magnésio. Expectorante limpa os pulmões, dilata e desinfeta os brônquios. Combate os efeitos da poluição, é indicado para bronquite, inflamações da garganta, olhos, ouvidos e estômago. 

O mel Silvestre (para elaborá-lo, as abelhas visitam diversos tipos de flores), muito rico em ferro e em calorias, é calmante, bactericida, laxante e desintoxicante. Excelente fortificante para crianças, adultos e idosos. Auxilia no tratamento de doenças como o reumatismo, artrites, vias respiratórias e problemas de pele (uso local) e é excelente adoçante.

Como saber se o mel é realmente puro?  
Devido á variedade de flores que secretam o néctar, os vários tipos de mel possuem cor, sabor, aroma, paladar, consistência, densidade bem diferentes. O que torna difícil distinguir a pureza do produto somente por estes fatores. 

Ainda mais que atualmente alguns apicultores alimentam as abelhas com açúcar líquido e essências de flores. Mas há informações que podem ajudar nessa identificação: o mel puro não é transparente e cristalino como um litro comestível. Ele é opaco e embaçado, sendo que o sabor, a cor e o aroma de cada um, assim como suas propriedades terapêuticas, variam de acordo com o néctar colhido. 

O mel puro cristaliza-se com a variação da temperatura, uns mais, outros menos, dependendo do tipo da florada, porém a cristalização é uniforme e gradual, transformando-se em uma pasta macia e cremosa, endurecendo com o tempo sem deixar manchas brancas. Já o mel falsificado, ou açucarado, endurece rapidamente, tornando-se uma pedra de açúcar de aparência desigual, com grandes espaços manchados de branco, aspecto arenoso e odor enjoativo, fazendo-nos lembrar produtos artificiais. 

Mesmo que o coloquemos na língua, ou em banho-maria, ele não volta ao estado líquido. O mel puro possui um sabor característico que associamos a algum tipo de flor e odor natural de favos (se o mesmo não sofreu aquecimento excessivo ou pasteurização), é ácido, costuma pegar um pouco na garganta, principalmente quando é de coloração mais escura e rico em sais minerais. 

Todo mel realmente puro está sujeito à cristalização (que é diferente de açucarar) com a variação da temperatura, mas tanto o mel líquido como o mel cristalizado não possuem diferenças essenciais, conservando o mesmo valor nutritivo e suas propriedades medicinais. O mel, nessas condições, pode ser guardado por muitos anos. Nas pirâmides do Egito e nas escavações de Pompéia foram encontrados jarros contendo mel cristalizado com absoluta pureza e qualidade, tanto no seu sabor, como em sua umidade.

Créditos: todas as informações desta matéria foram retiradas do jornalternativo 2012 Edição nº 91

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Óleo de borragem – o óleo da beleza

É um dos óleos mais saudáveis da natureza! Obtido das sementes da planta conhecida como borragem, pertence a uma grande família da Boraginácea. 

Originária do sul da Europa, também cresce em toda a Europa, Norte da América e Norte da África.

Foi usado desde os tempos antigos para melhorar a beleza interna e externa. A semente de borragem possui ácidos graxos essenciais (ômega 3 e ômega 6), que são importantes para manter a estrutura celular da pele.

Possui enzima de anti-envelhecimento e pode ajudar a acelerar o processo de reparação da pele. Estudos recentes têm demonstrado que estimula a adrenalina. Muitas são as virtudes do óleo, a partir deste vegetal comumente utilizado em dietas de emagrecimento, pelas suas propriedades de limpeza, diuréticas e como fonte de muitos ácidos graxos essenciais - tão necessárias como fonte de prostaglandinas, precursores de hormônios que regulam diferentes funções do nosso corpo. 

Mas não só os ácidos graxos essenciais têm essa função, são também responsáveis para o bom funcionamento das células do corpo e do cérebro.

O nome borragem, segundo alguns historiadores, deriva da palavra latina borra, o que significa "cabelo", devido aos pelos que cobrem toda a planta. Outros autores argumentam, no entanto, que o nome deste vegetal vem do árabe Abu Rash, no qual significa "pai do suor", em referência as propriedades sudoríficas da planta, especialmente flores.


Os antigos fitoterapeutas que basearam seus remédios na cura das plantas, recomendavam as flores de borragem como ajuda eficaz em doenças que produzem febre pelo o seu reconhecido efeito sudorífico e purificador. Suas flores eram usadas para o efeito de cromático, bem como pelas suas propriedades medicinais como ingrediente de saladas.

