sábado, 31 de dezembro de 2016

Que 2017 seja maravilhoso!

Que as luzes do ano novo
brilhem e tragam a todos
nós, novos desafios, novos
Feliz 2017
O ano novo pode ser totalmente novo ou simplesmente a continuação do ano que termina, e que depende unicamente de nós para traçarmos as nossas conquistas ou as nossas derrotas.
O ano novo não traz coisas prontas, mas muitas possibilidades de êxito, e infelizmente não temos certeza de nada que possa acontecer futuramente em nossas vidas.

Não é o ano novo que se modifica, mas as nossas atitudes internas perante a vida: o que eu falo, o que eu sinto, ou o que faço. Tudo acontece onde nós colocamos muita energia e não devemos apenas querer, temos que movimentar, mobilizar essa força interior dentro de nós. Tudo aquilo que planejamos no início do ano devem de alguma forma concretizar-se: pedimos saúde, proteção divina, paz de espírito, amor, trabalho, são tantos os pedidos. 

Essas energias vibrantes que pairam no ar ao termino de um ciclo, com mudanças, planos e metas, não devem perder a vitalidade por causa dos desafios e obstáculos que vão surgindo. É necessário que todos se esforcem constantemente para ser o melhor que puderem.

O amor é a grandeza que reveste a alma de bondade, porque é no amor que encontramos o verdadeiro sentido da vida.

Cada ano que surge é para nós uma nova oportunidade de progresso que se abre no horizonte. Entremos no ano novo com a decisão de aproveitá-lo em todos os seus recursos. Não desprezemos a riqueza dos seus minutos, das suas horas, dos seus dias, dos seus meses. A vida é assim... Às vezes nada acontece como nós queremos ou como desejamos.

Deus nos alimenta por meio da esperança e da fé. Se compreendermos e internalizarmos o papel do novo em nossas vidas, o significado do renascimento e da renovação, manteremos acesa em nós a chama do amor.

O tempo será responsável em canalizar tudo o que desejamos em determinada área que escolhermos, necessário ao nosso crescimento espiritual, e não será em vão, um novo aprendizado seguido de novos valores.

Enfim, ao mudarmos o calendário aumentam as expectativas de novos sonhos e novas conquistas. Olhando rapidamente para traz veremos que nada como um dia após o outro para alcançarmos nossos objetivos.

Não dá para apagar o que se passou, temos que mudar a maneira de viver, confiar sempre e prosseguir fazendo nossa parte, tentar ser feliz e vestir a alma de bons sentimentos.

Créditos: Dalva Linhares Vieira – integrante do Coral Vozes do Caminho / Natural & Bela

sábado, 24 de dezembro de 2016

Feliz Natal!

Fonte: Frases de reflexão

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

A vida...

Fonte: Imagens de amor




É oportunidade – aproveita-a;
É bela – admira-a;
É um dom – aprecia-o;
Um desafio constante - aceita-o;
A vida é um dever – assume-o;

Um jogo – joga-o;
É muito cara – preserva-a;
É um tesouro indescritível  – conserva-o;
É um amor – saboreia-o;
É um mistério- aprofunda-o;
É uma promessa – cumpre-a;

(A vida é tristeza – ultrapassa-a);
É uma canção – canta-a;
É uma luta – trava-a;
É uma tragédia – enfrenta-a;
A vida é uma aventura – ousa-a.

Recebi este texto via carta - Irmã Maria Engrácia - Pinheiro da Bemposta - Portugal

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Métodos mais utilizados para a extração dos óleos essenciais das plantas

Quanto mais suave o método, menor a quantidade de óleo essencial será obtida, porém ele terá uma melhor qualidade.

Os métodos mais utilizados
Expressão mecânica - é o simples prensar a planta. O rendimento é pequeno, mas a qualidade do óleo é muito boa.

Destilação - é a extração através de alambiques.

Expressão por solventes orgânicos - colocam-se as flores em contato com solventes, como éter de petróleo.

