segunda-feira, 20 de junho de 2016

O perfil dos grandes vendedores

O grande vendedor precisa “amar” fazer política, entendendo esse conceito como a forma com que as pessoas tratam umas às outras para conseguir as coisas.

Conhecem a fundo a história da marca. Respiram a história da marca.
Nunca promete demais para o cliente, ainda que isso lhe custe o emprego. 

Só vende algo quando isso for resolver problemas específicos do cliente ou lhe criar oportunidades lucrativas identificáveis. Ele tem um mantra: não se vende um relógio “Rolex”… Vende-se “a sensação de usar um Rolex”.

O grande vendedor assume toda a responsabilidade por fazer o pacote completo de venda e serviços e até por coordenar toda a rede de pessoas envolvidas no negócio, como se fosse um maestro. Une-se até a inimigos se for para melhorar as coisas para o cliente. E uma característica especialmente interessante: ele procura clientes arrojados, com os quais possa crescer junto.

Aumenta as chances de realizar determinada venda se puder “utilizar” todos os talentos de sua empresa e também os dos fornecedores mais importantes.
Sabe que seu verdadeiro inimigo, a médio e a longo prazo, raramente é o “principal concorrente”, mas sim a empresa estreante.
Grandes vendedores realmente acreditam, quando “vendem seu peixe”, que estão fazendo algo importante para a civilização.


Créditos: Tom Peters. É o segundo maior guru de management da atualidade, segundo avaliação realizada pela firma de consultoria Accenture. HSM Management

Um comentário:

Nada de desgosto, nem de desânimo; se acabas de fracassar, recomeça. Marco Aurélio

Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...