Óleo do borragem é utilizado pelo seu relevante conteúdo de Ácido γ-linolênico (GLA; ω-6), um ácido graxo poli-insaturado da série ω-6-, ácido α-linolênico (ALA), ácido graxos poli-insaturados da série ω -3 e inúmeros outros ácidos graxos poli-insaturados  O GLA é encontrado apenas no leite materno, no óleo de enotera e óleo de borragem, que representa a mais abundante fonte vegetal deste ácido graxo essencial (contendo cerca de 20%).




O benefício dos ácidos graxos que oferece para a nossa pele é devido à GLA (ácido gama-linolênico) atua na formação de moléculas do nosso corpo conhecidas como eicosanóides. Estes eicosanóides se encontram nas prostaglandinas, substâncias de curta duração que regulam os processos metabólicos em nível celular muito importante para nosso corpo.

Assim, a prostaglandina E1 (PGE1) está associada com a regulação da perda de água através da pele, alivia pele irritada e restaura ao normal. Também devido à sua propriedade anti-inflamatória as prostaglandinas são reguladas pela ABL melhoram o fluxo de fluxo circulatório capilar, reduze o inchaço e a dor causada por acidentes.

O borragem é uma planta humilde e pouco conhecida, nativa da Europa Mediterrânica. Esta planta cresce selvagem em muitos lugares férteis e úmidos às margens de estradas, nas encostas e é facilmente reconhecida pelos pelos que cobrem seus caules e folhas, bem como flores azuis , rosa ou branco que forma a planta.


Uso terapêutico
Efetivamente atua sobre o metabolismo de prostaglandina (PGE 1).
Também é reconhecido pelos poderes de cura e sua capacidade de melhorar o eczema e a psoríase.
Alivia as síndromes de pré e pós-menstrual.
Pode ser usado na purificação de sangue, para aliviar a inflamação dos pulmões, o peritônio e os sintomas causados pela artrite.
Como um antidepressivo e tonificador do coração.

Efeitos na pele
Epiderme: regula a secreção sebácea, possui propriedades adstringentes quando aplicado na pele, são úteis para a pele saudável e combater as rugas. 
Sistema Reprodutor/PMS: regula os estrogênios, progesterona e prolactina na fase lútea do ciclo menstrual.

Sistema cardiovascular: inibe a trombose, favorece a dilatação dos vasos sanguíneos e aumenta o ciclo AMP impedindo a síntese do colesterol.
Ação anti-inflamatória: inibe a síntese de substâncias inflamatórias e enzimas lisossomais.
Sistema nervoso: atua sobre o comportamento da boa transmissão neuronal.
Sistema imunitário: estimula o hormônio tímico e ativa as células T.

Sistema hepático: evita danos no fígado de alcoólatras, regula as secreções salivares e lacrimais.
Metabolismo: reforça a ação da insulina e previne a proliferação de células anormais.
Sistema respiratório: em caso de bronquite, possui propriedades expectorantes.


Efeitos sobre a pele
Reduz a perda de água através da pele.
Acalma a pele irritada.
Reduz as rugas, a perda de colágeno.

Regula a formação de gordura nas glândulas sebáceas. Para peles sem GLA tende a produzir gorduras, onde se pode dar o paradoxo que a pele seca em origem pareça gordura. 
Melhora a circulação capilar na pele, a pele responde melhor ao traçado vermelho.
Melhora o crescimento e a formação de pele e unhas.
Reduz a caspa.

Créditos: inkanat.com

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Todos os dias estou cada vez melhor

Émile Coué, que trabalhou muito na cura pelo processo da sugestão e auto-sugestão, ensina um método muito simples, prático e que dá enormes resultados. 

Manda ele que a pessoa repita vinte vezes, à noite e pela manhã, a seguinte frase: “Todos os dias, sob todos os pontos de vista, vou indo cada vez melhor e melhor em todos os sentidos”. 

A afirmação deve ser feita com os olhos fechados, com sentimento, e de forma que você possa ouvir as próprias palavras, assim como se fosse uma ladainha. Os melhores momentos para esse exercício são à noite, deitado, quando você já está querendo pegar no sono e de manhã, quando recém você acordou e ainda está em estado de semi-sonolência.

