segunda-feira, 17 de abril de 2017

As cores e a cromoterapia

O estudo da cor é fascinante, já que essa tem grande influência sobre nós. A cor não tem existência material, é apenas uma sensação provocada pela ação da luz sobre o olho. Daí, pode-se dizer que a existência da cor está intimamente ligada aos elementos luz e olho.
A cromoterapia é um tratamento terapêutico baseado em cores que podem ajudar a curar moléstias que se apresentam em nosso corpo físico. Através de suas cores energéticas, reestabiliza o equilíbrio do organismo, obtendo-se a cura.

O significado das cores
Cada parte do nosso corpo está relacionada com as cores do espectro, portanto, dependendo da moléstia, necessitamos tratar essa parte com sua cor vibracional correspondente. Conheça abaixo alguns significados, segundo especialistas:

Amarelo: ativador da circulação e sistema nervoso. Reativador, desintegrador de cálculos, purificador do sistema e útil para a pele.
Rosa forte: desobstruidor e cauterizador das veias, vasos e artérias e eliminador de impurezas no sangue.

Rosa: ativador, acelerador e eliminador de impurezas do sangue.
Laranja: energizador e eliminador de impurezas no sangue.
Amarelo forte: fortificante do corpo, age em tecidos internos.

Verde forte: anti-infeccioso, antisséptico, e regenerador.
Verde: limpeza, vasodilatador e relaxante dos nervos.
Azul forte: lubrificante das juntas e articulações.
Azul: sedativo, analgésico, regenerador celular dos músculos, nervo, pele e aparelho circulatório.

Índigo: anestésico, coagulante e purificador da corrente sanguínea. Limpa as correntes psíquicas.
Violeta: sedativo dos nervos motores e sistema linfático, cauterizador das infecções e inflamações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A bondade em palavras cria confiança; a bondade em pensamento cria profundidade; a bondade em dádiva cria amor. Provérbio chinês

Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...