segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Xarope para bronquite crônica e asma

10 folhas de hortelã
2 talos de agrião
1 folha de guaco
1 colher de chá de gengibre ralado
½ copo de suco de acerola (180mg de vitamina C)
1 colher de sopa de mel de eucalipto
5 gotas de óleo de copaíba
2 copos de água

Modo de preparo: as folhas de hortelã, agrião, guaco e gengibre devem ser preparadas na forma de chá por infusão, isto é, dois copos de água fervente, despejados sobre as plantas citadas. Abafar por 10 minutos.
Num liquidificador, misturar o mel de eucalipto, o suco de acerola e o chá das ervas, adicionando ainda cinco gotas do óleo de copaíba.

Dose recomendada: tomar 20ml (um copinho de plástico, usado para cafezinho), várias vezes ao dia.

Principais elementos terapêuticos
Hortelã-pimenta: em virtude de seus óleos essenciais, é ótima para combater a bronquite e a asma.

Agrião: suas substâncias ajudam a expectorar, aumentando a fluidez do muco segregado pelo aparelho respiratório ao sofrer o ataque de microorganismos (por exemplo, o vírus da gripe).

Guaco: o óleo essencial desta planta age como um poderoso antiinflamatório, principalmente do aparelho respiratório, agindo nos casos de gripe, tosses rebeldes, bronquites, rouquidão e coqueluche.

Copaíba: tem óleo essencial antibiótico natural e desobstrutivo das vias aéreas superiores.

Gengibre: age como agente antiinflamatório e antibiótico, além de ser descongestionante das vias respiratórias, pela presença de alcaloides em sua composição.

Acerola: se você está preocupado com bronquite crônica, aumente a quantidade de vitamina C na sua alimentação, pois ela protege os pulmões dos danos provocados pela bronquite, situação em que as vias aéreas ficam inflamadas e bloqueadas por muco espesso, prejudicando a respiração.

Eucalipto: o mel de eucalipto atua sobre as mucosas, muito útil na bronquite aguda, por causa do cineol e outras substâncias que desobstruem e aliviam as mucosas dos pulmões.

O suco de abacaxi é antiinflamatório, em virtude da bromelina, encontrada em sua polpa e no seu miolo. Ajuda a desobstruir as vias respiratórias e tem ainda ação mucolítica, dissolvendo o muco ou o catarro dos pulmões, favorecendo a expectoração.
Tomar este suco de preferência à noite, sempre adoçado com mel, principalmente nos períodos em que as crises são mais frequentes ou durante uma crise asmática.


Créditos: Professor químico, Lelington Lobo Franco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A coisa mais difícil de ver é precisamente o que está diante dos seus olhos. Goethe

Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...