A frase assinalada por Coué é completa e encerra tudo o que você deseja.
Esta sugestão, repetida em momentos estratégicos, lhe dará resultados maravilhosos.
Émile Coué, que passou toda a vida trabalhando no mundo da mente, depois de inúmeras experiências chegou às seguintes conclusões:


Quando a vontade e a imaginação estão em conflito, é sempre a imaginação quem vence, sem nenhuma exceção. Na luta entre a vontade e a imaginação, a força da imaginação está em razão direta do quadrado da vontade.


E conclui Coué que, quando a vontade e a imaginação estão de acordo, se multiplicam o poder e a força tanto da vontade quanto da imaginação.


Eis aí uma descoberta fantástica para você: o uso da imaginação para alcançar o que deseja. A imaginação sempre vence a vontade. Acontece-lhe na vida não tanto o que você quer que aconteça como o que você imagina que vai acontecer.

A imaginação e a sugestão geram a realidade porque acionam o subconsciente nessa direção.


Créditos: livro “O poder infinito da sua mente de Lauro Trevisan”
Leitura: “O Domínio de Si Mesmo pela Auto-Sugestão Consciente” Émile Coué

terça-feira, 19 de junho de 2012

Vitamina C (Supersaúde)

Foram detectadas mais de 120 enfermidades que são prevenidas ou eliminadas ingerindo-se uma boa dose de vitamina C, também chamada de ácido ascórbico. 

Descobriu-se que se essa vitamina for tomada junto com flocos de aveia, tem as suas propriedades curativas aumentadas.

Ao ingerir a vitamina C misturada com flocos de aveia, consegue-se que esta vitamina se fixe e seja melhor absorvida no organismo incrementando-se assim suas quantidades curativas e preventivas - além de agregar as magníficas propriedades que tem a fibra de aveia para diminuir o colesterol do sangue. 

Foi demonstrado que ao comer diariamente 39g de flocos de aveia, reduz o colesterol do sangue em até 3% nos adultos.

A vitamina C não é fabricada pelo organismo, por isso ela tem de ser tomada diariamente, seja por meio de alimentos ou bebidas que a contenham, bem como através de suplementos nutricionais. 

O Centro de Formação Médica do Reino Unido (C.I.M), recomenda ingerir no mínimo de 50mg de vitamina C por dia.

É conveniente saber que o “smog” e outros elementos ambientais nocivos destroem grande quantidade dessa vitamina. Um só cigarro chega a destruir até 25mg, isto é, a metade da dosagem diária recomendada.

Por que são grandes as propriedades curativas da vitamina C? A  razão é que os glóbulos brancos do sangue que defendem nosso organismo contra qualquer elemento hostil como as bactérias, requerem para seu funcionamento a ingestão de uma grande quantidade de vitamina C. 

Sabe-se que esses defensores do organismo não estiverem em boas condições de combate eles não conseguirão eliminar os principais inimigos do organismo, produzindo nas pessoas mal-estar e infecções.

Esta é a razão pela qual havendo uma infecção na garganta, ou sintomas de gripe, recomenda-se fazer gargarejos com limão. O limão e a laranja, assim como outros cítricos, contêm vitaminas C.

Descobriu-se que a vitamina C elimina as bactérias mais comuns no aparelho urinário, bem como é muito eficaz para combater os transtornos do aparelho respiratório (como asma e bronquite) e a constipação, além de ajudar nos problemas de ressecamento das mucosas pulmonares e respiratórias. Descobriu-se uma evidência de que a deficiência da vitamina C aumenta o risco do câncer pulmonar.

A aterosclerose (endurecimento arterial) está relacionada com a falta de vitamina C. Descobriu-se que uma boa dose reduz o nível de colesterol no sangue.

A vitamina C é fundamental para a formação do colágeno, que é uma substância essencial para todo o organismo. O funcionamento anormal do colágeno pode produzir o envelhecimento, dores musculares, gota, febre reumática, artrite reumatoide  colite e inflamação dos vasos sanguíneos. 

Esses transtornos podem ser combatidos se houver capacidade do colágeno para regenerar-se suficientemente rápido. E a única forma de isto acontecer é fazendo uma maior ingestão de vitamina C.

Créditos: livro “Saúde e Bem-Estar (através de elementos naturais)

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Plantas medicinais para os cabelos

Fitocosmética (ervas aplicadas no embelezamento natural).
Esse conhecimento tem ampla relação com os antepassados, com os mais antigos, pois eles as usavam costumeiramente. A tecnologia e o avanço industrial, nos afastaram deste conhecimento, dos vários “truques” e da receita natural de beleza para os cabelos, que vem a seguir.

