segunda-feira, 7 de outubro de 2013

As funções do chá de camomila

Esta planta medicinal é uma das de uso mais universal. De tão universal e comum sofre o perigo de, no fim, não se saber mais exatamente para que, afinal, é indicada. 

A camomila é uma erva que deve ser semeada a cada ano.

Atinge cerca de meio metro de altura, com folhas muito repartidas, flores com uma cabecinha amarela, oca, e pétalas brancas ao redor. O que se aproveita é esta cabecinha, que tem um cheiro característico próprio da camomila e inconfundível.

É certamente uma das plantas mais usadas em todos os lugares e desde tempos antiquíssimos. Já era apregoada por Dioscórides, médico grego do exército romano de Nero. Em sua obra "Matéria Médica" diz textualmente: "As raízes, as flores e, em suma toda a erva, têm força de aquecer e afinar. 

Provocam a menstruação, o parto, a urina e também a pedra, se bebem ou o enfermo se senta sobre seu cozimento. Dão a beber contra as ventosidades e contra a doença ilíaca. Curam a icterícia e as enfermidades do fígado. Serve seu cozimento de muito útil fomentação contra doenças da bexiga." 

Comparando estas indicações antigas com a atual, vemos que essencialmente são as mesmas: "A camomila é sedativa, antinflamatória, analgésica, age contra cólicas do estômago e do intestino e também estimula a menstruação."

Além das funções medicinais tem a camomila também funções cosméticas, como diz,por exemplo, o mesmo livro de Dioscórides, agora atualizado por Pio Font Quer: "A flor da camomila se utiliza também para dar cor ruiva ao cabelo ou para conservá-lo desta cor. Para isto se recomenda a infusão concentrada da camomila."

Créditos: Plantas medicinais
2010 Instituto Anchietano de Pesquisas/UNISINOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nada de desgosto, nem de desânimo; se acabas de fracassar, recomeça. Marco Aurélio

Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...