Absorção em óleos e gorduras a quente ou frio - as flores são agitadas com óleos e gorduras a quente ( de 40ºC a 70ºC) ou absorvidas pela gordura a frio. Este processo é bastante antigo e ainda é utilizado para obtenção do óleo de jasmim.

Absorção em carvão vegetal - permite a retirada de essência mesmo de planta viva, porém serve apenas para experiências.

Cuidados com óleos essenciais:
Uso interno só com recomendação de um profissional. Pode provocar irritações e lesões graves.
Evite sempre contato com os olhos.
Mesmo para uso externo, o óleo essencial deve ser diluído antes de seu uso, pode ser com óleo vegetal.
Não expor-se ao sol quando utilizar óleos essenciais sobre a pele. Os vegetais podem conter substâncias fotossensibilizantes.

Óleos essenciais não devem ser utilizados em bebês ou crianças muito pequenas, se usá-los no banho deve ser a metade dos adultos.
Guarde os óleos essenciais longe do alcance de crianças.

Devem ser evitados na gravidez. Mas, lavanda, incenso, gerânio e rosa podem ser usados. Lavanda misturado com óleo de semente de uva, germe de trigo ou amêndoas pode ser usado para prevenção de estrias.
No caso de pressão alta ou epilepsia usar somente sob orientação de um profissional qualificado.
Em caso de tratamento homeopático, consulte seu médico sobre a utilização conjunta de óleos essenciais.

Créditos: Emater-RS/Ascar 

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Rabanadas saudáveis

Ingredientes
8 fatias de pão (escolha o pão com o menor teor de trigo)
2 ovos
3 colheres de açúcar de coco
200ml de leite de arroz
Casca de 1/2 limão
1 pau de canela
Canela em pó

Preparação
Ferva o leite com o açúcar, a casca de limão, o pau de canela. Se gostar, experimente colocar uma especiaria, como uma noz moscada ou gengibre. Deixe esfriar.

Num recipiente,  bata os ovos e reserve.
Forre o tabuleiro que vai ao forno com papel vegetal. Passe as fatias de pão no leite e em seguida no ovo. Leve as rabanadas ao forno a 180º durante 8 minutos e vire-as no meio do tempo. Retire do forno e polvilhe com canela em pó.


Autora da receita: Mafalda Antunes – Receitas saudáveis de Natal - PrettyFit

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Molho de rabanete e requeijão

Clique na imagem para visualizar melhor
Como comprar
O rabanete apresenta grande variação de tamanho e de forma, podendo ser redondo, oval ou alongado. Sua polpa é sempre branca, mas a casca pode ser vermelha, branca ou, ainda, vermelha e branca. As folhas dessa hortaliça devem ter cor verde brilhante e as raízes devem estar firmes e lisas, sem pontos escuros ou rachaduras.

Como conservar
O rabanete murcha rapidamente, por isso deve ser mantido preferencialmente em geladeira, dentro de sacos plásticos.
Antes de armazená-lo, remova as folhas, pois quando são mantidas a hortaliça murcha mais rapidamente. Caso deseje lavar o rabanete antes de guardar na geladeira, seque-o superficialmente com pano limpo ou com toalha de papel.

Como consumir
O uso mais comum da hortaliça é na forma crua, em saladas. Se grande, pode ser consumida cozida ou como picles.
Quando cozida, o sabor é menos picante. O rabanete pode também ser preparado na forma de petiscos ou combinados com recheios e molhos. Não é necessário descascá-lo para o consumo.

Molho de rabanete e requeijão                          




Tempo de preparo: 15 minutos
Rendimento: 1 xícara (chá)

Autoria
Fausto Francisco dos Santos (ex-pesquisador - Embrapa Hortaliças)
Mário Felipe de Melo (engenheiro agrônomo - Emater/DF)
Milza Moreira Lana (pesquisadora - Embrapa Hortaliças)
Selma Tavares e Maria José L. F. Matos (economistas domésticas - Emater/DF)

Créditos: Embrapa – Hortaliças - Unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Laranja – pura vitamina

Aspectos nutricionais - a laranja é bastante conhecida por suas qualidades nutricionais. Ela é fonte de vitamina C, tem antioxidantes, que auxiliam contra os radicais livres e melhoram a qualidade de vida. Contém cálcio, potássio e fósforo. Se ingerida junto com as refeições, auxilia na absorção do ferro e na formação dos dentes. 