Alcachofra: crescimento e escurecimento; 
Alecrim: tônico capilar, antiqueda, ajuda crescer, dá brilho, anticaspa, escurece e fortalece;
Alfavaca: antiqueda, escurece, dá brilho;
Alfazema: xampus /cabelos queimados do sol, chá /enxaguar cabelo oleoso, piolhos;
Amora: folha, escurece e fortalece;
Arnica: fortalece e dá brilho;
Arruda: contra piolhos;
Avenca: anti-calvice, antiqueda, adianta um capílo, dá brilho;
Babosa: ajuda crescimento, retarda calvície, antiqueda, fortalece, hidrata, regenera,caspa, seborréia, condicionador capilar, queimaduras do sol, cabelos secos;
Bálsamo: para calvície, fortalece os cabelos;
Bardana: folhas, caspa e seborréia. Raízes, escurecer os cabelos;


Calêndula: fortalece os cabelos, bom para cabelos secos;
Capuchinho: cresce e fortalece;
Castanha da índia: queda de cabelo, cabelo fraco, fortalecimento capilar;
Cavalinha: tônico capilar;
Cebola: casca, clareia os cabelos;
Erva de Bicho: crescer cabelos;
Hibisco: para shampoo de cabelos escuros;
Hortelã: fortalece, escurece e dá brilho aos cabelos;


Jaborandi: cresce e fortalece; 
Manjerona: escurece e fortalece os cabelos;
Marcela: estimula a circulação capilar, antiqueda, clarear cabelo, protetor solar;
Mil Folhas: retira a oleosidade dos cabelos;
Orégano: anticaspa (enxaguar os cabelos com o chá das folhas);
Pata de Vaca: caspa do couro cabeludo, lavar com o chá das folhas;
Malva: fortalece os cabelos

Salsinha: fortalece e dá brilho;
Sálvia: escurece e fortalece;
Sândalo: escurece e fortalece;
Tansagem: crosta e alergia no couro cabeludo;
Tiririca: cresce, fortalece, contra queda, ativa o enraizamento;
Trapoeraba: cresce e fortalece (xampu);
Urtiga: contra a queda de cabelos, especial para xampu.

Créditos : “Plantas Medicinais” (Eng. Agrônomo Angelo L.Robertina)

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Hambúrguer de abóbora e grão de bico

Hambúrguer de abóbora
Ingredientes
4 xícaras de abóbora picada (400 g)
1 colher (café) de cominho
1 colher (café) de canela em pó
1 pitada de açúcar
1/2 xícara de mix de aveia em flocos finos com linhaça triturada
1 cebola pequena picada
1 dente de alho grande picado
1/2 xícara de salsinha picada
Sal e pimenta-do-reino
1 1/2 colher (sopa) de azeite para fritar

Preparo
Tempere a abóbora com o cominho, a canela e a pitada de açúcar. Envolva-a no papel-alumínio e leve para assar por 30 minutos ou até que esteja macia e firme. Amasse a abóbora ainda quente com um garfo, grosseiramente. Junte o mix de aveia com linhaça, a cebola, o alho, a salsinha, sal e pimenta. Leve à geladeira para descansar por 1 hora. 

Modele os hambúrgueres. Aqueça uma frigideira antiaderente untada com o azeite e grelhe os hambúrgueres até dourarem. Sirva quente acompanhado de salada verde ou legumes salteados.
Rendimento: 13 hambúrgueres de 40 g cada

Fonte: Cantinho Vegetariano

Hambúrguer de grão de bico
Ingredientes
1/2 xícara de grão-de-bico
500 ml de água
1/2 xícara de farinha de trigo integral
1/2 xícara de gérmen de trigo tostado
1/4 de xícara de fécula de batata
1/2 dente de alho pequeno amassado
1 colher (chá) bem rasa de sal
Pimenta-rosa moída, manjerona e açafrão a gosto (apenas pitadas)

Preparo
Cubra o grão-de-bico com a água e deixe-o de molho por 8 horas. Escorra a água em que ele ficou de molho e jogue-a fora. Ponha o grão-de-bico na panela de pressão e acrescente nova água (500ml). Leve ao fogo e cozinhe por 20 minutos (a contar do momento em que a panela começar a apitar). 

