quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Nossas escolhas nos definem

A sociedade vive hoje um momento interessante. A internet, abriu a possibilidade de acesso a um número ilimitado de informações. O mesmo acontece nas redes sociais onde o ser humano comum se mostra. Nada de errado nisso, desde que seja de forma responsável, consciente e ética.

Somos prisioneiros de algumas leis inevitáveis da natureza e uma delas é a do movimento x tempo. Assim desde crianças, começamos alavancar nossa vida com as mais simples decisões. Entrar ou sair, sentar ou levantar, brincar ou estudar. Toda a escolha que fazemos, em nosso dia a dia, mesmo a mais simples, determina o rumo de nossa vida, isso nos torna os reais protagonistas de nossa existência.

Dessa forma, quanto maior for a liberdade, seja de expressão ou de ação, mais exercitamos o nosso livre arbítrio, e pagamos um tributo por isso: o de ser o responsável pelos resultados obtidos em nossa vida. Temos a tendência de culpar os outros ou o destino pela nossa sorte, mas nós somos os reais agentes de nossa vida. Sarte, um filósofo francês, disse com muita propriedade que a vida consiste em ficar se equilibrando o tempo todo entre escolhas e consequências.

Voltando ao momento presente: é muito importante fortalecer a própria vontade e escolher alinhado com os seus verdadeiros valores e desejos mais profundos, em busca de um trabalho e uma vida com mais propósito.

Á noite, quando colocar a cabeça em seu travesseiro, perceba como se sente. Faça uma auto-análise, verifique se suas metas e os seus ideais estão em sintonia. O que e quem você tem defendido ou atacado, ou ainda, se está se sentindo feliz ou está saudável. Se algo não estiver bem, tome consciência das escolhas que vem fazendo e mude. Só você pode.


Créditos: Marcia Rindeika – Jornalista e Terapeuta

Um comentário:

A coisa mais difícil de ver é precisamente o que está diante dos seus olhos. Goethe

Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...