sexta-feira, 4 de julho de 2014

Dicas úteis que beneficiam a artrite

Faça os exercícios abaixo sugeridos moderadamente, mas de modo constante. Não tenha pressa e nem realize esforço excessivo. 

O ideal é que você repita cada exercício de 5 a 10 vezes, mas se sentir dor, ou ficar sem fôlego, suspenda os exercícios. Não faça se as articulações estiverem inflamadas. Tenha paciência: os benefícios virão!

Ombros: deite de costas e levante um dos braços sobre a cabeça, mantendo o cotovelo estirado. O braço deve permanecer perto da orelha. Em seguida volte lentamente à posição inicial. Repita o exercício com o outro braço.

Joelho e quadris: deitado de costas, flexione um dos joelhos e o outro estire o máximo que puder. Dobre a perna que estava estirada e traga o joelho até o peito. Eleve a mesma perna ao ar e baixe-a  lentamente até apoiá-la no chão. Repita com a outra perna.

Quadris: deite de costas, estire as pernas mantendo-as separadas uns 15 centímetros uma da outra. Aponte os dedos dos pés para cima. Deslize uma das pernas para o lado e logo volte à posição inicial, mantendo os dedos bem apontados para cima. Repita com a outra perna.

Joelhos: sente-se numa cadeira ou numa mesa, onde possa balançar as pernas livremente no ar. Estique uma das pernas e segure-a nesta posição por alguns segundos. Em seguida volte à posição inicial, dobrando o joelho ao máximo. Repita com a outra perna.

Tornozelo: sentado numa cadeira, levante os dedos dos pés o mais alto que conseguir, com os calcanhares fixos no chão. Permita que os dedos descansem e levante os calcanhares o mais alto que conseguir, com os dedos fixos no chão. Repita várias vezes.

Dedos das mãos: abra bem as mãos, com os dedos esticados. Dobre todas as juntas dos dedos. Tente tocar a palma da mão com as pontas dos dedos. Repita várias vezes.

Polegar: abra bem as mãos, com os dedos esticados. Mova o dedo polegar lentamente através da palma da mão, até que alcance a ponta do dedo mindinho. Volte o polegar à posição inicial, e repita o exercício.

Algumas opções de sucos que ajudam a potencializar o tratamento

Berinjela e limão: tomar 250 ml de suco de berinjela com limão, pela manhã em jejum. Para fazer o suco, bata no liquidificador 1 berinjela, 1 limão e 500 ml de água. Depois de tomar o suco, permaneça em jejum por mais 30 minutos.

Beterraba, cenoura e pepino: tomar 250 ml de suco, pela manhã em jejum. Bater no liquidificador com um pouco de água. Depois de tomar o suco, permaneça em jejum por mais 30 minutos.

Salsa e tomate: tomar 250 ml de suco de salsa e tomate 30 minutos antes do almoço. Use 4 tomates médios para 20 gramas de salsa.

Sassafrás (canela sassafrás): tomar 4 xícaras de chá de sassafrás, diariamente. Use 20 gramas para 1 litro de água.

Créditos: Livro “Saúde e Vida” Página 67, enfermidades e tratamentos – F. Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A bondade em palavras cria confiança; a bondade em pensamento cria profundidade; a bondade em dádiva cria amor. Provérbio chinês

Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...