Protege contra doenças cardiovasculares e ajuda na diminuição dos níveis de colesterol, conta Silvia Honorato da Silva, nutricionista da Divisão de Alimentação do Sesi-São Paulo e do Programa Alimente-se Bem. Para o aproveitamento integral da fruta Sílvia dá algumas dicas.

A casca branca deve ser deixada de molho em água durante dois dias, sob refrigeração. A água precisa ser trocada para que a casca perca o sabor amargo. Esta parte da fruta é indicada para fazer geleia. Já, a casca amarela-esverdeada, rica em potássio, tem que ficar de molho por um dia e depois ser aferventada. Pode ser utilizada picada em saladas ou no arroz e também processada para molho de carne. Fonte de fibras, a casca melhora as funções digestivas e o trato intestinal.

Receitas do fruticultor Joaquim Trindade, que produz laranjas nos municípios de Boquim e Umbaúba, no Estado de Sergipe.

Doce de casca de laranja
Ingredientes
Casca de 8 laranjas
1 litro de água
1 xícara de açúcar (orgânico – opcional)

Calda
3 xícaras de açúcar (orgânico – opcional)
2 xícaras de água

Modo de Preparo: lave bem as cascas e corte-as em tiras finas. Depois coloque-as na panela com um litro de água e deixe cozinhar por 15 minutos, aproximadamente. Depois de cozidas, lave-as novamente e deixe descansar. Para a calda, coloque as três xícaras de açúcar junto com água na panela e deixe ferver. Quando engrossar, vá colocando as cascas e deixe tudo junto por alguns instantes. É necessário esfriar antes de colocar na geladeira. Depois é só servir.

Bolo de laranja
Massa
1 laranja com casca sem sementes
4 ovos
2 xícaras de chá de açúcar (orgânico – opcional)
1/2 xícara de óleo
2 xícaras de chá de farinha de trigo
1 colher de sopa de fermento em pó
1/2 colher de chá de canela em pó

Cobertura
2 xícaras de chá de suco de laranja
4 colheres de sopa de açúcar (orgânico – opcional)

Modo de preparo: bata os quatro primeiros ingredientes para a massa e depois misture com os quatro últimos. Leve para assar em forno previamente aquecido. Quando o bolo estiver pronto, pegue os ingredientes para a calda, misture-os e despeje por cima.

Obs: o açúcar orgânico não deixa a receita tão doce.

Créditos: Daniela Mattiaso - IBRAF – instituto Brasileiro de frutas

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Dicas para acabar com a ansiedade e depressão

Mantenha uma atitude positiva
Manter-se positivo não tem a ver somente com desejar coisas positivas para sua vida, mas sim em perceber que TUDO que acontece em sua vida tem um lado positivo. Não temos como saber ou realmente controlar as consequências de nossas escolhas, mas podemos escolher como interpretar tais acontecimentos. 

Com relação aos acontecimentos passados, busque os aprendizados de cada situação. Com relação ao futuro, tenha consciência de que ele é aberto à infinitas possibilidades e, mesmo sem ter conhecimento garantido sobre o futuro, tenha a certeza que tudo acontece para o seu bem maior.

Evite bebidas alcoólicas e cafeína
O álcool é um depressor do sistema nervoso, ou seja, diminui o nível de atividade no cérebro. Entre as diversas consequências do álcool estão a falta de coordenação motora, a breve euforia, a falta de atenção, os lapsos de memória e os pensamentos incoerentes. Já a cafeína é um estimulante do sistema nervoso, podendo causar e até aumentar os sintomas da ansiedade. Por isso, procure evitar estas bebidas o máximo possível.