Deixe o grão-de-bico amornar e bata-o, com a água do cozimento, no liquidificador. Coloque-o em uma vasilha e acrescente o restante dos ingredientes. Misture até obter uma massa meio mole. Modele oito bolinhas e, com a palma das mãos umedecida, achate-as, formando hambúrgueres. Acomode-os em uma fôrma untada e leve ao forno alto (230°), preaquecido. Asse por 20 minutos, virando-os na metade do tempo.
Rendimento: 8 unidades

Fonte: Livro – A Cozinha Vegetariana de Astrid Pfeiffer | Via Cantinho Vegetariano

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Emagrecer, permanecer magra e bonita!

A obesidade é provavelmente um dos problemas de saúde que mais afetam as pessoas hoje em dia. Ser obeso significa estar no mínimo 20% acima do seu peso normal.


As pessoas obesas dificilmente levam uma vida normal. Enfrentam maior risco de morte prematura e de doenças coronárias, hipertensão, derrame cerebral, diabetes, câncer, complicações as cirurgias, além de problemas psicológicos.

Para emagrecer é necessário mudar os hábitos alimentares:
— Coma frutas e hortaliças em abundância.
— Evite massas, doces, frituras, queijos e leite tipo A.
— Ingira brócolis, repolho, cenoura, couve, couve-flor, pois têm baixas calorias.

— Faça, uma vez por semana, refeições só à base de frutas e sucos (abacaxi, melão e melancia), não ingerindo qualquer outro alimento. Você emagrecerá um quilo. Comece na segunda-feira; na outra semana, na terça-feira; na outra, na quarta; depois na quinta e sexta-feira. Você provavelmente perderá cinco quilos no mês.

— Faça do seu almoço a principal refeição, não se alimente após as 18
horas, a não ser de frutas e lanches leves.
— Entre as refeições, coma frutas como: abacaxi (1 fatia), pêra, banana,
mamão (1 fatia) e kiwi.
— Seus intestinos devem funcionar todos os dias, portanto use muitas
fibras, aveia, triguilho.

— Evite ingerir manteiga, leite integral, maionese e frituras.
— Evite refrigerantes. Prefira água-de-coco e sucos naturais de frutas
sem açúcar, que fornecem minerais ao organismo.
— Coma arroz integral, feijão, soja e peixes.

— Beba 2 copos de água morna de manhã, em jejum.
— Durante o dia, tome de 6 a 10 copos de água mineral.
— Tome chá verde (Tea sinensis), substituindo a água, ele ajuda a
emagrecer.
— Chá de carqueja e malva-santa (boldo nacional) ajudam também a
perder peso.

— Faça caminhadas, ande pelo menos 40 minutos por dia. Lembre-se de
que o exercício é a melhor maneira de controlar seu peso e livrá-lo da gordura, mantendo uma boa musculatura.
— Use prato pequeno, podendo repetir; porém, mastigue 15 vezes a cada
porção.
— Vá ao supermercado de estômago cheio, pois assim você não
comprará guloseimas.
— Faça massagens duas vezes por semana, com óleo de azeite puro,
óleo vegetal ou vinagre de maçã. A massagem ajudará a perder peso, livrando-o da gordura localizada.
— Use menos de 1.000 calorias diárias.

— Use adoçante de stévia. Os adoçantes artificiais, segundo a Sociedade
Americana de Câncer, podem ser cancerígenos e há estudos que os acusam de
aumentar o apetite dos usuários.
— Se conseguir perder 5 quilos em um mês, você começará a ter
sucesso.

— Depois de emagrecer, coma frutas que contêm pectina. Em muitas
pesquisas, descobriu-se que, ao ingerir uma maçã ou laranja por dia, 10 a 30
minutos antes das refeições, ocorrerá a dissolução da pectina no organismo,
formando uma massa viscosa e gelatinosa, que interferirá nos processos de
absorção. Assim, ajuda as pessoas a não comerem excessivamente. Mesmo
aquelas que já emagreceram devem cuidar para não voltar ao peso antigo, comendo uma maçã ou laranja (com a pelezinha branca), antes do almoço e do jantar.

— Evite beber líquidos durante as refeições. É melhor ingeri-los uma hora
antes das refeições. Além de interferir na digestão, o líquido nas refeições pode colaborar com o aumento de peso, por dilatar o estômago, deixando-o maior.
— O lanche da manhã deve ser bem equilibrado. Por exemplo: aveia,
cereais, frutas como maçã, banana, pêra, abacaxi ou melancia.
— Faça atividade física, exercícios de baixo impacto e longa duração,
como andar cerca de uma hora por dia.

