domingo, 1 de maio de 2016

Amor e luz – Riquezas do coração

Por Wagner Borges

Quem ama, compreende.
Sabe que os corações se tocam, mesmo à distância.
Reconhece a sintonia, para além dos sentidos.
Viaja na alegria de sentir. Fica alegre por existir.
Quando há amor, os olhos brilham muito.

Por onde se olha, tudo parece mais vivo.
Por onde for, é dois em um: há outro coração no seu.
Mas, só quem ama realmente é que sabe disso.
A mente é incapaz de entender tal coisa.
Pois isso não se explica, só se sente...
Quando há amor, a aura brilha e os chacras tornam-se sóis.
Toda sujeira psíquica é transformada, e tudo que é trevoso se afasta.

E não é preciso dizer nada. A luz se comunica com a luz.
Assim como o amor chama o amor. E a sintonia liga os seres.
Quem ama, sabe. Há outro coração no seu.
E o sol em seus olhos já diz tudo.
Pode-se explicar isso? Não, não! Isso só se sente...
E quem sente, sabe que, quando o coração fala ao coração,
Não há mais nada a dizer.

P.S.: Há coisas que não são da Terra, e o mundo não pode dar.
Estão além dos sentidos. São coisas da alma.
Mas bem poucos sabem disso.
Há uma riqueza que a traça não rói, e o tempo não destrói.
É a luz que mora no coração.
Quem ama, sabe. Reconhece o valor e luta por ele.
E o seu semblante fica lindo. Como o sol.
Pois a luz chama a luz, assim como o amor chama o amor.
E existe algo mais lindo que isso?


Wagner Borges é pesquisador espiritualista, projetor extrafísico, conferencista, consultor da Revista UFO e colaborador de várias outras revistas

2 comentários:

  1. Lindo o texto mas o PS é diemias, vou usar até no meu bom-dia, bjo , boa semana!

    ResponderExcluir

A bondade em palavras cria confiança; a bondade em pensamento cria profundidade; a bondade em dádiva cria amor. Provérbio chinês

Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...