segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Prisão de ventre: a base do problema está na mente

São poucas e raras as doenças que provocam prisão de ventre crônica. No entanto, milhões de pessoas sofrem com este “problema” e suas consequências:
gases, hemorroidas, câncer de intestino.

A maior parte dos órgãos do nosso corpo se importa muito pouco com a nossa vontade e trabalha independente de nosso comando. O intestino, entretanto, necessita de demonstrações diárias de carinho e atenção porque do contrário, como criança birrenta, se recusa a funcionar.
Todos os dias, geralmente após a primeira refeição, o intestino envia uma mensagem bastante clara, expressando suas necessidades.

E você, o que faz?

Nem escuta, porque está atrasado, apressado, coisas mais importantes exigem sua atenção, você não pode perder a hora, nem o transporte, mas, infelizmente, acaba perdendo a amizade de seu intestino. Ele se cansa de mandar recados, de aguardar pacientemente sua atenção, de tentar conversar com você sem ser escutado e atendido. Então, decide que você não é mais merecedor de sua atenção.

A partir daí está instituída a tragédia!
Bloqueiam-se os canais de comunicação – você não se importava com os apelos de seu intestino e agora ele nem quer ouvir falar de você. Só que é um silêncio ressentido, gasoso, ressecado, doloroso. Você culpa seu intestino: é preguiçoso, mal humorado, não funciona, “minha barriga parece um tambor”.
Eu quero ver você fazer isso com sua voluntariosa bexiga. Tente segurar a urina durante um dia inteiro e a bexiga vai lhe proporcionar o grande vexame do ano!
Dê um tempo para o seu intestino. Batom, gravata, aparência, são necessários. Mas cinco minutos para seu grande amigo também é muito importante.

No início, é claro, você terá de se curvar à vontade do intestino. Só vai funcionar quando quiser. Mas depois, com o retorno da amizade entre vocês, será possível fazer com que ele compreenda que horários têm um peso em sua vida.
Não se preocupe com as dificuldades desta reconquista. O intestino tem muitos metros de elástica compreensão. Tudo voltará ao normal, se você quiser.
Tente. Vale a pena. Seu intestino agradece.

Se precisar de uma ajuda extra, veja os preparados laxativos que o dr. Yasser Jamil Fayad (Infectologista pediátrico) elaborou:

Ingerir suco de laranja sem coar, suco de ameixa ou limão diluído em água morna, chá de ameixa amarela em jejum;
Tomar um copo de suco (ou leite ou água) com 1 colher (sopa) de germe de trigo - 1 vez ao dia em jejum;

Temperar e refogar folha de beterraba;
Bater no liquidificador 1 laranja, 1 fatia de mamão, ½ copo de água, 1 colher  (sopa) de mel, 1 colher (sopa) de germe de trigo (ou aveia) e 3 ameixas sem caroço. Tomar 3 a 4 vezes por semana;

Tomar chá de sene em jejum e após as refeições (3 xícaras por dia), por sete dias;
Faça iogurte natural: ferva o leite e deixe esfriar um pouco (de tal sorte que se consiga colocar o dedo), misture 1 copo de iogurte natural e deixe de repouso coberto fora da geladeira por 1 dia  até adquirir consistência e após conservar em geladeira. A partir disso, aproveite este iogurte para fazer novos iogurtes.

Créditos: RHVida - Bambamel Natural

Um comentário:

A coisa mais difícil de ver é precisamente o que está diante dos seus olhos. Goethe

Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...