Exercite-se
Uma das soluções mais rápidas e mais eficazes contra a depressão e a ansiedade é a prática de exercícios físicos com média e alta intensidade.
Não importa qual atividade física você escolher. Basta praticar o exercício por no mínimo 30 minutos em média ou alta intensidade que você sentirá os seus efeitos benéficos. A atividade física tem a capacidade de mudar a estrutura do cérebro, além de aumentar a atividade química de importantes neurotransmissores como a dopamina e serotonina.

Mantenha uma alimentação saudável
O que você come tem uma influência direta na forma como você se sente. Tenha uma dieta balanceada de proteínas, carboidratos complexos, frutas, vegetais e cereais. Evite comida processada e açúcar refinado, que podem dar uma breve sensação de bem estar, mas que baixam o seu nível de energia e alteram seu humor drasticamente. Também evite pular refeições. Ficar longos períodos sem comer pode fazer com que você se sinta irritado e cansado. Por isso, tenha em mente comer algo saudável pelo menos à cada 3 horas.

Viva o agora
A causa da depressão está muitas vezes ligadas às mágoas e acontecimentos do passado. Já a ansiedade está associada às incertezas dos acontecimentos futuros. Quando você foca sua mente no presente você para de estimular os pensamentos que geram os sintomas da depressão e da ansiedade. Uma forma de focar sua mente no agora é levar a sua atenção para as sensações do seu corpo. Diferente da sua mente que pode estar divagando entre passado e futuro, o seu corpo está sempre no presente. Assim, ele funciona como uma âncora para o estado do aqui e agora.

Não brigue com suas emoções
Não existem emoções positivas ou negativas. Existem apenas emoções, e é totalmente natural senti-las. Quando você tenta evitar uma emoção, você está resistindo a algo natural em você e, resistência gera tensão. Ao invés de resistir e tentar se esconder da emoção, experimente acolher todas os sentimentos e sensações que surgirem. 

Vivencie a emoção plenamente e conscientemente levando a sua atenção para as sensações físicas do seu corpo. Você notará que as sensações, que podem ser desagradáveis no começo, se dissolverão naturalmente, permanecendo apenas um estado de paz e serenidade.

Conheça os seus sintomas
O que você chama de ansiedade ou depressão pode se apresentar de formas diferentes para outras pessoas. Cada pessoa é única e o sintoma para cada situação também pode ser diferente. Quando você conhece os sintomas no seu corpo, você tem uma referência palpável e real do que está realmente acontecendo com você. 

Dessa forma, fica mais fácil de lidar com tais sensações. Lembre-se que os sintomas são reações físicas e são passageiros. Não tente interpretar a causa dos sintomas, pois sua interpretação pode estar equivocada, causando mais estresse, tensão, tristeza e ansiedade. Ao invés de interpretar os sintomas, apenas leve sua atenção para a parte do corpo onde eles estão se manifestando e acolha-os mantendo a respiração solta e fluída.

Cultive relações saudáveis
Todos nós influenciamos e somos influenciados pelo meio e pelas pessoas à nossa volta. Essa influência acontece de maneira inconsciente e sutil. Por isso, é importante estar aberto à relacionamentos que lhe dão apoio e suporte. Isolamento pode fazer com que a depressão e a ansiedade piorem ainda mais caso você não saiba lidar com seus próprios pensamentos e sentimentos. 

Quando se está passando por esta fase é normal sentir vergonha, exaustão ou até mesmo culpa por fugir dos relacionamentos, mas lembre-se que estes são pensamentos causados pela depressão. Vá em busca de familiares e amigos que lhe dão apoio e suporte. Compartilhe os seus sentimentos e angústias com quem você ama e confia. Peça ajuda e apoio se você precisar. Procure também manter suas atividades sociais que lhe revigorem. Permita-se ser influenciado pela energia calma, tranquila ou alegre de certas pessoas.

Desafie pensamentos negativos
A ansiedade e a depressão podem colocar uma rótulo negativo em seus pensamentos, incluindo a maneira como você se vê, as situações que você encontra e as suas expectativas com relação ao futuro. Questione se você diria o que está pensando sobre você para uma outra pessoa. 