— As refeições não devem ser em meio agitado, mas em local tranquilo e
gradual, para que se possa sentir o que está ingerindo.
— Laxantes e diuréticos só devem ser usados prescritos por profissionais
de saúde. Lembre-se de que as drogas aumentam a eliminação de lipídios, mas apresentam graves efeitos colaterais.

— O tecido adiposo (gorduroso) contém cerca de 18% de água e o tecido
magro (muscular) cerca de 76%. A ingestão de diuréticos e laxantes podem causar perda maior dos líquidos do tecido magro e não do gorduroso, causando desidratação.

— Excluir da alimentação as massas, pizzas, queijos, açúcar branco e
sobremesas doces.
— Lembre-se de que a sua imagem é importante. Imagine-se olhando no
espelho e vendo uma pessoa magra e feliz.
— Na praia, você verá que valeu o esforço para emagrecer, e é claro,
sem perder a disposição e a saúde.

Suco para combater a obesidade
5g de malva-santa ou boldo nacional
5g de carqueja
1 copo de água
Modo de preparo: fazer o chá por infusão das ervas.
Dose recomendada: Tomar quatro copos ao dia.

Suco inibidor do apetite
½ maçã média
½ abacate médio
1 copo de água mineral
Adoçante
Modo de preparo: bater todos os ingredientes no liquidificador.
Dose recomendada: Tomar meia hora antes das refeições principais.

Suco de melão
1 xícara de polpa de melão
250ml de água
Adoçante agosto
Modo de preparo: Bater tudo no liquidificador e servir gelado.

Suco de abacaxi digestivo
Tem ação mucolítica e ajuda a emagrecer.
½ abacaxi
½ litro de água mineral com gás
Adoçante a gosto
Modo de preparo: bater no liquidificador e servir com cubos de gelo.
Durante um dia da semana, tome apenas suco de abacaxi e coma sua polpa.

Suco de maçã
1 maçã madura sem casca e sem sementes
3 copos de água-de-coco
6 folhas de hortela
Adicionar adoçante a gosto e bater no liquidificador
Servir com pedrinhas de gelo

Suco de berinjela com laranja
1 copo de suco de laranja
50g de berinjela crua
3 colheres de lecitina de soja granulada
Modo de preparar: bater no liquidificador
Dose recomendada: tomar de manhã e à noite.

Hibisco com Gengibre
10g de gengibre
10 flores de hibisco
500ml de água
Modo de preparo: ferver o gengibre por dois minutos em 500ml de água.
Coe. Coloque o hibisco numa vasilha e despeje o chá de gengibre sobre os hibiscos.
Abafar por 5 minutos. Tomar durante o dia. Pode-se perder até 4kg/mês.

Principais elementos terapêuticos
Malva ou boldo nacional: estimulante da vesícula. Por causa da
saponina, corrige a má digestão, funcionando como uma espécie de detergente dividindo a gordura dos alimentos em pequenas partículas. Favorece a eliminação de toxinas e é levemente diurético. Estimula o fígado a metabolizar as gorduras, ajuda também o estômago a quebrá-las em partículas menores, facilitando a eliminação, evitando que elas fiquem em excesso na circulação e virem reservas adiposas.

Carqueja: é uma planta nativa que está ao alcance de toda a população.
Desde o tempo da vovó, a carqueja tem ocupado um lugar de destaque na farmácia caseira. Como diurético, pode ajudar nos processos de emagrecimento.

Maçã: a maçã contém substâncias químicas que inibem a fome
excessiva, nutrindo o organismo com poucas calorias (49 calorias).
Abacate: contém gorduras monoinsaturadas, que geram sensação de
saciedade com mais rapidez, retardando a sensação de fome.

Melão: ótimo para regimes de emagrecimento. Refrescante, ajuda a
emagrecer. Tem muita vitamina C. Vitaminas: A, C, B. Minerais: potássio, cálcio, ferro, fósforo.
Abacaxi: altamente digestiva, combate a prisão de ventre e é
antiinflamatória. Vitaminas: A, C e BI. Minerais: potássio, fósforo, selênio, ferro, magnésio, manganês.

Água-de-coco: a água-de-coco é um alimento muito saudável, pouco
calórico e remineralizante, muito recomendada tanto em regimes de emagrecimento, como um repositor de minerais, agindo como um soro natural.

Gengibre: é indicado contra enjôos, tanto marítimos quanto aéreos. Sua
principal função no emagrecimento é sua ação antidepressiva, que evita o estresse e a ansiedade.
Hibisco: suas flores têm a função de eliminar as gorduras e o excesso de
água do organismo (retenção hídrica). Pela ação do calor, desprende um intenso aroma. 

Contém um óleo essencial de efeito antiespasmódico capaz de relaxar os músculos viscerais. Tem efeito sedativo (calmante) sobre o sistema nervoso central.
Suas flores contêm ácido hibiscico, assim como uma mistura de ácido cítrico,
tartárico e málico. Sua cor vermelha confere as seguintes propriedades: digestiva e tonificante. Possui uma ação laxante suave (ação emoliente suavizante) sobre as mucosas do conduto digestivo, por facilitar a função de evacuação intestinal.

Diuréticas - as flores do hibisco têm um suave efeito diurético que ajuda os obesos, principalmente os que têm problemas coronários.
Laranja: possui vitamina C, A e B e os minerais cálcio, potássio, fósforo e
magnésio. Contém flavonóides, substâncias capazes de reduzir as chances do
colesterol se depositar nos vasos sanguíneos.

Berinjela: contém minerais como potássio, cálcio, fósforo, ferro e
magnésio, além das vitaminas A, do complexo B e C. É diurética e ajuda a diminuir as taxas de colesterol LDL ("ruim").


Autor: Lelington Lobo Franco (100 sucos com poderes medicinais)
É químico e fitologista, teve o cuidado de especificar as quantidades, as indicações, o modo de preparar e as propriedades específicas de cada combinação. É também autor dos livros “As Fantásticas Frutas com poderes medicinais; Diabetes, como prevenir, tratar e conviver; As Sensacionais 50 Plantas Medicinais Campeãs em Poder Curativo, volumes 1 e 2; 50 Chás Medicinais Campeãs de Saúde e Saiba como Emagrecer, permanecer magra e bonita.

sexta-feira, 8 de junho de 2012

Gorduras: elas geram dúvidas

Uma pesquisa feita, com 600 pacientes do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia (responsável pelo trabalho, o cardiologista Daniel Magnoni), em São Paulo, mostra que a maioria não compreende muito bem as diferenças entre os tipos de ácido graxo. 

Olha um exemplo: 57% acham melhor manter distância da versão poli-insaturada, aquela considerada amiga da saúde. Também fica clara a confusão na hora de decidir quais alimentos abrigam as gorduras do bem. Mas, esses mesmos pacientes, sabem que as saturadas e as trans não são recomendadas.

Mitos
Visto como vilão, o ketchup é produzido com tomates e, assim, isento de gorduras.
A margarina não é lotada de colesterol, como muitos acreditam.
Outra injustiçada, a maionese não é rica em gorduras ruins.

Verdades
A bolacha recheada e a manteiga foram considerados alimentos menos saudáveis.
A maioria apontou o requeijão como fonte de gorduras saturadas.

Tipos gordurosos
Poli-insaturadas
Derrubam o colesterol ruim, os triglicérides e a pressão arterial, beneficiando o coração.
Fontes: peixes oleosos, como salmão e sardinha, além de óleos vegetais.




 

Monoinsaturadas
As evidências também apontam que elas reduzem o risco cardíaco.
Fontes: abacate, azeite, linhaça e óleos de canola e de milho.



 



Saturadas
Estão associadas ao aumento de colesterol ruim, entupimento das artérias e doenças do coração.
Fontes: embutidos, carnes gordas, leite e derivados integrais.



Trans
Essa gordura é um perigo, já que está por trás de males que afligem o peito. Portanto, fique de olho no rótulo.
Fontes: biscoitos industrializados, sorvetes cremosos e salgadinhos.


Créditos: Revista “Saúde”


quarta-feira, 6 de junho de 2012

Limão (no tempero de saladas e legumes - no preparo de cereais e vegetais)

A grande maioria das pessoas, principalmente aquelas com problemas de saúde e, que mais precisam ingerir alimentos naturais, têm dificuldades para consumir saladas verdes, raízes e legumes crus ou cozidos no vapor. 

Acredito que o principal motivo é por não saberem temperá-los. Alimentar-se é nutrir-se, mas sem abrir mão do prazer. Portanto temperos saborosos devem ser usados no preparo dos alimentos saudáveis.

Aliás, segundo a medicina aiurvédica, o tempero é fundamental para tornar o alimento mais digestivo, além de ajudar na absorção dos sais minerais.