Se a resposta for não, então pare de ser tão duro com você mesmo. Pense em descrições mais realistas sobre você. Permita-se ser menos que perfeito. Muitas pessoas que se consideram ansiosas ou depressivas também são consideradas perfeccionistas, colocando metas e desafios grandes demais, e depois se torturando por não terem alcançados.

Pratique meditação
Já existem inúmeras pesquisas atestando os benefícios da prática regular de meditação. Existem diversas técnicas que podem ser praticadas em qualquer lugar e em qualquer momento. A técnica mais simples consiste em apenas ficar observando a respiração e tudo que acontecer em seu corpo e mente, sem interpretar ou julgar. Comece com poucos minutos ao dia e aumente gradualmente até se tornar um hábito.

Tenha horas regulares de sono
O sono é essencial para a saúde física e mental de qualquer animal. É durante o sono que o corpo produz hormônios essenciais para o seu crescimento e recuperação. Nessa fase a mente inconsciente também processa as diferentes informações que aconteceram durante o dia. Estabeleça uma rotina consistente e diária para o momento de dormir. 

Algumas outras dicas para um sono reparador são: 
Tome um banho quente 2 horas antes de dormir;
Mantenha seu quarto arejado e ventilado;
Durma em completa escuridão ou com o mínimo de iluminação possível;
Não assista televisão antes de dormir. Prefira um livro que possui menos estímulos visuais e sonoros;
Não tome bebidas que contenham cafeína até 4 horas antes de dormir.

Faça algo que realmente gosta (ou gostava)
Busque alguma atividade que lhe dê real prazer. Pode ser um hobby, uma dança, uma atividade física ou qualquer outra atividade na qual você se sinta bem. Talvez, você possa até mesmo voltar para alguma atividade na qual você já gostava. 

Expresse-se criativamente através da música, da arte ou da escrita. Saia com os amigos. Visite um museu, as montanhas, a praia ou um parque. Você se surpreenderá com a sensação de bem estar gerada por estar participando da Vida. Se você estiver se sentindo depressivo, você gradualmente se sentirá com mais energia e com o astral em alta. Se você estiver se sentindo ansioso, canalize esta poderosa energia em alguma atividade que gosta que a tranquilidade será o resultado.

Desenvolva suas capacidades
Todos temos capacidades intrínsecas fabulosas. Somos uma máquina de aprender. Escolha algo em que você queira ser bom e desenvolva esta capacidade. Estude, pesquise, experimente e se transforme. Não há limites para o aprendizado. Você descobrirá que quanto mais você se desenvolver, mais energia terá para seguir adiante se desenvolvendo ainda mais. É um ciclo vicioso positivo. Utilize também a energia da ansiedade para desenvolver algo novo e positivo para você.

Parta para ação
Teoria sem prática não traz resultados, da mesma forma que pensamento sem ação não produz transformação. Esforce-se para fazer algo, mesmo que você não se sinta motivado no começo. A motivação vem com o resultado e a falta dela não deve ser desculpa para ficar parado. 

O segredo que muitas pessoas que agem não diz é que quanto mais elas agem, mais energia elas sentem para continuar agindo. Da mesma forma, quanto menos você agir, menos energia terá para se movimentar. Escolha uma destas dicas e parta para ação agora mesmo. Com a frequência e a prática, estas dicas farão parte de você no seu dia a dia e você colherá os frutos gradualmente.

Créditos: Saulo Fong - Educador, Coach, Terapeuta, Palestrante, Fotógrafo, Libertário e Desrepressor 

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Glutationa: a mãe de todos os antioxidantes

Todos ouvimos falar de antioxidantes, e de seu papel em proteger o corpo contra a degradação e envelhecimento. Vários alimentos, ervas e substâncias são apontadas como excelentes auxiliares do corpo nessa tarefa. Entretanto, poucos conhecem o fato de que o principal antioxidante é, na verdade, uma molécula produzida alquimicamente pelo próprio organismo dentro do fígado.

Trata-se da Glutationa, extensivamente pesquisada (porém desconhecida para a maioria) e conhecida como “a mãe de todos os antioxidantes”. Um “segredo” importante para quem se interessa em prevenir câncer, doenças do coração, envelhecimento, desordens neurológicas e muito mais.

Um poderoso agente desintoxicante, que fortalece a imunidade, a Glutationa é crucial para uma vida saudável. Ainda que o corpo fabrique a própria glutationa, ele requer matéria prima adequada. E escolhas pouco sensatas como comida de baixa qualidade, poluição, ambientes tóxicos, stress, infecções e radiação taxam o corpo de seu estoque dessa preciosa substância.

O que é glutationa?
É uma molécula simples produzida naturalmente no corpo o tempo todo. É uma combinação de três aminoácidos – cisteína, glicina e glutamina.
Em sua composição existem grupos químicos de enxofre que trabalham coletando no corpo elementos nocivos, como radicais livres e toxinas como mercúrio e metais pesados com o objetivo de eliminá-los. Ou seja: são agentes despoluentes.

Como posso conseguir glutationa?
O corpo a sintetiza, mas muitas vezes não na quantidade suficiente para dar conta do ambiente estressante moderno. Sendo assim é preciso caprichar na nutrição e nos complementos que facilitam a produção da mesma para facilitar ao corpo a tarefa de produzir este importante elemento em abundância.

A principal matéria-prima (alimento) que estimula a produção da Glutationa no corpo é a Proteína Whey (Soro do Leite) não desnaturada, ou seja, extraída a frio. Proteína fortalece a imunidade justamente por amplificar a produção de glutationa, razão pela qual é um suplemento anti-envelhecimento, que previne o câncer e turbina as defesas do organismo – em especial sua capacidade de desintoxicar-se. 

Nenhuma dieta “detox” é boa o suficiente sem um bom acréscimo de proteína de alto valor biológico. Para os vegans (que não consomem nada de origem animal), a sugestão é utilizar uma proteína vegetal de alto padrão, como a proteína de arroz ou de ervilha.

Segue uma lista de alimentos naturais ricos em precursores (matéria prima) para auxiliar em sua produção:

Brócoli, couve de Bruxelas, repolho, couve-flor, abacate, pêssegos, melancia, canela, cardamomo, cúrcuma, tomates, ervilhas, alho, cebola, pimenta vermelha.

Atividade física de qualidade também estimula a produção de glutationa, assim como o enema de café (implante retal de café orgânico). Este último, em especial, é fabuloso para esta finalidade: aumenta em até 600% a produção de glutationa pelo organismo.

O enema de café também faz uma espécie de diálise de toxinas do sangue através da parede do cólon.
Os enemas de café são preparados sempre com grãos orgânicos. O pó é fervido em água por 15 minutos, depois coado. Após ficar na temperatura do corpo, o líquido é administrado em bolsas específicas para o uso de enemas. Se você se interessou, não faça sozinho sem antes buscar mais detalhes com um especialista.

Glutationa protege contra doenças crônicas
A glutationa recicla antioxidantes, como a vitamina C, o ácido lipóico, os flavonoides do açaí e vários outros. A glutationa faz com que estes sejam utilizados adequadamente, no ciclo de inativação das toxinas e dos radicais livres degenerativos. 

As toxinas são desativadas pela glutationa, em seguida aderem-se a esta molécula e na sequência são conduzidas através da bile para as fezes, para serem eliminadas. Manter o corpo livre de toxinas e outros elementos nocivos é essencial no intuito de prevenir doenças crônicas diversas.

Mais dicas
Dr. Mark Thyman oferece algumas dicas para ampliar os níveis de glutationa:

1.       Consuma alimentos ricos em enxofre: os principais são alho, cebolas e os vegetais crucíferos (brócolis, couve, repolho, couve-flor), além de agrião e rúcula.

2.       Experimente proteína bioativa: laticínios comuns tendem a oferecer dificuldades para o organismo, mas existem algumas exceções – e sem dúvida uma proteína whey não-desnaturada, extraída a frio, pura, livre de adoçantes ou sintéticos, sem resíduos químicos ou de pesticidas é a principal exceção.