Ser criativo na escolha dos ingredientes de preparo dos temperos irá desencadear novos hábitos alimentares sem abdicar do prazer.

A seguir, encontram-se sugestões de molhos gostosos, com baixo teor calórico, onde o limão tem presença garantida.

Prefira temperos naturais e frescos como alecrim, salsa, cebolinha, cebola, alho, alho-poró, gengibre, funcho, manjericão, tomilho, coentro, pimentas, louro, páprica, cardamomo, noz-moscada.
 
Italiano – ½ copo de água, 1 colher de chá de azeite de oliva, suco de 1 limão, 1 colher de sopa de mostarda, salsa picada e sal marinho a gosto. Misturar e servir gelado.

Light – 2 tomates sem pele e sementes, suco de 2 limões, 1 pimentão vermelho assado e sem pele, 2 colheres de chá de sementes de gergelim. Bater tudo no liquidificador e servir gelado.

Especial – 1 colher de chá de azeite de oliva, suco de 1 limão, suco de 1 laranja-pera, manjericão picado, alho amassado e sal marinho a gosto. Misturar e servir gelado.

Iogurte – ½ copo de iogurte natural desnatado, 1 colher de sopa de suco de limão, suco de 1 laranja-pera, ½ colher de sopa de mostarda, ½ cebola picada. Bater tudo no liquidificador e servir gelado.

Limão – 1 colher de chá de azeite de oliva, suco de 1 limão, endro e cebolinha picada. Bater e servir galado.


Tomate – 1 tomate sem pele picado, manjericão fresco picado, suco de 1 limão, 1 colher de chá de sementes de gergelim, azeite e água. Misturar tudo e servir gelado.

Gengibre – ½ copo de água, 1 colher de chá de azeite de oliva, suco de 1 limão, gengibre ralado e sal marinho. Misturar tudo e servir gelado.

Básico de tahine – 2 colheres de sopa de tahine (manteiga de gergelim), suco de 2 limões, 1 colher de sopa de shoyu, 2 dentes de alho e 1 pitada de tomilho. Bater todos os ingredientes no processador com ½ copo de água e servir.

Caipira – suco de 1 limão, 1 colher de sopa de mostarda, 1 colher de sopa de mel (pode ser substituído pó estévia), 1 colher de sobremesa de azeite de oliva, pimenta e sal marinho a gosto. Bater bem até que estejam bem misturados.
 
Falsa maionese – 1 xícara de batatas, 1 xícara de cenouras cozidas e escorridas, ½ xícara de leite desnatado, 1 cebola pequena, 1 colher de sopa de azeite de oliva, suco de 1 limão e sal marinho a gosto. Bater todos os ingredientes no liquidificador.
Opcional: azeitonas.

Francês requintado – ¼ xícara de azeite, ½ xícara de suco de limão, 3 colheres de sopa de ketchup picante, 1 colher de chá de mel, 1 colher de chá de mostarda, ½ colher de chá de páprica e 2 dentes de alho. Amassar o alho e misturar muito bem todos os ingredientes e levar à geladeira. Voltar a misturar antes de servir.

No preparo de cereais e vegetais
No preparo do arroz, ensopados, sopas, sucos, ou chás, sempre será possível fazer uso do suco fresco do limão. Ele vai fazer com que o alimento fique mais digestivo e saboroso, além de beneficiar a saúde como um todo.

Seus ácidos irão fixar os sais contidos nos demais ingredientes da receita, reduzindo perdas pelo manuseio e preparo.

No preparo do arroz, adicionar o suco de 1 limão durante a fase inicial de cozimento. Ele fica mais solto, saboroso e leve.

No preparo dos feijões, alimento que costuma causar gases, o suco de 1 limão, durante o seu cozimento, irá torná-lo mais digestivo, reduzindo futuros problemas de flatulência.

No preparo de ensopados ou sopas, usar também o suco de 1 limão no início ou final do cozimento. Tal procedimento irá “abrir” o sabor dos alimentos.

O limão se faz muito necessário também, no preparo dos sucos verdes, porque a presença do ácido cítrico e da vitamina C irá ajudar na fixação do ferro e de outros sais minerais existentes nas folhas, brotos, frutas, sementes e legumes da receita.

Créditos: livro “O poder de cura do limão” de Conceição Trucom (Bacharel em Química pela UFRJ desde 77, atuou por 24 anos na área da ciência aplicada, com projetos em Química Orgânica, inorgânica e Bioquímica).

Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...