3.       Atividade física frequente: fortalece a imunidade, torna mais eficaz o processo de desintoxicação e fortalece a atividade antioxidante do corpo. A sugestão é começar devagar e ter ao menos 20 minutos de atividade aeróbica intensa cerca de 3 vezes na semana. Treinar com pesos por 20 minutos 3 vezes por semana é também de grande auxílio.

4.       Suplementos: infelizmente não é possível tomar cápsulas de glutationa – a mesma seria destruída no processo digestivo. De fato, o trabalho é realmente fornecer a matéria prima e estimular a produção interna. Contudo, existem alguns suplementos indicados para auxiliar o corpo ainda mais nesse propósito: Vitamina B12 Metil (evite a do tipo cianocobalamina, muito pouco eficaz), ácido alfa-lipóico, vitaminas C e E, Selênio e Silimarina, um extrato herbal.

Créditos: Flavio Passos – Acesso dia 21 de setembro de 2016

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Esfoliação para o couro cabeludo – passo a passo

A esfoliação do couro cabeludo é um tratamento que ajuda a remover as células mortas, ativa a circulação sanguínea e melhora o crescimento dos fios. Atualmente a maioria dos salões já contam com o tratamento de peeling capilar ele ajuda a potencializar o efeito dos cremes de massagem nos fios.

O peeling capilar é indicado para todos os tipos de cabelos, principalmente cabelos ressecados, sem brilho, ásperos e com muito volume, ideal também para pessoas que tem cabelos com oleosidade excessiva, caspa, seborreia, coceira ou queda. 

A técnica do peeling capilar ou esfoliação capilar também é indicada para os cabelos com excesso de tintura, alisamento ou outros procedimentos químicos.
Para fazer o peeling capilar ou esfoliação do couro cabeludo em casa você precisa apenas de alguns ingredientes fáceis de encontrar. 

Receita de esfoliação para o couro cabeludo – peeling capilar caseiro
Ingredientes
1 colher de sopa de açúcar mascavo
2 colheres de sopa da polpa da babosa

Modo de fazer: misture o açúcar com a polpa da babosa em um recipiente plástico ou bata tudo no liquidificador, em seguida divida os cabelos em duas partes, e aplique a mistura do esfoliante diretamente no couro cabeludo. Aqueça uma toalha com água quente e enrole a cabeça e deixe agir por 25 minutos. 

Depois do tempo de pausa lave os cabelos com xampu e condicionador específicos para o seu tipo de cabelo. Se desejar fazer uma hidratação após a esfoliação lave apenas com xampu, retire o excesso da água com uma toalha e aplique o creme de massagem.

Créditos: Fitocosmetic 

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Energizante vital

Ingredientes:
1 litro de vinho tinto de boa qualidade
1 colher de sopa de guaraná
1 colher de sopa de ginseng
1 colher de sopa de salsaparilha
1 colher de sopa de sementes de tansagem
1 colher de sopa de alecrim
1 colher de sopa de raiz de tiririca 

Preparo: lavar, secar e picar as plantas. Acrescentar o vinho e deixar macerar durante 21 dias. Coar e colocar em vidros escuros e etiquetar. Tomar 1 xícara (café) pela manhã.

Elementos terapêuticos

Guaraná pó: estimula a renovação das células, mantendo a aparência sempre jovial e prolonga a vida.
Funciona como um energético natural proporciona mais energia e disposição.
Facilita a capacidade de concentração e raciocínio.

Ginseng: ajuda a diminuir o estresse e o cansaço, a melhorar a qualidade de vida e proporcionar a longevidade, entre outros benefícios.

Salsaparrilha: é uma planta com forte poder energético e constitui uma grande fonte de hormônios.

Tansagem: depurativa, hemostática, béquicas, emoliente, expectorante, antitussígena, tônica, cicatrizante, diurética, anti-inflamatória e antisséptica.

Alecrim: possui propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes, desintoxicantes, melhora a memória e concentração, sistema imunológico e o circulatório. Alivia dores musculares, ajuda no crescimento do cabelo.

Raiz de tiririca: é um hormônio vegetal com propriedades afrodisíacas e carminativas (elimina os gases).

Créditos: Emater-RS/Ascar - Bambamel 

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

A principal causa da confusão mental do idoso

Por Fernando Brandão
Li, recentemente, um artigo do médico Dr. Arnaldo Lichtenstein, Clínico-Geral do Hospital das Clínicas e Professor do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo – (USP), em que ele comenta sobre a causa principal da confusão mental do idoso. 
O artigo em questão causou-me profunda impressão, pois já atingi aquela idade, em que, antigamente, o portador era chamado de idoso, velho, decrépito e outras tantas denominações, que à luz dos dias de hoje, foram mudadas para semi-novo. 
E é a classificação mais correta, pois, diante do mundo moderno em que vivemos, em que todos nós procuramos ter uma vida saudável, em que se destacam os exercícios físicos, alimentação adequada e utilização da mente, com escritos e leituras, sem falar em computador e Internet, todos nós, os semi-novos, vivemos e alardeamos vida saudável, que é o caso da minha. 
Mas, o texto do Dr. Arnaldo Lichtenstein destacou mais um bom hábito, para se colecionar muitos e muitos anos de vida. Afirma aquele médico que, em suas aulas de clínica médica, lança a seguinte pergunta para seus alunos do 4° ano de Medicina:
Quais são as causas que mais fazem o vovô ou a vovó terem confusão mental?
E ele, professor nos relata as respostas habituais de seus alunos: “Tumor na cabeça”. “Não”, diz ele. Outros apostam: “Mal de Alzheimer”. E o Dr. Arnaldo Lichtenstein, novamente diz: “Não”. A cada negativa, a turma se espanta e fica ainda mais boquiaberta, quando ele, professor, enumera as três causas responsáveis mais comuns:
Diabetes descontrolado;
Infecção urinária;
A família passou um dia inteiro no shopping, enquanto os idosos ficaram em casa.
Enfatiza o Dr. Arnaldo: “Parece brincadeira, mas não é. Constantemente, a pessoa idosa, sem sentir sede, deixa de tomar líquidos! Quando falta gente em casa para lembrá-los, desidratam-se com rapidez. 
A desidratação tende a ser grave e afeta todo o organismo. Pode causar confusão mental abrupta, queda da pressão arterial, aumento dos batimentos cardíacos (“batedeira”), angina (dor no peito), coma e até a morte”. E prossegue o Dr. Arnaldo com sua explanação: “A partir dos 60 anos, temos pouco mais de 50% de água no corpo. 
Isso faz parte do processo natural de envelhecimento. Portanto, os idosos têm menor reserva hídrica. Mas, há outro complicador: mesmo desidratados, eles não sentem vontade de tomar água, pois os seus mecanismos de equilíbrio interno não funcionam muito bem. 
Idosos desidratam-se facilmente, não somente porque possuem reserva hídrica menor, mas também porque percebem menos a falta de água em seu corpo. Mesmo que o idoso seja saudável, fica prejudicado o desempenho das reações químicas e funções de todo o seu organismo”.
O experiente clínico e professor faz dois alertas:
1 – O primeiro alerta é para os vovôs e vovós. Tornem voluntário o hábito de beber líquidos. Por líquido, entenda-se água, sucos, chás, água-de-coco, leite, sopa, gelatina e frutas ricas em água, como melão, melancia, abacaxi, laranja e tangerina. O importante é, a cada duas horas, botar algum líquido para dentro. Lembrem-se disso! 
2 – Para os familiares. Ofereçam, constantemente, líquidos aos idosos. Ao mesmo tempo, fiquem atentos. Ao perceberem que estão rejeitando líquidos e, se de um dia para o outro, ficarem confusos, irritadiços, fora do ar, atenção: é quase certo que estes sejam sintomas decorrentes da desidratação. “Líquido neles e, rápido, para um serviço médico”.

Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...